Saber-Literário

Diário Literário Online

PASSEATAS DA ELITE- Mateus Cosentino

Postado por Rilvan Batista de Santana 31/08/2016

PASSEATAS DA ELITE - Mateus Cosentino

Estão dizendo que as passeatas contra o governo foram feitas por uma camada elitizada da população. E é isso MESMO! Quem protesta nas ruas, por sua conta e risco, contra o afastado governo do PT, é a CLASSE MÉDIA. Mas ao invés de ficar falando em “Elite Branca Privilegiada”, os donos do poder deveriam reconhecer que estas pessoas são as que têm mais motivos para se revoltar.

Os Governos Lula e Dilma, os partidos engajados nesse governo e os aqueles que o tem apoiado, fizeram um verdadeiro milagre na erradicação da pobreza e temos de aplaudir isso.  Neste período a Classe “C” se tornou a “nova classe média”. Por isso não têm tanta motivação para protestar. Apesar de que o desemprego e a inflação estejam atualmente “comendo” algumas de suas conquistas e os obrigando à inadimplência.

Mas, a Classe Média “Tradicional”, foi praticamente esquecida desde 2003. Ela não pode deixar de manter seus hábitos e costumes adquiridos a duras penas em décadas de trabalho. Então é ela que tem de pagar as MAIORES parcelas de Imposto de Renda, IPTU, contas de água, luz e gás, condomínios, aluguéis, convênio de saúde, combustíveis, seguros, escolas particulares etc.

Os aumentos nos custos de contas das empresas estatais e a da taxa de câmbio refletem mais entre a essa significativa classe, responsável maior pelo consumo qualificado e com maior incidência no pagamento dos impostos repassados à população. E esta classe tem plena consciência de que toda propina, toda a CORRUPÇÃO, sai de seus bolsos esvaziados. Por isso saiu às ruas para legitimamente protestar contra aquilo que a oprime e defender a punição de TODOS os corruptos e de qualquer tipo de corrupção!

Desde a primeira eleição de 2003 até esta última, o governo tem sido reeleito pelas classes mais populosas, mas também com o apoio de grande parte da Classe Média, que tem paulatinamente diminuído.  Entretanto o governo burramente insiste em desqualificar o que chama de ELITE, ao invés de lhe dar melhores condições para sair da crise. A crise é da Classe Média, que não é a mais populosa, mas é a que tem grande poder como formadora de opinião política de todo o nosso povo em geral.

Não concordo com o impeachment de um governo eleito constitucionalmente, enquanto não ficar juridicamente comprovada a culpabilidade pessoal de sua presidência. Acredito mesmo que o PROCESSO de impeachment está de acordo com a Constituição, mas que sua MOTIVAÇÃO é um golpe de quem perdeu a eleição, ou simplesmente queira o poder. Os posicionamentos políticos, que diariamente vemos na TV, andam tão incoerentes, que até mudam o nome das coisas. Mas para mim golpe é golpe.

Entretanto, o fato é desta chamada “elite” não confiar mais no Executivo e no Legislativo, independente de partido, deputado ou senador é fato importante fe ser considerado. Resta ainda sua fé no Judiciário... Mas se não houver mudanças REAIS, a Classe Média, antes de se extinguir, derrubará qualquer governo, mesmo que seja pelo voto nestas eleições municipais. Nossa história tem alguns exemplos disso, os candidatos que se precavenham.












Mateus Cosentino – Sampa - 2016

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

ALITA

DP

Tecnologia do Blogger.