Saber-Literário

Diário Literário Online

NUNCA À TARDE. EXPERIMENTE - João Batista de Paula.

Postado por Rilvan Batista de Santana 08/08/2016

NUNCA À TARDE. EXPERIMENTE.

Pela manhã  a poesia do dia brilha muito mais, brilha com a beleza que vem de Deus, com à natureza que vive a cantar para quem sabe amar.

De: João Batista de Paula- Escritor e Jornalista.

É gratificante poder estar vivo e poder sentir o amanhecer, sentir a própria vida, sentir o perfume das flores, sentir o frescor de um novo dia,  sentir o tempo, poder ouvir os sons e os ruídos do dia, pela manhã, numa  voz do agora, deixe a luz de Deus entrar em seu coração e no seu lar doce lar.

Pela manhã ouço a rolinha cantar; e que belo cantar. É pela manhã que ouço o bem ti vi manifestar sua voz  altivez; e os macaquinhos, pulando de galho em galho, fazendo seus ruídos de felicidade no amanhecer.

Pela manhã, sim.  É bem cedo, que ouvimos melhor os passarinhos passarem cantarolando rumo à vida  que segue. É pela manhã que ninguém consegue esconder o sol por muito tempo...

Ouço o tic tac do relógio de parede, que fica na parede da cozinha, marcando o tempo, sem poder anunciar algum imprevisto até o final do dia. E o melhor é vivenciar a esperança e o otimismo em observar o tempo e o vento, os ponteiros do relógio girando como gira a roda da fortuna.

A roda da fortuna do dia segue sem rumo normal, sim. O da da minha e da sua sorte, eu sei que esse dia chegará. Pela manhã ouço o sabiá cantar. Vejo o sabiá cantar; canta, canta sabiá.

É pela manhã que ouço os au, au e os miau, miau... Vejo o caminhar do gato e ouço seu miado...

Pela manhã ouço o latido do cão do vizinho; e ouço  a mulher do vizinho gritando com seu cachorrão.

Pela manhã vejo o calango acesso, andando em cima do muro do nosso quintal, alem de passar pelo telhado do vizinho.

É pela manhã que vejo meu primeiro amor, em nossa confortável cama, despertando para um novo amanhecer, com paz, com saúde e com prosperidade. Vamos contemplar aquela suave brisa do amanhecer...Que dia lindo!

E o galo anunciando o novo amanhecer...  É pela manhã que vejo a bela árvore sorrindo para o sol, para o tempo, para a vida. É o sorriso de Deus...

É pela manhã, nunca à tarde, que vejo a luz artificial da cidade se apagar. É pela manhã que sinto o sabor e o cheiro do café, bem fresco, com leite fresco, e o pão bem quente, quente. É pela manhã que sinto a simplicidade da vida, em seus ricos detalhes, com a natureza se renovando e o dia prometendo tudo de bom.

Ouço o barulho que faz a geladeira, com água ou com os alimentos que vamos degustar durante todo dia.

É pela manhã, sim, que devemos todos nos desejar bom dia aos amigos, aos conhecidos, aos vizinhos, as pessoas que passam pelo nosso caminho rumo ao anoitecer.

É pela manhã que devemos ter  coragem de ir acordar o nosso  vizinho, para desejar a ele um bom dia, mesmo correndo os riscos de sermos  apedrejados ou amaldiçoados por ele.

Realmente, é pela manhã que o sabor da vida se inicia,  bem  cedinho, por causa da nossa gratidão e das boas maneiras que vamos praticar durante o decorrer do dia.

É pela manhã e nunca à tarde que vamos perceber os cantos e os encantos do amanhecer e de  toda beleza do dia, com as criaturas de Deus e do dia.

Os mosquitinhos, parecendo tão inofensivos,  voam para seu habitat natural.

Os portões das garagens, casas e  mansões, abrindo-se para o novo dia.

As torneiras e os chuveiros prontos para funcionarem tão bem para nossa primeira higiene do dia.

Todos os dias, pela manhã, temos que cuidar das nossas coisas e assistir televisão, com as primeiras notícias do dia.

É pela manhã que, jamais, devemos esquecer da boa saúde, nem de usar os medicamentos sintéticos ou não.

É pela manhã que fazemos as primeiras caminhadas do dia. Não esquecer que para as mãos permanecerem juntas, unidas, elas precisam estar vazias.

Nunca à tarde, ao vivo,  a gente pode observar tanta beleza e harmonia dos pássaros;  homem e da natureza, porque o início é pela manhã; e nem sempre no final do dia.

É no final do dia que devemos voltar a nossa mente e o nosso coração ao Grande Arquiteto do Universo, em total gratidão e regozijo, pela permissão e proteção que tivemos durante todo dia.

Ouça sempre a voz do coração...
Ouça sempre a voz da razão...

Meu amigo, minha amiga,  a voz do seu coração é a voz de Deus.
Veja com a boa visão ampla, além do comum, toda beleza da vida.

Ouça as batidas do coração feliz,o coração que ama, o coração que tem gratidão e que se liga a Deus.

Ouça o cantar dos passarinhos!
Ouça o latido dos cães!
Ouça os ruídos da vida e agradeça tudo por ter boa audição e boa visão.

É pela manhã que devemos buscar força, proteção  e sabedoria para fazermos nossas afirmações positivas e uma oração toda feliz.

Faça sua oração...

Não esqueça:

A MELHOR MANEIRA DE GANHAR AMIGOS É AGIR COMO AMIGO, PORQUE NADA CONQUISTA TANTO COMO SERVIR AOS OUTROS.

1 Responses to NUNCA À TARDE. EXPERIMENTE - João Batista de Paula.

  1. OBRIGADO, MESTRE RILVAN BATISTA DE SANTANA, PROFESSOR E ESCRITOR, PELO
    GRANDE APOIO. POR ISSO, TENHO DITO: VOCÊ É DUAS VEZES NOTA 10!
    JOÃODEPAULA.:

     

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

ALITA

DP

Tecnologia do Blogger.