Saber-Literário

Diário Literário Online

Zélia Lessa (Homenagem)

Postado por Rilvan Batista de Santana 10/03/2017

Zélia Lessa (Homenagem)

                      Pianista, Maestrina, Compositora, Educadora Musical e Flautista. Zélia Oliveira Lessa nasceu em Itabuna, sul da Bahia, em 12 de julho de 1926. Cursos: Piano completo com matérias correlatas, Educação Musical, Composição, Regência, Órgão, Flauta Doce, secretariado e outros cursos de arte. Foi professora de música e Educação Artística em várias escolas de 1o e 2o graus de Itabuna, particulares e do Estado, de 1946 a 1976. Fez vários cursos na Escola de Música da Universidade Federal da Bahia, no Departamento de Itabuna, Seminários Livres da Música - Extensão do qual foi coordenadora de 1962 a 1965. Fundou o coral Cantores de Orfeu em 1955, o qual prepara, ensaia, mantém e rege, desde a fundação até a presente data como voluntária. Fundou o Coral Universidade de Santa Cruz, regendo-o de 1976 até 1985. Foi professora de Teoria, Percepção e Flauta Doce na mesma entidade. Liga-se profundamente ao Folclore da Região Cacaueira pelos seus trabalhos de colheita, arranjos e harmonizações dos temas, inclusive os colhidos por seu irmão Edson José de Oliveira e pelo professor Plínio de Almeida. Consta entre seus trabalhos de pesquisa: brinquedos infantis, costumes nas roças de cacau, quadrinhas populares, pregões, terno de zabumba da fazenda Juçara e temas cantados e falados da Região Cacaueira. Suas composições e arranjos são, na maioria, para coro misto a 4 vozes e também de vozes iguais, ainda para piano e canto, piano percussão e coro misto, flauta doce, clarineta, bandinha e conjunto de câmera.
 Concursos: de Composição e Arranjos Corais, promovido pelo Madrigal Renascentista da Fundação de Arte de Belo Horizonte, classificada em 1974 apresentando 6 temas e premiada duas vezes em 1976, apresentando 10 temas da “Rapsódia Grapiúna”. Em 1986 foi homenageada, com o seu nome colocado na Escola Profissionalizante da Prefeitura Municipal de Itabuna, Gestão Ubaldo Dantas. A inauguração da sala Zélia Lessa foi inaugurada com um concerto pelo coral Cantores de Orfeu. Em 1991, recebe oTroféu do Festival de Arte de Vitória da Conquista, apresentando 15 temas da “Rapsódia Grapiúna”, na interpretação do Coral Cantores de Orfeu. Em 1995 fundou e dirigiu o coral infantil do Sítio do Menor, Fundou também, mantém e rege o coral infantil “Os Verdinhos” com filhos e netos dos coralistas, aberto a toda a comunidade. Participou do Concurso Hino Maramata em 1998, pela Universidade do Mar e da Mata, obtendo o 4o lugar. Em 2004 é homenageada com a apresentação da Orquestra Sinfônica da UFBA (Universidade Federal da Bahia) sob a regência de Leandro Gazineo, em Itabuna, com a obra - Paisagem Bahiana VII “Grapiúna”, a qual o maestro Ernst Widmer dedicou-lhe e foi baseada em alguns temas da “Rapsódia Grapiúna”.



Origem: Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania - FICC

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Tecnologia do Blogger.