Saber-Literário

Diário Literário Online

A Pessoa Mais Velha do Ambiente - Rick Boxx

Postado por Rilvan Batista de Santana 07/03/2017

A Pessoa Mais Velha do Ambiente
Por Rick Boxx


Recentemente Kevin, um líder empresarial, mencionou ter descoberto que precisava se adaptar ao fato de ser, com frequência, a pessoa com mais idade presente em um recinto. Da mesma forma que costumava admirar os que eram mais velhos do que ele, Kevin disse que agora havia se tornado um daqueles “mais velhos”, e outras pessoas se dirigiam a ele em busca de orientação. Essa realidade, ele admitiu, pode ser tanto lisonjeira quanto assustadora.
 
É semelhante a um atleta que passa a integrar uma equipe profissional na condição de novato. Ele compete ano após ano até que um dia se torna consciente de ser um profissional maduro – a pessoa para a qual os jogadores mais jovens olham em busca de liderança e experiência.  Há um senso de realização que vem com a longevidade, mas também a humildade que decorre do sentimento de ser o “veterano sábio” do qual se espera que indique o caminho e dite o ritmo da caminhada.

Para nós que já estamos no mercado de trabalho há muitos anos, a insegurança pode nos levar a duvidar que tenhamos muito a oferecer, apesar das realizações e da experiência acumuladas. Os jovens geralmente exibem muito entusiasmo e energia, além de ideias revigorantes e inovadoras. Entretanto, à medida que amadurecemos, tanto pessoalmente quanto profissionalmente, Deus pode querer que aproveitemos aquelas ocasiões em que nossa voz e perspectivas, apresentadas com humildade, se tornem úteis  para conduzir os jovens líderes de nossas organizações.

Algumas sociedades acatam os emergentes líderes jovens, reconhecendo que eles representam o futuro. Ainda assim, estaríamos cometendo um erro se deixássemos de utilizar a sabedoria coletiva e a perícia dos líderes mais velhos, extraídas de relatos comprovados de desempenho e sucesso. A Bíblia aborda o assunto de diversas maneiras:

Estabeleça exemplos positivos. Os jovens precisam de modelos vigorosos e consistentes de comportamento, princípios e valores apropriados a serem usados no ambiente de trabalho. O que eles observam e aprendem vai ajudar a moldar a forma de abordar a própria carreira. “...Encoraje os jovens a serem prudentes. Em tudo seja você mesmo um exemplo para eles, fazendo boas obras. Em seu ensino, mostre integridade e seriedade; use linguagem sadia, contra a qual nada se possa dizer...”  (Tito 2:6-8).

Passe adiante o que aprendeu e experimentou. A vida e o trabalho nos proporcionam uma bagagem rica de conhecimento e experiências. Deveríamos nos considerar administradores desses depósitos, estando prontos a compartilhar e transmitir isso para os membros mais jovens da equipe. “Ponham em prática tudo o que vocês aprenderam, receberam, ouviram e viram em mim. E o Deus da paz estará com vocês.”  (Filipenses 4:9).

Estabeleça um legado duradouro. Parte do nosso legado, profissional e pessoal, é estabelecido através do treinamento, equipagem e preparação daqueles que um dia nos sucederão no trabalho e em outros empreendimentos significativos. “E as palavras que me ouviu dizer na presença de muitas testemunhas, confie-as a homens fieis que sejam também capazes de ensinar outros.” (II Timóteo 2:2).

Com a idade e a maturidade, tanto no trabalho, quanto no lar ou na comunidade, vêm responsabilidades adicionais. Antes de “passar o bastão adiante” a novos colegas de trabalho ou associados, devemos planejar servirmos de exemplo e sermos encorajadores, levando-os a práticas sadias nos negócios e colocando-os na trilha para o seu próprio sucesso.   

Perguntas para Reflexão ou Discussão 
Onde você se posiciona entre aqueles com os quais trabalha: entre os mais velhos do quadro de funcionários, entre os mais jovens ou está em um ponto intermediário? Se você está entre os mais velhos, o que se poderia esperar extrair de sua própria experiência? Caso esteja entre os mais novos, o que gostaria de receber daqueles com mais conhecimento e perícia?
Em sua opinião, por que para algumas pessoas a consciência de ser um dos membros mais velhos da equipe pode ser inquietante?
Como um trabalhador mais velho e maduro pode vencer a insegurança na interação com os membros mais jovens da equipe?
Qual dos princípios bíblicos mencionados é mais significativo para você? Por quê? É importante ao estabelecer um exemplo ou um legado  transmitir o que você aprendeu? Explique sua resposta. 
Nota: Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: I Coríntios 4:16-17;  II Coríntios 3:5;  Filipenses 3:17;  I Timóteo 1:18-19; 
Próxima semana tem mais!

MsC Jean Luiz Correia Baraúna
Contador CRCBA 21.323/O
Contatos: (73) 3613-7771/98869-3561/99133-1845/99949-7771
Medite: "Pais que levam seus Filhos à Igreja, não vão busca-los na cadeia"


0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Tecnologia do Blogger.