Saber-Literário

Diário Literário Online

Liberalidade da igualdade! Antonio Nunes de Souza*

Postado por Rilvan Batista de Santana 23/11/16

Liberalidade da igualdade!
Antonio Nunes de Souza*

Ainda falando sobre as comemorações do Dia da Consciência Negra, principalmente no Estado da Bahia, onde, seguramente, moram e se desenvolvem a maior população e bairros que são verdadeiras comunidades negras, ou até mesmo concentrações que poderiam ser categorizados como autênticos quilombolas!

Essa semana que passou, mesmo sem grandes comemorações, devidamente merecidas, foi e ainda está se festejando esse povo admirável, lutador, guerreiro e cheio de vencedores, em algumas escolas, clubes sociais, feiras de largo, praças de alimentações, teatros, rádios e televisões. Porém, ao mesmo tempo que parece ser uma histórica vitória, continuamos vendo, mais que claramente, que os considerados brancos (?) ainda procedem discriminadamente, admitindo a mistura festiva pelas grandes alegrias e diversões, mas, no íntimo não aceitam a maravilhosa e linda etnia como sua igualdade!

É importantíssimo que essa ideia idiota, seja banida da cabeça dessas pessoas tolas e cegas, que não querem dar o braço a torcer reconhecendo que, no passado e muito mais no presente, fomos e estamos sendo desumanamente injustos, com os grandes guerreiros que ajudaram a construir o nosso país!

Nesses eventos podemos olhar para eles, cantando, dançando, sorrindo com seus lindos e imbatíveis dentes, felizes e com grande liberalidade de igualdade, aceitando em seu meio todas as etnias, com suas cores, crenças e gêneros! Até nessa parte, devemos respeitá-los, pois, mesmo nos seus eventuais fatos comemorativos, abrem as suas portas com dignidade e recebem de braços abertos com seus tambores pandeiros e atabaques, todos que estejam com vontade de se divertir!
Morrerei tirando meu chapéu para esse povo trabalhador, que, aos poucos, mostra quanto são inteligentes e importantes para nossa nação! Parabéns mais uma vez meus queridos negros e negras, e continuem mostrando a força da sua cor, produzindo uma nova etnia que é a mulata brasileira, charmosa e cobiçada mundialmente!

*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras – AGRAL – antoniodaagral26@hotmail.com


0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Machado de Assis, o bruxo das palavras.

ENEM: Os Gêneros Literários

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfis

Perfis
Eglê S. Machado e Antônio Cabral Filho - coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

Seguidores

ABL

R. Letras

ALITA

DP

Tecnologia do Blogger.