Saber-Literário

Diário Literário Online

O TERROR IMPOSTO EM NOME DA FÉ - Val Cabral

Postado por Rilvan Batista de Santana 28/06/2016

O TERROR IMPOSTO EM NOME DA FÉ
 Somente quem é monstro do satanás, mata em nome de Deus.

O mundo sempre foi vítima de líderes possuidores de mentes doentias e de inteligências privilegiadas, infelizmente usadas na consumação do mal. Criaturas carismáticas, com o poder de manipular cérebros menos favorecidos para seguirem ideias sempre inspiradas por fanatismos de alguma espécie ou simplesmente pelo desejo extremo do poder. Se revolvermos a história, veremos uma série desses indivíduos que, na ânsia de alcançarem seus tenebrosos objetivos terminaram, não obstante deixarem um fatídico rastro de destruição, se auto-liquidando. 

As guerras foram sempre uma constante na história do mundo. Dizem os entendidos que elas servem para o equilíbrio demográfico da humanidade. Explicação nada confortável para quem vive neste planeta, sempre em busca de uma paz que dê à existência um sentido humano e feliz. No começo dos tempos, eram os bárbaros que viviam em lutas contra os povos vizinhos. Bem mais tarde foram os romanos que, na sua ânsia de conquistas, inquietaram e escravizaram o mundo. Alguns séculos depois apareceu Napoleão, que levou seus seguidores a devastarem os mais fortes e os mais frágeis países da vizinhança, terminando por ser vencido pela própria natureza que ele subestimou quando invadiu a Rússia no inverno. 

Um outro louco fanático, despótico, dominado pela eterna ânsia do poder, logo se distinguiu no cenário mundial, arrastando a humanidade para um dos piores infernos por que já passou este planeta. Hitler, com suas ideias insanas, seu racismo desvairado, suas lutas inconsequentes, e que terminou seus dias refugiando-se no suicídio, deixando para trás, sobretudo, uma Alemanha totalmente arrasada. Conflitos menores sempre inquietaram o mundo. 

Há sempre alguém com o desejo de dominá-lo militarmente, ideologicamente, ou financeiramente. Vivemos uma época onde se desenvolve a pior e a mais perigosa das guerras, alimentada por cérebros doentios que se escuda no fanatismo religioso para disseminar a doutrina da auto destruição em nome da fé. Seus objetivos era eliminar vidas inocentes e amedrontar e vencer poderes. Usa seu carisma, o dom da palavra e o seu ódio para lavar as mentes de pobres seguidores do Islã. Comanda-os como se fossem simples mamulengos com o intuito de alcançar seus fins. Refugiados num incompreensível sentimento de crença, numa religião que, paradoxalmente, prega a paz, prepara sua gente para uma guerra, onde eles nem mesmo poupam os seus asseclas. É a guerra do medo. É a guerra contra um inimigo invisível, impossível de ser direcionada, pois qualquer um que esteja ao seu lado pode ser um terrorista.


 Fonte: Blog do Val Cabral

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

ALITA

DP

Tecnologia do Blogger.