Saber-Literário

Diário Literário Online

Não seja fanática! - Antonio Nunes de Souza*

Postado por Rilvan Batista de Santana 07/07/2016

Não seja fanática!
Antonio Nunes de Souza*

Dentre os procedimentos corriqueiros, normais e diários, está presente o comportamento do fanatismo em algumas das vertentes mais provocativas, cada um querendo ser o melhor, mais dedicado, mais qualificado, mais entendido, mais puro e, no fundo, demonstrar aos mais inteligentes, como são tolos nas horas de espelhar seus fanatismos, principalmente sobre religiosidade, futebol e política!

Essas três correntes, que são as mais vistas, nos deixam de boca aberta e mente dolorida, quando deparamos com pessoas já fanatizadas a tal ponto que, para elas, qualquer bobagem que lê ou ouvem, representam a pura verdade. Virão imediatamente, como se dizia no passado “papagaios de portas de lojas”. Estes, sistematicamente, ficavam repetindo o que diziam os fregueses!

Na parte das religiosidades e crenças, essas então os fanáticos, professam repetições de toda e qualquer bobagem que alguém diz ou escreve, para elas são palavras benditas e santificadas em louvor a Deus. Tornam-se pessoas com fracas personalidades, verdadeiras repetidoras de ladainhas, “baratas de cultos e sacristias”, esquecendo até de viver suas vidas acompanhado a parte boa que lhe é apresentada, achando que tudo é pecado e, o que os seus pastores, padres, médiuns, babalorixás, ministros judeus e outros mais determinam, são de obrigatoriedade que sejam seguidas. Ainda pior, pois, se assim não procederem, ao morrerem, irão todos para o inferno. Tenho respeito, mas, verdadeiramente, tenho mais pena pelo desperdício que vejo, deixando de desfrutar os mais básicos desejos de ser liberto e nunca diferente, servindo de deboches dentro da própria sociedade que vive! Se você tem fé, acredita em Deus e deve saber que Ele é onipresente, para falar com Ele não precisa ter intermediários, você mesmo faz isso diretamente, e nem ficar baseando sua vida em “frases pré-fabricadas” para lhe comover! Mas, a pessoa fanática é cega e não enxerga isso e, além de se comover, ainda repassa para outros como se estivesse sendo maravilhoso seu comportamento. Sem sombra de dúvidas, os evangélicos são campeões nessa área!

om relação ao futebol o fanatismo chega as mais absurdas maneiras de comportamento, variando de uma pequena discussão aos grotescos assassinatos de maneiras barbaras e selvagens. Lastimável, pois trata-se de um esporte e, erroneamente, transforma-se em campo de batalha quando acontecem as partidas entre rivais. Infelizmente, faz medo ir ao estádio, pois você está passivo de ser uma vítima fatal acidentalmente, somente por estar vestindo uma camisa do seu clube!

Curiosamente, a política que é muitíssima importante, suas discussões são muito mais por interesses pessoais, comerciais ou financeiros, ou, numa grande maioria, acontecem o brutal fanatismo, baseado em pessoas ou mídias que não merecem crédito para que possamos estar repetindo. Essa é a vertente onde encontramos mais idiotas, uns dizendo que detesta política, outros que não vão mais votar e uma maioria defendendo os mais corruptos políticos existentes. O triste é que não reconhecem quanto é importante a política na vida dos seres humanos, flora e fauna!

Vamos seguir nossas vidas com mais parcimônia fanática, procurando não querer ser diferente, demonstrando uma dose de ridículo!




*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras – AGRAL – antoniodaagral26@hotmail.com



0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Tecnologia do Blogger.