Saber-Literário

Diário Literário Online

PERMISSÃO - João Batista de Paula

Postado por Rilvan Batista de Santana 28/06/2017

PERMISSÃO - João Batista de Paula

Hoje tudo é permitido
João Batista de Paula – Escritor e Jornalista

É preciso sim, ser permitido tudo. Mas cada cidadão ser responsável por seus acertos e erros, porque errar pode ser humano, mas permanecer no erro é diabólico.


Sorrir,  cantar,  chorar, cair, levantar, amar, sentir, lutar, viver, ganhar, perder, realizar,  obter fama, obter sucesso, obter êxito, e edificar,  sujar, lavar, comer, beber, passear, viajar. Ir feliz e voltar feliz. Escrever, apagar. Viver, morrer. Contemplar, pedir e agradecer. Quem lhe deu permissão? Quem é o superior racional?


Vamos viver, amando e respeitando às leis e a natureza do que somos e do que queremos.

Hoje estamos vivendo uma realidade em que tudo é permitido. Ninguém respeita ninguém, nem se importa se está edificando ou destruindo a família, a felicidade, o amor, a estabilidade de alguém. O negócio é se dar bem, nos procedimentos e atitudes, em defesa dos interesses pessoais e da individualidade.

Cuidado com o caminho estreito, com a porta estreita, mediante a porta larga e o caminho largo e espaçoso. É bom saber que as flores e os espinhos têm beleza e  uma razão de ser. 

É permitido atrasar os compromissos...
É permitido mentir, roubar, trapacear, julgar, duvidar, induzir, acusar, fingir e apontar os defeitos alheios. É permitido maquiar a sinceridade e trapacear as boas amizades, macular e sujar o que é puro e belo.
É permitido entrar pela porta estreita ou larga, inclusive, entrar pela janela ou pelo buraco na parede rachada.

É permitido falsificar...
É permitido fingir.
É permitido elogiar e criticar.
É permitido ofender.
É permitido causar inveja e sofrimento.

É permitido denegrir a imagem de alguém.
É permitido  a difamação.
É permitido  levantar falsos testemunhos.
É permitido caluniar.
É permitido fofocar.

É permitido ofender, agredir, prender, tomar o lugar do outro.
É permitido camuflar e jogar o lixo para debaixo do tapete.
É permitido quebrar imagens.
É  permitido brincar com a vida e com a liberdade.
É permitido brincar com os sentimentos alheios.
É permitido discordar, contrariar, riscar a verdade e propagar a mentira.

Ninguém respeita autoridade, pai, mãe, a ordem, a disciplina, a hierarquia social.

Um verdadeiro ataque tem sido permitido ao amor à vida, ao próximo, as autoridades, às leis e as normas, a moral e ao civismo, a religião e a liberdade de escolha.

Enquanto isso, na realidade em que vivemos e sonhamos, acabamos amando menos e vendo prosperar a maldade; o medo, a raiva, o ressentimento, o desejo de vingança, a desunião, a separação do que e bom. É mais fácil pedir perdão do que permissão para fazer qualquer gesto obsceno.


É permitido o ataque, a matança,  o fim de uma vida em evolução. Por outro lado,  a mansão dos mortos nunca diz chega, basta, não cabe mais um. A mansão dos mortos está sempre aberta para abrigar mais um que deixa de viver naturalmente, ou deixa de viver  por causa da violência, fracasso, perseguição , doença, conflito, posse indevida  de bens.

É preciso sim, normas e regras, ordem e respeito, ordem e disciplina. Tudo deve ser  permitido, mas cada um ser responsável por seus acertos e erros, porque errar pode ser humano, mas permanecer no erro é diabólico.


Sejamos homens atuais e da atualidade, homens do bem e do amor,  com a bondade e a cortesia, com o amor que vem de Deus, com a beleza de Deus, com a força do querer em fazer as coisas bem feitas para nós e para os outros, gerando sempre  felicidade.


Vamos pedir permissão para viver bem o dia de hoje e o de amanhã também com os nossos semelhantes, templos santos das virtudes e da evolução rumo ao paraíso celestial e ao paraíso terrestre.

Tem permissão para amar? Casar? Viver solitário? Viver sem ninguém? Viver em paz?
Tem permissão de quem para prejudicar seu irmão.
Lembre-se: Deus nos fará Justiça

1 Responses to PERMISSÃO - João Batista de Paula

  1. SO NÃO É PERMITIDO ESCONDER O SOL POR MUITO TEMPO, PORQUE NINGUEM CONSEGUE.
    OBRIGADO, MESTRE RILVAN BATISTA DE SANTANA, PELA EXCELENTE PERMISSÃO DE PODER ESTAR CONTIGO OUTRA VEZ, NO SABER-LITERÁRIO.
    OBRIGADO, JOÃO DE PAULA.

     

Postar um comentário

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Patrono

Patrono

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Todos os nossos textos, abaixo, estão licenciados no Creatve Commons.
Tecnologia do Blogger.