Saber-Literário

Diário Literário Online

Transação bancária simples vira pequeno drama burocrático - Ferreira Gullar

Vou contar a vocês uma história que talvez lhes interesse porque, no fundo, diz respeito a todos nós, que somos obrigados a pôr nosso dinheiro no banco. A coisa aconteceu com o Alex, meu amigo, mas poderia acontecer com qualquer um de nós, que temos os bancos como parte de nossa vida.

A história começa quando Alex devia receber, do exterior, o pagamento por um texto que escreveu para uma editora portuguesa. Não era nenhuma fortuna, apenas 4 mil euros. Foi então informado que teria de conseguir no Ministério da Fazenda do Brasil uma declaração que o confirmasse como contribuinte do Imposto de Renda. Do contrário, descontariam 25% do total a lhe ser pago.

Como não sabia de que modo obter a tal declaração, pediu a um primo seu, que é contador, para lhe quebrar aquele galho. O primo se informou e, então, pediu-lhe que redigisse um documento solicitando a tal declaração. Isso foi feito e entregue numa delegacia do Ministério da Fazenda, na Tijuca. Por que na Tijuca? Essa foi a informação que obtivera.

Após duas semanas sem resposta, foi o primo informado de que não era naquela delegacia, mas noutra, em Ipanema.

O documento foi então levado para essa outra delegacia. Passou-se um mês e nenhuma decisão. Dois meses, três meses, e nada.

Após seis meses, Alex desistiu de conseguir a tal declaração e dirigiu-se à editora dizendo que aceitava pagar os 25% de desconto. Melhor receber com desconto do que não receber nada.

Assim foi que a editora lhe pediu os dados bancários, mais algumas informações e prometeu, dentro de uns poucos dias, transferir o pagamento para o Brasil.

Dito e feito, uma semana depois chegou-lhe um e-mail informando que a grana já havia sido transferida para a sua conta, de modo que, em alguns poucos dias, poderia sacá-lo. E mandaram-lhe junto um documento que comprovava o depósito. Alex ficou tão contente que convidou alguns amigos para um almoço em La Trattoria, seu restaurante predileto, a fim de comemorar o feito. Era só o dinheiro chegar na conta que ele marcaria o almoço.

Passada uma semana, acessou sua conta pela internet e verificou que o depósito não havia sido feito. Decidiu ir ao banco para saber o que acontecera. O dinheiro fora depositado, mas, por alguma razão, a operação não se completara.

O gerente prometeu verificar o que ocorrera e lhe telefonaria informando. Não telefonou. Alex resolveu, depois de alguns dias, ir saber a razão daquilo. E soube: a editora, ao fazer o depósito, cometera um erro; por isso Alex deveria enviar, de novo, para lá, os seus dados, a fim de que a transferência do dinheiro fosse feita corretamente.

Ele os enviou, a editora admitiu que havia errado mas que já fizera a correção. O depósito estaria logo, logo, em sua conta.

Como isso não ocorreu, ele voltou ao gerente que confirmou o depósito. Agora, era só fazer a conversão para o real e isso somente ele, Alex, poderia fazer.

–Mas eu não sei fazer isso, disse ele ao gerente, que afirmou ser coisa simples e lhe explicou como fazer. Alex foi para casa, ligou o computador, tentou fazer a conversão e não conseguiu.

–Maldita a hora em que aceitei fazer esse tal texto para uma editora estrangeira!

Voltou ao banco.

–Deixa comigo, disse o gerente, e lhe pediu o número da conta, repetiu que era coisa simples e começou a fazer a tal conversão; mas parou exatamente onde Alex havia empacado. Pegou o telefone, ligou para o setor de câmbio e ficou falando um bom tempo. Com o fone no ouvido, deu curso à operação, mas parou de novo.

–Qual é o problema, perguntou-lhe Alex.

–É que a categoria direito autoral não tem aqui. Não dá para fazer a conversão em real. Volte amanhã, que vou ver se acho uma solução.

E Alex se foi, de mãos abanando.


Fonte:

Folha de São Paulo / ABL

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Tecnologia do Blogger.