Saber-Literário

Diário Literário Online

VALE DA INCOMPREENSÃO - João Batista de Paula

Postado por Rilvan Batista de Santana 05/08/2017

VALE DA INCOMPREENSÃO .

É preciso fazer prevalecer o amor para vivermos dias gloriosos - João Batista de Paula – Escritor e Jornalista

É um disse-me-disse, uma discordância, ninguém respeita ninguém; um querendo ser melhor do que o outro, um concorda, o outro discorda, um diz sim, o outro diz não, um vota a favor,  o outro vota contra. Ninguém se entende, ninguém aplaude, ninguém usa a sinceridade como base do relacionamento;  um diz sim, o outro diz não, nessa vida tal como ela é.

No Vale de incompreensão, vence o mais forte, vence  o trapaceiro, vence a voz mais alta. Vence o que rouba, mas faz alguma coisa para si e para os seus. A maioria esquece que todos têm vidas iguais, tem começo, tem  meio e tem fim, onde o imprevisto não manda aviso prévio..

E no vai e vem do vento tenho dito que a poeira sobe e desce, que a cor é branca;  o outro diz que é vermelho. A maioria esquece que o mesmo vento que sopra do lado de lá também sopra do lado de cá, que em alguns rosto ele bate e refresca; e em outros rostos ele bate e dói. Tudo depende do nosso sentimento.

Digo que a cor  é azul;  o outro diz que é preto. Digo que a cor é amarelo,; o outro diz que é verde.
Ninguém chega ao denominador comum, chega num acordo favorável e real sem sofrimento para ambas as partes;  ninguém quer ceder, ninguém quer perder para ganhar, nem ceder para conquistar. No final, o vale da incompreensão aumenta com a luta do bem e do mal, mas, o bem em algum lugar tem que vencer e prevalecer.

Chega de inferninho!
Chega de anjo torto!
Chega de espinhos!
Chega de rancor e ódio!
Chega de rancor e orgulho!

O mundo ideal deve prevalecer com o amor para todos e o senso comum;  o bem-estar, a felicidade, a família, a bondade, a luz grande e a beleza de Deus para todos.

Para eliminar o Vale da Incompreensão temos que amar mais;  viver mais, respeitar mais, orar mais, agradecer mais e realizar muito mais plantio de trigo do que do joio, alem de florir nossos caminhos.
Nada de time de Caim!
Nada de time de Judas!
Vamos transformar e mudar os corações dos falsos amigos; e  dos invejosos, trapaceiros e corruptos, com boas lições de vida e os bons exemplos, com a eliminação do egoísmo e da maldade que residem na mente humana.

Se digo que ninguém consegue esconder o sol por muito tempo; vamos analisar e observar em que sentido o homem não pode esconder o mesmo por tanto tempo. Sal é sal, luz é luz.

Se digo que não adianta esconder a verdade de baixo do tapete, porque na era da luz nada ficará encoberto e escondido; vamos observar a argumentação e os seus efeitos.

Se afirmo que a preocupação abrevia os dias da gente, que os males que afligem a humanidade são:  a doença, a pobreza e o conflito, vamos observar em que podemos mudar as coisas e as ações por um mundo melhor, mundo feliz, mundo de paz, gloria e realizações, mundo de confraternização e de paraíso terrestre.


Não alimente o vale da incompreensão. Faça valer e prevalecer a boa convivência, o amor de Deus, a vida bela, prospera e de dias melhores.   Vamos fazer prevalecer a beleza dos nossos sentimentos rumo aos céus.  

1 Responses to VALE DA INCOMPREENSÃO - João Batista de Paula

  1. OBRIGADO, PELA RICA PUBLICAÇÃO.
    MESTRE, RILVAN BATISTA DE SANTANA.
    FAÇAMOS PARTE DO TIME QUE AGRADA A DEUS E QUE TEMOS GRATIDÃO PELO AMOR A VIDA.
    O VALE DA INCOMPREENSÃO EXISTIRA SEMPRE, PORQUE POBRES SEMPRE EXISTIRÃO.
    ABRAÇOS POETICOS.
    JOÃODEPAULA>:

     

Postar um comentário

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Patrono

Patrono

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Todos os nossos textos, abaixo, estão licenciados no Creatve Commons.
Tecnologia do Blogger.