Saber-Literário

Diário Literário Online

O voo do pensamento e a vida... - *Cláudio Zumaeta

Postado por Rilvan Batista de Santana 20/06/2016

O voo do pensamento e a vida...

                Se alguém lhe perguntasse o que é o pensamento, o que você responderia? Uma resposta objetiva, de imediato, sobre algo que traz em si uma grande carga de subjetividade, não é tarefa fácil.
                No entanto, Antonio Pereira Sousa (1941), professor aposentado da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), especialista em História e Filosofia pela PUC-MG e mestre em História Social pela PUC-SP, autor, entre outros livros, de “Tensões do Tempo: a saga do cacau na ficção de Jorge Amado” acaba de lançar seu mais recente trabalho intitulado “O voo do pensamento: temas da vida humana em ação” (Ed. Paco Editorial, 2016), e foi esse o desafio que professor Pereira se propôs a elucidar, e desde logo, lhe adianto que ele deu conta do recado com muita sensibilidade clareza.
Nesse seu novo livro, professor Pereira foi ao cerne de questões e “temas da vida humana em ação” com muita desenvoltura. Trouxe à tona, por exemplo, vários pensamentos (e voos arrebatadores!), em seus múltiplos aspectos, conectados à vida humana em sociedade, e soube nos instigar a refletir sobre nossos próprios pensamentos e outros tantos que nos circundam, propondo reflexões, em prosa poética, de maneira profunda e, encantadoramente, límpida.
                “O voo do pensamento...” divide-se em quatro partes: a primeira é “O Pensamento Ativo”, onde a escrita concisa, brilhante e elucidativa do professor, sobre temas pouco abordados, ao menos com tanta clarividência, se sobressai esplêndida: “O Luto”, “O Prazer”, “A Utilidade”, “A Prudência”, “O Silêncio”, “O Querer”, “A Intuição”, “A Vontade”... “A Arte de Envelhecer”. Este último é de uma sensibilidade inigualável. Vejamos: “...e enquanto o tempo passa, o corpo vai ganhando marcas, sinais de que há um ciclo a se cumprir, como bem enunciou o poeta português Fernando Pessoa (1888-1935): “Tudo quanto vive, vive porque muda; muda porque passa; e, porque passa, morre””.
A segunda parte intitula-se “O Brasil Colonial”. E é dentro desse espaço do conhecimento, aberto para todos e não apenas para os historiadores ou para os apaixonados pelo tema, que lemos preciosidades esclarecedoras. Um exemplo é a “dissecação” da Carta de Pero Vaz de Caminha, que Pereira assim subdividiu: “O Corpo e a Cultura na Carta de Caminha”, “A Religiosidade na Carta de Caminha”, A História e a Literatura na Carta de Caminha”. São joias interpretativas que vão muito além do lugar-comum daquelas outras “surradas interpretações” que nada dizem.
                A terceira parte, “O Brasil Estético”, pode-se ler temas tão saborosos quanto, inspiradores: “Brasil Musical e Poético”, “Fascinação”, “O Canto – O Encanto”, “Poesia e Vida” e...  “A Poética da Cidade” que, de fato, revela um escritor sensível, (não apenas porque, neste caso, ele tratou da minha terra natal, Canavieiras), capaz de capturar a candura de um tempo, de um sentimento e de um lugar que ultrapassa todos os limites geográficos. Esse texto começa com a poesia de Bete Salgado intitulada, “Canavieiras”: Vejamos: “...crianças brincam na praça, adultos conversam animados, jovens namoram e proseiam, idosos sorriem e se divertem. Num mesmo espaço convivem na plana cidade sem pressa. Banhada pelo rio e pelo mar, abençoados por São Boa Ventura, todos parecem contentes: vive o povo feliz em Canavieiras!”. Ao que o professor Antonio Pereira acrescenta: “...A arte não é bela em si, a beleza não germina de uma genialidade exterior. A poesia, o quadro, a dança se fazem belas por sua capacidade de despertar sentimentos adormecidos...”
                A quarta e última parte chama-se “Novo Palco da Razão Grega” e aqui encontraremos temas como “A Construção da Modernidade”, “A Modernidade e a Individualização”, “Os Horizontes da Modernidade”, “A Modernidade e a Mudança”, entre outros. E é justamente em “A modernidade e a mudança”, que o professor Antonio Pereira nos provoca a agir: “... O mundo é, então, uma imagem. É aquilo que dizemos dele ou que queremos dele. É aí nesse princípio que travamos ou aceleramos a mudança”.
Sempre brilhante, sucinto e sensível, professor Antonio Pereira já na apresentação de seu livro, teoriza sobre o pensamento, e traça uma historicidade do mesmo. De Platão à Aristóteles. De Santo Agostinho à Catão. De Hannah Arendt à Michel Foucault... Assim, com grande maestria e simplicidade, professor Pereira nos diz: “É do espaço de vivência do homem que o sobrevoo do pensamento acontece. Ousar, querer mais, problematizar, compreender e se confrontar com a sua atualidade por esses caminhos diversos, é daí que o pensamento se mantém em seu voo pleno”.
                Leia “O voo do pensamento...” e você (re)descobrirá outro sentido para aquela canção (“Felicidade”) escrita por Lupicínio Rodrigues (1914-1974) e imortalizada por Caetano Veloso: “o pensamento parece uma coisa à toa, mas como é que a gente voa quando começa a pensar...” Boa leitura!






*Cláudio Zumaeta - Historiador graduado pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC, Ilhéus –BA) Administrador de Empresas graduado pela Universidade Católica de Salvador (UCSAL, Salvador – BA). Especialista em História do Brasil (UESC, Ilhéus – BA). Membro da Academia Grapiúna de Letras (AGRAL).            

2 comentários

  1. Li as reflexões de Zumaeta sobre o meu texto:O Voo do Pensamento. Claro que fiquei feliz com suas anotações. Valeram aqueles dias e dias frente ao computador. Zumaeta encontrou algum valor no texto. Tenho esperança de que outros leitores também possam enxergar virtudes no Livro. Obrigado Zumaeta.

     
  2. Li as reflexões de Zumaeta sobre o meu texto:O Voo do Pensamento. Claro que fiquei feliz com suas anotações. Valeram aqueles dias e dias frente ao computador. Zumaeta encontrou algum valor no texto. Tenho esperança de que outros leitores também possam enxergar virtudes no Livro. Obrigado Zumaeta.

     

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Tecnologia do Blogger.