Saber-Literário

Diário Literário Online

VOCÊ ACREDITA? A SUPREMACIA HAWKING E OS EXTRATERRESTRES

Postado por Rilvan Batista de Santana 20/08/2016

VOCÊ ACREDITA? A SUPREMACIA HAWKING E OS EXTRATERRESTRES
publicado em sociedade por Alexandre Ferreira

Quando a supremacia das ideias do maior gênio vivo da humanidade aponta para a existência de seres extraterrenos, o que devemos fazer ou pensar? O desafio da racionalidade às vezes é o maior empecilho para novas descobertas e nesse caso, convenhamos, a ignorância há de ser uma bênção.

Hawking-Milner.jpg Foto: Stuart C. Wilson / Getty Images, publicada no The Guardian.
O ser humano vivo mais inteligente do mundo é, também, o mais visionário, sem qualquer sombra de dúvida.

Stephen Hawking, o físico teórico britânico mais importante do seu tempo - do nosso tempo - e que não se diga de passagem, um dos mais importantes de todos os tempos, fantástico cosmólogo, genial e genioso, portador da síndrome degenerativa raríssima Esclerose Lateral Amiotrófica – ELA, lamentável condição que, combinada ao seu brilhantismo exacerbado, lhe rendeu recentemente um filme biográfico extraordinário, cientista desde sempre deslumbrado pela ordem e pela complexidade do universo, simplesmente não é capaz de admitir a hipótese, do seu ponto de vista, simplória, de que não tenhamos vida em outros planetas.

Admitamos: muita gente concorda com Hawking. Entretanto, a diferença fundamental entre estas pessoas, mortais, e ele, é que o gênio inquieto intenciona provar a sua tese.

Há muitos anos Hawking vinha tentando obter recursos de terceiros para colocar em prática o projeto mais ousado da história aeroespacial em todos os tempos: a nave StarShot. O consagrado e respeitadíssimo cientista britânico afirma, com base em estudos de décadas, que já seríamos capazes de produzir, com tecnologia acessível, uma implementação espacial incrivelmente mais leve que as convencionais, com possibilidades concretas de viajar a uma velocidade mais de mil vezes superior às naves até hoje conhecidas, e portanto, pronta para seguir sem muitos problemas até aquela que seria a segunda estrela mais próxima da Terra. Sim. Estamos falando da Alpha Centauri, reconhecidamente o astro mais brilhante da constelação de Centauro, bem como, a terceira estrela que mais cintila no céu, com base na visão a olho nu, aqui da Terra. Enfim, o projeto do ateu mais famoso do planeta é de que em uma geração a humanidade já será capaz de capitanear uma viagem com esse porte estratosférico, evidentemente, ainda sem tripulação humana.

O inimaginável é que agora parece que teremos um doido à altura dos devaneios do gênio.
O Bilionário russo Yuri Milner é um exemplo de que não ter mais aonde enfiar o seu dinheiro pode te fazer ir além de todas as expectativas possíveis. Navegando contra as correntes marítimo-ideológicas dos principais estudiosos do mundo, que afirmam que não é de hoje que Hawking já não é mais o mesmo e anda variando das ideias desde que assumiu ser uma boa ideia a eutanásia, o excêntrico empresário, dado por muitos como o investidor de capital de risco mais ousado da face da terra, resolveu realizar seu investimento mais pesado e tremendamente mais incerto, dando recursos materiais aos sonhos do cientista mais aclamado de seu tempo.

A parceria foi anunciada sem muita pompa em vídeo publicado pelo TechInsider, publicação digital com foco em ciência e tecnologia, há alguns meses atrás, e noticiada pelos principais veículos de informação do mundo em notas pequenas, sem a devida importância, dada a sua fantástica engenhosidade e absurda grandiosidade, bem como o fato de que é algo até o momento inimaginável a ser produzido pelo homem mais capaz – talvez o único - que teríamos para bancar a mirabolância dessa ideia na humanidade.

 “Nós estamos aqui hoje para falar sobre nosso futuro no espaço. O que faz nós humanos únicos? Há muitas teorias... Alguns dizem que é nossa capacidade de nos comunicarmos ou as ferramentas que criamos, outros dizem que é nossa capacidade de raciocinar logicamente. Muitos, obviamente, não conheceram tantos humanos assim.

Eu acredito que o que nos faz humanos é nossa capacidade de transcender limites. A gravidade nos mantém na Terra, mas eu acabei de voar para a América. Eu perdi minha voz, mas ainda consigo me comunicar graças ao meu sintetizador.

Como nós transcendemos nossos limites? Com nossas mentes e nossas máquinas.
O limite que nos confronta agora são as estrelas. Mas nós conseguiremos transcender esse limite com as aeronaves mais leves já construídas, e conseguiremos lançar uma missão à Alpha Centauri dentro de uma geração.

Hoje, nós nos comprometemos a um grade avanço no Cosmos, porque nós somos humanos e nossa natureza é voar.”

Stephen Hawking é mesmo um cosmólogo especialista e especial. Homem visionário e muito a frente de qualquer outro do seu tempo.

De fato, há de ter razão o britânico: deve mesmo haver vida em algum lugar qualquer por aí. As provas são demasiado contundentes. Pensemos juntos e vamos chegar a uma conclusão amigável, quer ver?

Quais são as últimas teorias acerca da construção das milenares Pirâmides do Egito? Segundo o arquiteto francês Jean-Pierre Houdin, todo um sistema muito inteligente de rampas removíveis e muito engenhosas e o uso de água na medida mais do que certa para umedecer a areia e torná-la uma pista acessível ao transporte fácil de pedras enormes.
Incrível, não!?

Pois é. Tanto tempo para chegarmos a essa conclusão tão impressionante e não se consegue simplesmente vislumbrar a hipótese de que alguém, naturalmente com muito mais tecnologia já naquele tempo, pudesse tão somente vir aqui e construí-las.

Qual seria a tese mais mirabolante, nesse caso?
Contudo, há ainda muitos outros mistérios, tão ou mais mirabolantes que as ideias supostamente estapafúrdias de Hawking. Os próprios egípcios nos deram outras pistas contundentes da presença de vida estranha ao nosso convívio terreno, como os hieróglifos, os desenhos feitos na pedra que sugerem que objetos muito parecidos com discos voadores podem ter sido vistos no Vale do Rio Nilo, há milhares de anos atrás.

E podemos citar algumas variadas histórias demasiado interessantes.
Por exemplo, pouca gente já deve ter ouvido falar da pequena Bonnybridge, na Escócia, que nos últimos anos tem sido frequentemente associada a eventos alienígenas, sendo conhecida como a capital do OVNI (Objeto Voador Não-Identificado) na Escócia. Aliás, em torno de 300 ocorrências de OVNI’s são registradas anualmente na cidade. Bastante!

E não para por aí... Mundo afora essas ocorrências se tornam cada vez mais comuns com o advento das tecnologias modernas de filmagem e com a popularização de câmeras cada vez mais potentes nos celulares. Em 2013, mesmo, uma equipe de cientistas britânicos lançou um balão com capacidade de chegar à estratosfera e ficaram estupefatos ao vê-lo retornar com pequenos organismos que biólogos consideraram serem vidas originadas no espaço.

Muitas histórias são evidentemente salvaguardadas do domínio de curiosos. Por exemplo, estudos recentes da NASA sugerem que uma das luas de Júpiter, a Europa, contém uma espécie raríssima de bactéria vermelha congelada, o que fez com que cientistas concluíssem que há enorme probabilidade de que possa haver vida mais evoluída no local.

Ainda falando do nosso Sistema Solar, em um lugar não muito distante, em Vênus, fotos, datadas de 1982, da sonda Venera-13, portanto, bastante antigas, fizeram o cientista russo Leonid Ksanfomaliti declarar que formas de vida semelhantes a escorpiões poderiam viver naquele planeta.

Também, nunca é demais lembrar que há pouco tempo foi encontrada na atmosfera de Marte uma quantidade absurda de metano, gás normalmente gerado por processos orgânicos, o que naturalmente sugere mais uma gama enorme de teorias para a existência concreta de vida no planeta.

Aliás, falando em Marte, cientistas russos descobriram um micro-organismo com raríssima capacidade de sobrevivência às radiações nocivas à vida, condição especialíssima, nunca antes vista em nenhum outro organismo da face da Terra, o que creditam ao fato de que este germe possa ter sido originado justamente em Marte.

Em abordagem também científica, todavia por essas bandas de cá, outro dia desses, pesquisadores encontraram o que acreditaram ser uma pedra marciana na Antártida. Tratava-se do meteorito Alh84001, cuja crosta continha – Pasmem! - nanobactérias fossilizadas. Evidentemente, Isto levou a especulações de que um asteroide teria ido parar no planeta bilhões de anos atrás e, portanto, poderia ter originado as formas de vida que hoje conhecemos, dando margem a uma nova possível tese sobre a origem da vida no nosso planeta.

Como se pode ver até aqui: Stephen Hawking não é tão maluco quanto se imagina, e talvez seja apenas um homem visionário e muito bem informado, considerando que todas essas notícias foram veiculadas em tabloides importantes da imprensa mundial. Não nos esqueçamos de que o astrônomo e astrofísico Dr. Frank Drake considerou o fato da Via Láctea conter mais de 400 bilhões de estrelas e se acreditar que pelo menos metade delas tem um planeta girando em sua órbita, para sugerir a possibilidade de que em algum destes sistemas possa ter havido condições para a geração de vida, por meio de óbvias deduções matemáticas.

E como se não bastassem todos esses eventos misteriosos, bem como a defesa da tese positiva à presença de seres extraterrenos por ninguém menos do que um dos maiores cientistas de todos os tempos, e para não paramos por aqui, em 1977, cientistas da Ohio State University ainda captaram sinais que levaram 200 milhões de anos-luz para chegarem até nós, cujas frequências eram extremamente fortes e de origens indefinidas. Depois desse episódio, há décadas, outros grupos tentam localizar vida extraterrena por meio de sinais de rádio. Em 2004, foi observado um sinal não identificado, que desde então vem ficando cada vez mais forte, sugestionando-nos a acreditar que hajam seres estranhos tentando entrar em contato conosco.

Tendo como foco outra abordagem, é sabido também que quando aqueles astronautas pousaram na Lua na missão Apollo 11, observaram um objeto não identificado voando próximo ao local em que estavam situados. Inicialmente, presumiram que era parte do foguete SIV-B, algum tempo depois, confirmaram que ele estava a mais de 9.656 km de distância. Lógico que Isto não foi explicado até os dias atuais.
Portanto, não nos enganemos. Os governos já tratam a possível presença de extraterrestres como crível, com bastante seriedade. Basta ver que as Nações Unidas criaram até mesmo um gabinete especial para tratar desses assuntos, o Gabinete de Assuntos Extraterrenos (UNOOSA, em inglês), chefiado pela astrofísica malaia Mazlan Othman, um organismo que lida com toda a atividade relacionada ao espaço. Mazlan, nesse caso, seria a encarregada de lhes dar as boas vindas para a eventualidade de fazerem contato.

Por fim, outra coisa que sempre foi bastante intrigante. Cada vez mais vêm sendo relatados episódios em que comandantes de jatos comerciais declararam ter estado próximos de colidir com objetos compatíveis com OVNI's. Em um desses casos, um piloto avistou um objeto não identificado em formato de “delta” voar na direção do seu avião em Manchester, Inglaterra. Segundo o relato, o OVNI desapareceu, se esquivando da colisão que era inevitável, já que não haveria tempo de reação para que se pudesse fazer uma manobra que a evitasse.

No brasil, uma recente reportagem do Fantástico, da Rede Globo, revelou que em 1986, 21 objetos voadores não-identificados foram vistos nos nossos céus e que caças da Aeronáutica iniciaram uma perseguição frenética àquelas naves estranhas, no entanto, sem sucesso. A reportagem foi ao ar após a emissora ter conseguido as gravações originais entre pilotos e controladores de voo envolvidos naquele episódio.

Pelo visto, parece muito claro que a supremacia das ideias de Hawking colide com as ideias predominantes acerca da não existência de outras formas de vida quaisquer para além dos nossos campos de centeio, o que nos faz ou muito burros ou tremendamente geniais, visto que o cientista britânico confirmou em vida mais de 95% de suas teses e é bastante possível que deva ter os outros 5% confirmados, um dia, talvez depois de partir.
Quem tem razão, não sabemos...
Talvez seja melhor que continue assim, pelo bem da humanidade!

ALEXANDRE FERREIRA
Servidor das letras, funcionário das palavras... ama escrever, escreve porque ama, vive porque escreve... aquele que respira a poesia das coisas cotidianas e procura diagramá-las em alfabeto..

Fonte:

http://obviousmag.org/o_zumbido_coletivo/2016/voce-acredita-a-supremacia-hawking-e-os-extraterrestres.html

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

ALITA

DP

Tecnologia do Blogger.