Saber-Literário

Diário Literário Online

O Custo de uma Carreira - Jim Langley

Postado por Rilvan Batista de Santana 26/07/2016

O Custo de uma Carreira
Por Jim Langley

Um artigo de negócios no Los Angeles Times me levou a pesquisar sobre o novo CEO de uma grande empresa aérea. Seis semanas depois de ter assumido a posição, o alto executivo foi hospitalizado depois de sofrer um sério ataque do coração. Meses mais tarde, ainda afastado, ele recebeu um transplante de coração. O artigo afirmava que não muito depois desta cirurgia, esse CEO decidiu voltar ao trabalho em tempo integral apesar das longas e árduas horas e das extensas viagens necessárias para mudar os rumos da vacilante companhia aérea. 

À primeira vista, de acordo com o artigo, a coisa mais importante para ele parecia ser o pacote de grandes compensações financeiras que ele receberia se completasse seis meses inteiros sem mais nenhum afastamento.  Enquanto lia o artigo, fiquei imaginando se ele realmente tinha considerado o custo de buscar uma recompensa financeira assim considerável, ao risco de sua saúde e da recuperação de uma operação tão séria e invasiva. 

Entretanto, não é preciso passar por um transplante de órgãos para reconhecer o impacto que as nossas prioridades de trabalho exercem sobre a nossa vida e a vida daqueles que nos são mais próximos. Eu imaginei que o CEO não estava retornando apenas pelo dinheiro. Ele provavelmente também amava o desafio de mudar os rumos de uma organização e estava disposto a assumir o risco calculado de uma potencial falência cardíaca, até mesmo da morte. Outro artigo sugeria que a exigência da companhia aérea para que seu alto executivo retornasse ao trabalho apenas dois meses depois de seu transplante de coração poderia ser considerada “um ato sem coração”. 

Talvez você se identifique com o dilema desse executivo. Eu com certeza me identifico. O trabalho geralmente é muito exigente e pode realmente cobrar um tributo de vida, mesmo para aqueles que desfrutam de boa saúde.  

Vamos considerar o que a Bíblia diz sobre o custo associado com as nossas decisões na vida. Falando para alguns de Seus seguidores, Jesus apresentou uma analogia: “Se um de vocês quer construir uma torre, primeiro senta e calcula quanto vai custar, para ver se o dinheiro dá. Se não fizer isso, ele consegue colocar os alicerces, mas não pode terminar a construção. Aí todos os que virem o que aconteceu vão caçoar dele, dizendo: ‘Este homem começou a construir, mas não pôde terminar!’ Se um rei que tem dez mil soldados vai partir para combater outro que vem contra ele com vinte mil, ele senta primeiro e vê se está bastante forte para enfrentar o outro. Se não fizer isso, acabará precisando mandar mensageiros ao outro rei, enquanto este ainda estiver longe, para combinar condições de paz.” Jesus terminou dizendo: “Assim nenhum de vocês pode ser Meu discípulo se não deixar tudo o que tem.” (Lucas 14:28-33). 
Em outra parte, Jesus fez uma declaração definitiva sobre prioridades, observando: “Um escravo não pode servir a dois donos ao mesmo tempo, pois vai rejeitar um e preferir o outro; ou será fiel a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e também servir ao dinheiro.” (Mateus 6:24). 

Há mais de vinte anos eu considerei o custo e decidi que já era tempo de deixar que Deus tivesse o controle da minha vida. Isso significava que eu não iria mais ser escravo do meu negócio. Eu compreendi que o meu relacionamento com Deus era minha maior prioridade. Hoje, o trabalho permanece sendo importante para pagar as contas e prover para os meus entes queridos, mas também aprendi a colocar minha família e os outros primeiro que o escritório. A providência de Deus continua a me surpreender, satisfazendo todas as nossas necessidades quando simplesmente confiamos n’Ele. Como “cliente satisfeito”, recomendo vigorosamente que você também considere o custo ao lidar com as difíceis decisões da vida. 

Questões Para Reflexão ou Discussão  
1.   O que você pensa da decisão do CEO de reassumir suas responsabilidades em tempo integral enquanto ainda se recuperava de um grande revés na saúde? Você tentaria fazer o mesmo?
2.   Como uma pessoa pode avaliar quais são as suas prioridades e se elas estão na ordem correta em sua vida?
3.   O título deste Maná fala de calcular o custo de uma carreira. Você já parou para considerar quanto o seu trabalho está custando – não apenas para você, mas também para seus familiares e outras pessoas que se importam com você? Se você determinar que o custo é muito alto, que medidas deve adotar?
4.   Você já adotou medidas corretivas quando um trabalho parecia ser muito exigente para você? Você conhece alguém que tenha feito isso? Quais as dificuldades para fazer mudanças quando a saúde, casamento ou bem estar da família estão em risco?
Nota: Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Mateus 16:26; Lucas 9:25; 1 Coríntios 10:31; Colossenses 3:17, 23-24; 1 Tessalonicenses 4:9-12.  
Próxima semana tem mais!

MsC. Jean Luiz Correia Baraúna
Baraúna Consultoria Contábil
Contato: (73) 3613-7771/99133-1845/98869-3561/99949-7771
Medite: “Pais Que Levam Seus Filhos à Igreja, Não Vão Buscá-los na Cadeia”

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Tecnologia do Blogger.