Saber-Literário

Diário Literário Online

OS DIAS ERAM ASSIM - João Batista de Paula

Postado por Rilvan Batista de Santana 19/04/2017

OS DIAS ERAM ASSIM.
Iluminados, produtivos e com  bons exemplos de realizações.
DE:  João Batista de Paula – Escritor e Jornalista.

Cremos: dias melhores virão.

Os dias eram assim:  Cheios de boas realizações, encontros, animações, felizes, oportunos para as grandes, pequenas e medias  ações. Na verdade, a alegria de viver e o amor fazem parte dos encontros, fazem parte dos sonhos e planos, fazem parte das decisões e afirmações.

Nossos dias eram assim mesmo...
Dias Gloriosos.
Dias gozosos.
Dias de Orações.
Dias de louvores.
Dias de festas.
Dias de ação de graça e confraternização.
Dias de Agradecimentos.
Dias de bondade.
Dias de prosperidade.
Dias amorosos.
Dias de luz.
Dias de grandes realizações e produções.
Dias de êxito.
Dias de reforma.
Dias de renovação.
Dias de sucesso.
Dias de encontros com Deus.


Os dias eram assim...

Dias de Risos, gargalhadas, fotografias, encontros, encantos, mensagens, cores e flores, resenhas e mais resenhas da cidade.
Os dias eram assim: Pão e circo, políticos e politicagem, verdades e mentiras, sombra e luz.
Encontros, sonhos, jogos, shoppings, feiras, moda,  liberdade e atitudes.

Os dias eram assim com a convivência dos invejosos,com os pensamentos negativos, com os santos do pau oco, com as decepções e os maus exemplos. A realidade tal como ela e, sem maquiagem.


Os dias Eram assim: Com  choros, encontros e desencontros, flores e espinhos, falsidades, mentiras, acertos e erros, angustias, vidas, mortes, fomes, doenças, pobrezas e conflitos. Inferno e Céu. Dia e Noite. Água, fogo e terra.
Os dias eram assim:
Abundantes, com regozijos, gratidão, determinação e firmeza das palavras.

Dias com muito mais perfeição...
Muitos sabores...
Muitos poemas...
Muitas profecias...
Muitos conselhos...
Muitas poesias...
Muitas estrelas...
Muitas opiniões...

Muitos bens: casas, edifícios, jóias, dinheiro, carros, navios,  aviões, metrôs e ônibus. Dias de vacas gordas e vacas magras, onde o vento que sopra aqui também sopra do lado de lá.

Os dias eram assim... Para escrever, para desenhar, para amar, para pintar, para costurar, para rir, para gargalhar, para criar, para idealizar, para fazer novas amizades e descobertas.

Dias para somar, para agregar, para compartilhar  o melhor da vida com os nossos amigos, familiares e conhecidos.

Os dias eram assim e devem ser assim? Dias para compartilhar  os abraços da paz, compartilhar a lição de vida, compartilhar a fantasia, compartilhar a verdade, compartilhar o alimento do corpo e da alma.Dias para fazer a nossa história e fazer a roda da fortuna girar a favor da gente.


Os dias eram assim...
Dias calorosos e de reflexão...
Dias para encontrar com os amigos e amigas.
Dias de confraternização.
Dias para o homem e a mulher serem  felizes.
Dias para saltar de felicidade.
Dias para amar e ser amado, amada, acariciada.
Dias para a gentileza, bondade e cortesia.
Dias para aprendizagem do que é certo ou errado.

Dias para a boa  educação da criança, jovem e adulto, porque cada uma dessas pessoas é uma nova geração.
Dias para o saber literário, para a razão e a emoção.

Os dias eram assim: Para viajar, para amar, para cantar, para plantar, para colher, para organizar, para colocar os pingos nos is, para deitar, para levantar, para pular, para contemplar, para se comunicar e ficar ao lado de quem amamos e gostamos.

Os dias eram assim...
Para receber as visitas.
Para receber a família.
Para ir as compras.
Para o lazer.
Para o pesque e pague.
Para o passeio ecológico...
Para a revisão...
Para o conserto...
Para nascer de novo.
Para o amigo e a amiga secreta.
Dias para renovação e recordação.
Dias para fazer afirmações positivas.

Dias de esperança.
Dias de confiança.
Dias de comunhão.
Dias de felicidade.
Dias de vida, amor e beleza.

Eram dias de verdadeiras amizades, verdadeiras confraternizações, verdadeiras aprendizagens.
Os dias eram assim: fama, honra, gloria e muita corrupção, onde não importam os meios e sim os fins.Eram dias sem a grande luz.
Cremos: dias melhores virão.



1 Responses to OS DIAS ERAM ASSIM - João Batista de Paula

  1. VAMOS RIR MUITO MAIS...
    MESTRE RILVAN BATISTA DE SANTANA.
    GRANDE ESCRITOR E ADMNISTRADOR DO SABER-LITERARIO, MOSTRANDO SERVIÇO, SENDO UTIL. CAUSANDO INVEJA E ADMIRAÇÃO.
    PARABENS,
    JOÃODEPAULA, ESCRITOR E JORNALISTA.

     

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Tecnologia do Blogger.