Saber-Literário

Diário Literário Online

Agregar para ganhar! - Antonio Nunes de Souza*

Postado por Rilvan Batista de Santana 22/07/2016

Agregar para ganhar!
Antonio Nunes de Souza*

Os solitários sempre perderam grandes oportunidades para os solidários, graças as atitude que não mais funcionam no nosso mundo moderno. Não podemos vencer nenhum obstáculo ou realizar planos e projetos se, categoricamente, deixarmos de juntar forças agregando os mesmos objetivos!

E isso ocorre em todas as vertentes da vida, quer sejam comerciais, industrias, e, principalmente, políticas. Não estou dizendo nenhuma novidade nem descobrindo a pólvora, apenas pela pouca atenção que o povo está dando a esse fato, sempre que posso, tento abrir os olhos de todos nós que somos envolvidos com os resultados, geralmente, ruins, para que possamos tentar mudar o caminho da “história”, usando de uma estratégia mais coerente e inteligente, desprezando uma serie de preconceitos tolos e nocivos, agindo com atitudes mais poderosas e fortes para enfrentar as adversidades!

Não gosto e nunca meto fábulas, parábolas ou casos em meus textos ou palestras, pois aprendi com meus grandes professores que, quando se usa “historietas” no meio dos discursos ou textos, está demonstrando o orador ou escritor, que falta-lhes argumentos necessários para provar o que está transmitindo e, com isso, chama a atenção dos interlocutores ou leitores. Mas, quebrando a minha metodologia, vou citar um caso ocorrido no oriente: Um chinês muitíssimo rico tinha onze filhos e não existia uma perfeita harmonia entre eles. Então, no leito da morte, o chinês chamou todos os filhos e pegou onze setas dando uma a cada um pedindo que fosse quebrada. Seus filhos, homens fortes, acharam estranho a ideia, mas, obedecendo o pai, todos quebraram ao meio as setas, devolvendo ao pai. Este, na mesma hora, pegou novamente mais onze setas e entregou todas juntas a cada um pedindo que quebrasse. E por mais que fizessem força, nenhum deles conseguiu quebrar. Então o chinês disse: Toda fortuna que vou deixar, se vocês ficarem juntos serão sempre fortes e ninguém poderá derrubá-los, mas, se se separarem, serão fracos para conservar seus patrimônios! Todos se olharam e viram a grande sabedoria oriental e milenar que deveria ser seguida: “agregar para ganhar”!

Essa é uma base de peso fortíssima que, sem nenhuma razão aparente ou consciente, não é usada pelo povo nas horas mais precisas, como agora nas eleições ou escolhas dos seus representantes. Repete-se há muitos anos que preto não vota em preto, pobre não vota em pobre, mulher não vota em mulher, aposentados não votam em aposentados, e uma corrente grande de outras vertentes, fortes e imbatíveis pelas quantidades e qualidades que, nas escolhas políticas são totalmente fatiadas por interesses diversos, terminando em decepções grandes, sofrimentos e queixas intermináveis!

Se você, inteligentemente, observar, verá que em algumas correntes já está ocorrendo isso com uma rapidez grande, principalmente entre os religiosos (padres, pastores e bispos evangélicos), que ocupam cadeiras de vereadores, prefeitos, deputados e senadores. Por que na Bahia, onde a população é de mais de 65% negra e mestiça, pessoas que vivem modestamente nas periferias, lutando contra todas as faltas e necessidades, não criam um partido forte e independente e escolhem entre a grande quantidade de ultra qualificados e competentes da etnia negra e elegem seus representantes?

Por que as mulheres que sofrem serias ameaças, ganham menos que os homens, precisam de atenções especiais, não elegem mulheres nas administrações e legislações, fortalecendo seus poderes defensivos? E olhe que as mulheres detém mais de 50% da população nacional!Essas mesmas perguntas cabem aos aposentados, que vivem achatados cada vez mais com suas ridículas aposentadorias. Percebe-se, claramente que, quem disse que pobres, pretos e mulheres não votam solidariamente em seus gêneros, cores e condições sociais, tinha uma certa razão!

Nada custa pensar, fazer ponderações, ver que fatiando seus votos sempre estará elegendo interesseiros e políticos profissionais, poucos ligando para as melhorias populares e, se forem eleitos pertencentes as suas classes, terão que prestar contas e executarem suas tarefas, mostrando porque foram eleitos!



*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras – AGRAL – antoniodaagral26@hotmail.com

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Tecnologia do Blogger.