Saber-Literário

Diário Literário Online

10 SELEÇÕES DE VERSOS DE VINÍCIUS DE MORAES QUE NÃO FALAM SOBRE AMOR

Postado por Rilvan Batista de Santana 08/01/2017

10 SELEÇÕES DE VERSOS DE VINÍCIUS DE MORAES QUE NÃO FALAM SOBRE AMOR
publicado em literatura por Joana Ferraz
Os primeiros versos do nosso poetinha.

VINICIUS-DE-MORAES.jpg

“De tudo ao meu amor serei atento (...)”
“De repente, do riso fez-se o pranto(...)”
Um romântico afogado em uísque e um homem capaz de nove casamentos. É assim que conhecemos Vinícius de Moraes. Mas ele não é só isso: em seu primeiro livro, “O Caminho para a distância”, vemos uma face mística, uma espécie de religiosidade metafísica, que encontra a fé na natureza.
Lançado em 1933, quando tinha apenas 19 anos, o livro traz versos ainda imaturos, tanto que apenas o poema “A uma mulher” foi selecionado pelo próprio Vinícius para sua antologia. Mesmo com essa recusa do poetinha, são primeiros versos lindos – e aqui estão selecionados numa intenção de encontrarmos justamente essa imaturidade das nossas primeiras questões metafísicas ou filosóficas, de tão perplexos que ficamos diante da vida e da natureza.
Então vamos lá, andar com fé eu vou, que a fé não costuma falhar!
_____________
1. Místico
As grandes nuvens brancas e paradas –
Suspensas e paradas
[...] Ritmam interiormente o movimento da luz
______________
2. Inatingível
Eu segui porque tinha que seguir
Com as mãos na boca, em concha
Gritando para o infinito a minha dúvida
______________
3. Revolta
De que te vale o espaço se te cansa?
Quanto mais sobes, mais o espaço avança...
Desce ao chão, águia audaz, que a noite é fria.
_______________
4. Ânsia
No desespero das árvores paradas busquei consolação
E no silêncio das folhas que caíam senti o ódio
Nos ruídos do mar senti o grito de revolta
E de pavor fugi
________________
5. Purificação
A ti, Senhor, gritei que estava puro
E na natureza ouvi a tua voz.
Pássaros cantaram no céu
Eu olhei para o céu e cantei e cantei.
Senti a alegria da vida
Que vivia nas flores pequenas
Senti a beleza da vida
Que morava na luz e morava no céu
E cantei e cantei.
__________________
6. Vigília
A lágrima que brilha nos meus olhos
Possui por um segundo a estrela que briilha no céu
__________________
7. Extensão
Prostrado na terra eu olhei para o céu
E pedi ao Senhor o caminho da fé.
Noites e noites foram-se em silêncio
E somente a extensão.
___________________
8. O Bom-pastor
Amo andar nessas tardes...
Sinto-me penetrando o sereno vazio de tudo
Como um raio de luz.
Cresço, projeto-me ao infinito, agitando
Para consolar as árvores angustiadas
_____________________
9. Sonoridade
Em árvores longínquas pássaros sonâmbulos pipilam
E águas desconhecidas escorrem sussurros brancos na treva.
Na escuta meus olhos se fecham, meu lábios se oprimem
Tudo em mim é o instante de percepção de todas as vibrações
____________________
10. Judeu errante
Hei de seguir eternamente a estrada
Que há tanto tempo venho já seguindo
Sem me importar com a noite que vem vindo
Como uma pavorosa alma penada
Sem fé na redenção, sem crença em nada
Fugitivo que a dor vem perseguindo
Busco eu também a paz onde, sorrindo
Será também minha alma um alvorada.
______________________
E você? Conhece “O caminho para a distância” e quer falar de outros versos? Essa seleção fala realmente do misticismo natural? Deixe seu comentário! Gostou deste artigo? Leia mais como esse em Traz um verso !



Fonte:  http://obviousmag.org/a_procura_da_poesia/2016/10-selecoes-de-versos-de-vinicius-de-moraes-que-nao-falam-sobre-amor.html#ixzz4VA3ceJDx




0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Tecnologia do Blogger.