Saber-Literário

Diário Literário Online

JORNALISTA FAZ HUMOR COM MAIS DE 500 FOTOS - João Batista de Paula

Postado por Rilvan Batista de Santana 30/07/2017

 JORNALISTA FAZ HUMOR COM MAIS DE 500 FOTOS - João Batista de Paula

São mais de 500 fotos publicadas nas redes sociais. Um álbum particular do jornalista, escritor e jornalista, João Batista de Paula, que, faz de tudo para que as pessoas sejam felizes, riem, amem, façam seus dias com momentos alegres, gozosos e gloriosos.
“A idéia é sorrir muito mais, rir à toa, rir para as paredes e dar boas gargalhadas na vida”, diz o jornalista, escritor e jornalistas, com suas fotos de humor hilário, ou mais.

Você diz que é humor. Eu digo que você está se expondo ao ridículo?
- JoãodePaula. Ridiculo é viver na doença, na pobreza e no conflito. Morrer amargurado e não ter motivos para agradecer, nem para sorrir, nem para cantar e nem encantar. Devemos sorrir mesmo desdentado.

Você é palhaço?
- Não, bem que gostaria. Sou consciente de minhas atitudes; não é porque o palhaço ri com você, que ele é seu amigo. Mesmo assim devemos sorrir para a vida e para as pessoas, ou fazer com que elas riem de algo engraçado.


Você acha que rir é o melhor remédio para a realidade em que vivemos?
-Sim. Devemos encontrar motivos para rir. Tenho dito: ria e o mundo rirá com você; chore e você chorará sozinho. Os melhores momentos da vida são aqueles em que rimos e somos felizes.

Você se inspira no que para fazer fotos hilárias?
- Na realidade em que vivemos, nas cenas da vida, na hipocrisia das pessoas e na moralidade impregnada nas coisas.

Qual seu foco de humor?
- Sou do Ceará, berço de humoristas: Chico Anisio, Tom Cavalcante, Rocicleia, Adamastor Pitágoras, Renato Aragão, Tiririca, além da turma das garras da patrulha e do beco do riso. Então, corre em mim algo inusitado e que não tenho vergonha de fazer brotar o riso ou a gargalhada nas pessoas.

Você escreve humor?
- Escrevo mensagens de autoajuda, mensagens de otimismo, às vezes, uma frase picante, ou mais, com humor. Nada melhor do que mandar alguém entrar para dentro, subir para cima, sair para fora. Olhar quem dobrou a esquina.

Não tem vergonha de ser o que você é?
- Vergonha! Vergonha é ser antipático, é ser falso, é ser mal humorado, é causar sofrimento às outras pessoas. Vergonha é ser fofoqueiro e levantar falso testemunho.

Então, você é uma pessoa alegre?
- Alegre e feliz. Alegre porque tenho gratidão no coração a Deus, pelo amor à vida, pela beleza das flores e da natureza em geral.

E a família?
-A família tem que aceitar como sou ou ignorar. Não me importo com o pensar de ninguém, porque sei que existem outras famílias que gostam do que faço. Há para cada coisa um tempo determinado por Deus. Eu quero ver Deus sorrindo.

Você gosta de gracinhas?
- Gosto de gracinhas e de graças, não da desgraça. Respeito é bom e todo mundo gosta. As pessoas precisam respeitar as individualidades das outras, todas caminham para o mesmo fim, porque são vidas iguais, ninguém fica para semente, ninguém é imortal, a morte lhe cai bem.

O que você acha que deveria existir numa cidade?
- Uma escola circense. Escola de Ator e Atriz. Teatro. Uma cidade tem que ter um povo feliz.

Que conselho você tem para as pessoas?
- Que sejam amáveis, tolerantes, amigas, sinceras, felizes, gratas e corteses. A alegria de viver vem do fazer o bem e das atitudes que fazemos, além da caridade que praticamos. Faz bem ser do bem. Faz bem rir sempre.

Você guarda mágoa de alguém?
- Eu, não! No meu coração só tem é amor, gratidão e felicidade, por viver bem e saber perdoar a maldade que existe na mente das pessoas. É só alegria.

JOÃO DE PAULA
O cearense de Uruburetama, João Batista de Paula, chegou à Bahia, em Itabuna, em 1984. Foi o primeiro cearense a chegar a Itabuna vendendo livros, quer dizer: vendendo livros de sua autoria, porque a maioria dos cearenses chegava vendendo redes, alumínio, panela, etc. O livro: “Você é importante” fez o maior sucesso na cidade.
O jovem escritor era “magrinho” e com o suco de cacau foi se apaixonando pela cidade e por aqui ficou. Estudou na UESC, com passagem no curso de Letras.
Na época foi entrevistado pelos radialistas Vily Modesto e Cacá Ferreira, conseguindo escrever seus contextos no Diário de Itabuna e Diário do Cacau.
Foi contratado pelo Jornal Tribuna do Cacau, Jornal Agora, A Região, Tribuna da Bahia. Recebeu o Titulo de Cidadão Itabunense, em 1998, por sua participação no desenvolvimento da cidade, apoiando as Associações de Bairros e lutando pela moradia de muita gente.
Ficou benquisto por sua humildade, além das campanhas desenvolvidas na cidade, tais como: “Flores para um mundo Melhor, Compaixão Animal , Campanha do Agasalho e Campanha Natalina”, com participação ativa na Igreja Messiânica do Brasil. Nos anos 80 e 90, João de Paula, tornou-se popular por suas ações comunitárias.

Ele participou da campanha da UBI, sopa para os carentes. João de Paula é gente que faz. Hoje, o escritor está bem. Casou-se com a Sr.ª Expedita Maciel Viana, agente administrativa do Detran. Ele continua escrevendo para gerar felicidade, sempre e sempre, além de participar das redes sociais com seus contextos literários e fotos de humor.

1 Responses to JORNALISTA FAZ HUMOR COM MAIS DE 500 FOTOS - João Batista de Paula

  1. QUE BELO PRESENTE!
    OBRIGADO PROFESSOR, ESCRITOR E ADMINISTRADOR DO SABER-LITERARIO PELO ACOLHIMENTO.
    ISSO CAUSA INVEJA, SIM.
    ISSO CAUSA MUITA ADMIRAÇÃO, SIM.
    OS MEUS AMIGOS DA BAHIA E DO CERA AGRADECEM PELO BELO ACOLHIMENTO.
    DEUS LHE PAGUE.
    ATENCIOSAMENTE, JOÃO BATISTA DE PAULA.
    ÚNICO COMO VOCÊ.

     

Postar um comentário

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Patrono

Patrono

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Todos os nossos textos, abaixo, estão licenciados no Creatve Commons.
Tecnologia do Blogger.