Saber-Literário

Diário Literário Online

O Historiador Dantinhas

Postado por Rilvan Batista de Santana 13/04/2017

DANTINHAS: ALEGRIA DE ITABUNA ESTÁ DE VOLTA

Aos 81 anos de idade, José Dantas de Andrade, o “Zé das Antas”, pioneiro das letras em Itabuna, com livros e artigos publicados sobre história e humorismo, está relançando “Troças das ruas e das roças”, uma coletânea de seus melhores “causos”, trovas e piadas. Ao lado do escritor, conviveu (está aposentado, “recolhido” à estância de Olivença) o homem prático: presidente da LIDA, funcionário ( e gerente) do Banco Rural durante mais de 40 anos e figura pública de Itabuna, lugar que escolheu para morar em 1927.

Como era a Itabuna dos anos 20?

“Em 1927, quando eu cheguei, só existia os bairros da Mangabinha, Berilo e Jaqueira, mais nada. A cidade era Tabocas. Para você ter uma ideia, para chegar ao trabalho eu atravessava um ribeirão que ficava bem no meio da atual Praça Camacã. Eu botava a calça na cabeça e lá vamos nós...”

O Senhor sempre foi ligado aos jornais...

“Eu acompanhei o progresso de Itabuna e acho que contribuí com esse progresso, tanto no banco quanto nos esportes e também no jornalismo, publicando crônicas. Naquele tempo, só havia o Jornal de Itabuna, O Intransigente e O Gladiador. Só mais tarde, em 1946, começaram a surgir outros jornais”.

E como era a luta política da época?

“Era o tempo do coronelismo. É notável o período em que as paixões se dividiam entre Firmino Alves e Henrique Alves. Mas havia respeito entre os opositores. Tanto assim que quando Firmino Alves morreu, seu rival Henrique Alves compareceu ao enterro, levando condolências à família. Não havia as brigas de hoje, quando os homens públicos parecem que perderam o respeito entre si”.

E Dantinhas escritor, como surgiu?

“Meu primeiro livro chamava-se “Espírito da Roça” e foi publicado em 1937. Depois vieram “Arranca Toco” e “Estica Toco”. Em 1968, reuni tudo que havia escrito e fiz uma coletânea com o título de “Troças da rua e da roça”, o que vai ser reeditado agora”.

Como surgiu esta vontade de escrever?

“Eu não sei bem qual a minha influência. Acho que já nasci assim brincalhão. Quando chegava um circo na cidade, eu bancava o palhaço, participava dos ‘dramas’, subia no picadeiro. Às vezes, o público me preferia ao palhaço. Quase cheguei a desempregar um palhaço uma vez, porque eu fui mais engraçado do que ele, segundo a opinião do público do circo”.

E seu humor já fez algum inimigo?

“Só me lembro que ficou meu inimigo foi o ex-prefeito Félix Mendonça, devido a uma crítica que eu fiz a ele: Numa ocasião, ele mandou o comércio enfeitar as lojas para o Natal e construiu na Praça Adami uma árvore de Natal. Os operários da Prefeitura, com má vontade, pegaram um mastro e encheram de gambiarras, armando uma árvore de Natal bastante estranha. Na minha coluna ‘Beliscando’, que eu assinava no jornal, contei que um menino perguntou ao seu pai o que era aquela armação na praça e o pai respondeu:
‘Nem no norte nem no sul
Eu nunca vi coisa igual
Pau de sebo iluminado
Como árvore de Natal’.

Quando Félix soube, mandou consertar a tal árvore, mas foi pior: o encarregado da obra tirou as gambiarras e deixou o pau, sem as lâmpadas, sem mais nada. Foi aí que um engraçado escreveu este verso à máquina e pregou lá:

‘O povo não gostou
Do meu pau iluminado
Tirei a luz do meu pau
Deixei o meu pau pelado’.  

Assinado Félix Mendonça, prefeito da cidade.

"Félix mandou me chamar, me deu um esporro desgraçado e ficou meu inimigo”.


Fonte: No ano 1991 foi publicada entrevista com o historiador JOSÉ DANTAS DE ANDRADE, intitulada “Dantinhas: Alegria de Itabuna está de Volta”. Maruse Dantas Xavier


0 comentários

Postar um comentário

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Patrono

Patrono

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Todos os nossos textos, abaixo, estão licenciados no Creatve Commons.
Tecnologia do Blogger.