Saber-Literário

Diário Literário Online

9 Grandes Mulheres e Suas Grandes Histórias

Postado por Rilvan Batista de Santana 27/11/16

9 Grandes Mulheres e Suas Grandes Histórias

Todos nós conhecemos grande parte dos maiores homens da história da humanidade, seja na política, nas artes, guerras, religiões, ciências e assim por diante. E as mulheres? Embora tenha havido um grande número de mulheres inspiradoras ao longo dos tempos, poucas vezes conhecemos seus grandes atos de bravura e coragem. Esta lista, entretanto, mostra mulheres importantes que brilharam em suas épocas, superando até mesmo muitos homens do seu tempo.

1. Juana Ines de la Cruz (1651-1695)

Juana era uma criança prodígio – aprendeu a ler aos 3 anos, a escrever e costurar aos 6, e a compor poesia com 8 anos. Ela tinha 15 quando chegou à corte real mexicana, tornando-se a primeira dama da nação. Com sua beleza e diversas habilidades, ela foi cortejada por todos os pretendentes mais belos da época.

No entanto, por ser devota das artes e do conhecimento, ela rejeitou esses costumes e seguiu uma vida voltada aos estudos, entrando em um mosteiro católico. Sua poesia e descobertas na ciência garantiram a força do seu nome na época, e até mesmo nos dias de hoje.

2. Eleanor de Aquitaine (1122-1204)

Eleanor é muitas vezes considerada a mulher mais brilhante e incrível que viveu nos tempos difíceis da Idade Média. Ela se casou com dois poderosos reis: primeiro com Louis VII da França, que foi incapaz de domar seu temperamento selvagem. Embora estivessem casados por mais de dez anos, o rei se divorciou dela. E, ao contrário dos tempos pré-modernos, isso não era uma ‘mancha’ em sua honra. Ela foi ainda mais procurada depois do divórcio do que antes.

Ela então se uniu com Henry II, monarca da Inglaterra, que era uma nova potência europeia. Os dois se amavam muito e tiveram oito filhos. Infelizmente, ele começou a perder o interesse por ela ao envelhecer, e ele a aprisionou em um castelo. No entanto, seu valente filho, Ricardo I da Inglaterra (também conhecido como Ricardo Coração de Leão) a libertou. Ela morreu aos 82 anos.

3. As Irmãs Mirabal

As três irmãs Patria, Minerva e Maria Teresa, eram rebeldes políticas que se opunham à tirania de Rafael Trujillo, na República Dominicana. Elas lutaram arduamente pela revolução e pela democracia, mas, infelizmente, elas foram assassinadas em 25 de novembro de 1960 pelo regime ditatorial.

Esse ocorrido transformou as irmãs em mártires, e criou uma revolta em massa que resultou na queda do regime apenas seis meses depois. Você sabia que o dia em que foram mortas hoje é o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres?

4. Nancy Wake (1912-2011)

Apelidada de "Rata Branca", Nancy foi uma dos inimigas mais bem-sucedidas dos nazistas. A Gestapo colocou uma recompensa de 5 milhões de francos pela sua cabeça. Trabalhando como agente secreta para a Resistência Francesa, ela viveu muitas aventuras de guerra. Sendo uma hábil e forte lutadora de artes marciais, ela matou um guarda alemão apenas com as mãos! Nancy continuou sua vida como operadora de inteligência muito depois da vitória na guerra. Ela morreu aos 98 anos.


5. Joana d'Arc

Joana d'Arc foi uma das militares mais incríveis do seu tempo. Sem qualquer formação ou treinamento, ela inspirou os exércitos franceses a batalharem contra os rivais ingleses durante o amargo conflito conhecido como a Guerra dos Cem Anos. Como chefe de guerra, ela ganhou muitas batalhas, e é particularmente célebre por suas façanhas no Cerco de Orleãs.

No entanto, ela foi capturada pelos ingleses e queimada viva como se fosse uma bruxa. Poucas pessoas na história tiveram bravura semelhante. Ela foi canonizada pela Igreja Católica em 1920.

6. Lilian Bland (1878-1971)


Lilian foi uma fotógrafa e jornalista que não aceitou um comentário vindo de um jovem imprudente na época que as mulheres não tinham lugar no mundo da tecnologia. Então, para provar que ele estava errado, ela decidiu construir um avião, do zero. Embora não tivesse nenhum treinamento em engenharia ou pilotagem, ela conseguiu voar 100 pés com sua criação. Lillian deixou a Irlanda, onde nasceu, e mudou-se para o Canadá, onde ficou até morrer, aos 93 anos.

7. Tomoe Gozen (1157-1247)

Tomoe não foi uma mulher comum. Na verdade, como uma guerreira samurai, ela foi considerada excepcional, mesmo entre os homens. Ela foi oficial superior do samurai Minamoto no Yoshinaka, que a enviou para batalhas. Tomoe carregava uma enorme espada, usava uma forte armadura, um grande arco e cavalgava com tanto vigor e virilidade que ninguém ousava atravessar seu caminho. Durante a Guerra de Genpei, ela foi considerada a mais valiosa de todos os lutadores. Hoje, no Japão, Tomoe é um símbolo muito conhecido do poder feminino.

8. Rosa Luxemburgo (1871-1919)

Rosa é uma das mais importantes intelectuais contra as guerras, tendo vivido em um século cheio de terríveis conflitos em um nível global nunca antes visto. Muitas vezes as pessoas se perguntaram como seria uma guerra se mulheres como Rosa fosse encarregada de assuntos diplomáticos, e com certeza há poucas dúvidas de que o mundo seria um lugar mais seguro para todos nós.

Posteriormente, ela sempre tentou ajudar as pessoas a ver a inutilidade da Primeira Guerra Mundial, escrevendo dezenas de artigos e folhetos. Rosa fez o seu papel especial para incentivar outras mulheres a lutar contra a guerra também. Infelizmente, sua forte posição colocou sua vida em grande perigo, mas ela morreu firmemente com sua histórica opinião.

9. Hedy Lamarr (1914-2000)

Hedy é um grande exemplo de uma rara gênia erudita, como pouco foi visto na história. Ela deixou a Áustria com 16 anos para tentar a carreira de atriz. No entanto, o casamento com um homem muito rico acorrentou seus sonhos por quatro anos maçantes. Depois disso, ela fugiu para Hollywood para colocar seu nome entre as grandes estrelas do cinema.

Ela não só conseguiu este sonho, como também teve uma carreira científica bem-sucedida, atuando como inventora. A tecnologia moderna beneficiou-se e muito da sua invenção de transmissão de rádio resistente ao ruído, ajudando a criar o que temos hoje: GSM, GPS, Bluetooth e Wi-Fi. Linda, talentosa, inteligente e genial!

Fonte: brightside.me




0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Machado de Assis, o bruxo das palavras.

ENEM: Os Gêneros Literários

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfis

Perfis
Eglê S. Machado e Antônio Cabral Filho - coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

Seguidores

ABL

R. Letras

ALITA

DP

Tecnologia do Blogger.