Saber-Literário

Diário Literário Online

Fizeram eu mudar! - Antonio Nunes de Souza*

Postado por Rilvan Batista de Santana 28/03/2017

Fizeram eu mudar!
Antonio Nunes de Souza*


Procurei em toda minha vida proceder de uma maneira correta, direita, trabalhadora e, principalmente, honesta!
Estudei, fiz o curso secundário, faculdade de administração, sempre, lendo, me atualizando, fazendo cursos, procurando, logicamente, sempre estar apta a exercer uma função graduada e qualificada. E, para completar minha diretriz, fiz concurso federal e passei a exercer um cargo efetivo de confiança em um ministério!

Até aí estava tudo bem, pois, com apenas trinta e um anos, poderia dizer que tinha alcançado meus objetivos, dentro de uma lisura impecável, correta e invejável. Tudo isso até ter ido para a função no Ministério público, onde, sistematicamente, todas as nossas obrigações são determinadas pelos seus diretores e chefes, sem que você tenha o direito, ou posso dizer, a ousadia de desobedecer, ou não concordar. Com um salário satisfatório, algumas regalias eventuais, praticamente uma moça independente, ficamos sem saber como encarar determinadas atitudes, onde via-se, claramente, os erros absurdos e os prejuízos que causavam ao povo e, consequentemente, ao país!
Em princípio me colocaram, depois que viram que eu era uma mulher honesta e confiável, para ser uma receptadora de propinas que eram agraciadas, em função de benefícios oferecidos em todas as áreas correspondentes ao meu ministério, como também atingindo outros, pois, com o corporativismo existente e as parcerias, sempre uns solicitavam benesses aos outros em benefícios de boas remunerações. Algumas vezes, quando grandes demais, divididas docemente entre todos. Eu, no meio dessa sujeira grotesca e sem meios para sair, perdendo minha estabilidade e enfrentar um retrocesso profissional e segurando a barra e, por outro lado, também usufruindo, pecaminosamente, de alguns presentes inimagináveis. Vejam vocês que, no primeiro Natal, deixando-me de queixo caído, me deram um carro zero, trocando na minha garagem pelo meu velhinho e gasto, causando-me uma gostosa surpresa!
E, com essas atitudes, compraram a minha dignidade, mostrando uma nova maneira de vida, provando que, idiotas são os que ficam esperando melhorias de vida através dos aumentos salariais aviltantes do governo!

O fato é que, com trinta e quatro anos, hoje que a bomba estourou em todas as vertentes com relação as corrupções, meus chefes foram indiciados, assim como eu que fui chamada para depor. Porém, logo me liberaram, pois apenas cumpria ordens e obrigações para executar esses serviços, desconhecendo suas origens. Isso foi a defesa maravilhosa do meu advogado, que me proporcionou liberdade imediata e fora dos processos e das falcatruas.

Paguei caro e me senti prostituída em meus hábitos, costumes e caráter, felizmente, tendo em compensação dois apartamentos com três quartos e duas suítes em um bairro nobre (moro em um deles) e o outro alugado. Pedi minha transferência para uma cidade do interior do Estado, continuo, ganhando um salário respeitável e, também, com receio que alguma coisa possa sobrar para mim, já que o mar de lama aumenta diariamente!
Juro por Deus que não mudei por ganância, ou falta de critério. Fui forçada mediante as circunstâncias como muitos homens e mulheres também foram e ainda são!

Essa é uma das amostras dos comportamentos dos homens públicos, que elegemos pensando que eles vão trabalhar pelo povo, para o povo e com o povo!



*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras – AGRAL – antoniodaagral26@hotmail.com

0 comentários

Postar um comentário

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Patrono

Patrono

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Todos os nossos textos, abaixo, estão licenciados no Creatve Commons.
Tecnologia do Blogger.