Saber-Literário

Diário Literário Online

Pescaria do Tubarão: Ao Rio Cachoeira - Joselito dos Reis

Postado por Rilvan Batista de Santana 04/12/2016

Pescaria do Tubarão








Ao Rio Cachoeira

Anzol, linha arremessada.
Na água cristalina
Do meu rio; de menino e menina
sem "bagre africano"...
Piabinha, massabê, piabanha
Tucunaré, beré, aratanha...
Moreia, robalo, calambau...
Pitu, traíra, jundiá. e pratibu...
O anzol de novo vou jogar!
Cesto, enfieira de “junsa” cheios!
-(Mato da beira do rio!)
Dos meus olhos a brilhar...
Muitos peixes... Pra lá, pra cá...
No meu poço “tubarão” a pescar...
Peixes a fisgar!
Que saudade, que saudade...
Da minha infância querida
E da minha “mutucugê”
Do meu poço tubarão...
E do meu Rio Cachoeira
- Aonde está você?
Aqui, agora, a chorar.
Vendo o vento as ondinhas
Do meu rio bailar
De água poluída pelo vento a soprar
Sem minha imagem enxergar...
Aonde chegar...?
Estamos perdendo o rumo do mar!
Do viver, sonhar...
As minhas lágrimas pra onde
vou levar...


FONTE:
Joselito dos Reis
29.11.2016
reislito@gmail.com
Zap 73 991743489


http://clubedopoetadeitabuna.blogspot.com.br/


0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Tecnologia do Blogger.