Saber-Literário

Diário Literário Online

O VOO DA FÊNIX RUMO A 2017- expedita maciel

Postado por Rilvan Batista de Santana 01/12/2016

O VOO DA FÊNIX RUMO A 2017- expedita maciel

Vamos renascer das cinzas
Cinzas do que fomos, do passamos e,
do que nos fizeram passar
renascer da indignidade dando passagem ao que é digno,
que nós sobrou e não adulterou

Vamos crer que o Gigante Brasil tenha acordado
consciente que no ente humano não se pode confiar,
que todo esquema pode falhar,
e com moral do homem justo podemos penar e pagar caro o erro
do logro e da burla surrupiando a Nação e seu sofrido povo

vamos fazer o voo da Fênix, tentaremos pois a
Fênix uma ave fabulosa e aqui está nada fabuloso, esta desfavorável
mas tentemos, pois nossa memória é curta mas somos brasileiros tidos dantes como otimistas profissão: Esperança

Mas confiemos que Dias melhores virão e para o lixão irão as
coisas podres que nos brindaram, o ácido que nos serviram
em goles mortais: mas sobrevivemos e renasceremos de nossas próprias cinzas, mostrando que um homem honesto:
não se vende, não se corrompe jamais,
e na lama nunca terá afundado seu nome e seus
ideais pois se as boas ideais não morrem brotam,
o que morre sem boa fama é o homem corrupto,
desonesto é errante sem causa como as de Robin Hood personagem das da ficções

o homem sem brio, e honra deverá está morto inglório, corrupto
precisa ser incinerado das memórias sãs do Povo de Uma Nação

Novo Ano, 2017
Novos homens que deverão surgir com ética e Brio
para nos curar desta ressaca moral
por falta da moral nos meios dos dirigentes desta mãe Pátria
que nos mataram os ideais e a credibilidade nos que governam os destinos de nossas vidas,  estamos em cinzas,

Neste inicio de Ano procuremos exorcizar estas tragédias para termos uma ano feliz e, quiçás promissor sem muita dor e
fazermos uma exérese e com muita sabedoria nos livrarmos desta nódoa que nos encheu de grande tristeza pela imundice que nos atinge
nesta podridão

Faremos uma purgação mental
pediremos ao Pai Deus que por nós faça Justiça

Pois a Justiça de Deus
pode não ter o tempo dos Homens,
pois o tempo de Deus é outro: mais virá bem feita,
não ficará pedra sobre pedra nesta lamaçal negro
porem aurífero

Pai Deus!
confiantes esperamos tua Justiça
dai-nos novamente: Esperança, Coragem e Fé em dias melhores


Expedita Maciel

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Tecnologia do Blogger.