Saber-Literário

Diário Literário Online

Arrancaram-me da África - Lourival Piligra Júnior

Postado por Rilvan Batista de Santana 15/06/2016

Arrancaram-me da África

Fui vendido como escravo
E lançado no porão
Na miséria fiz morada
Pelourinho foi meu salão
Conheci a liberdade
Conheci a solidão
Conheci a malvadeza
Conheci a ingratidão
Fui trocado por migalha
Por um saco de feijão
E o meu corpo foi marcado
Cicatriz da escravidão
Arrancaram-me de lá
Mas de lá nunca sai
Vim sem saber navegar
A minh’África é aqui
Sei que um dia irei voltar
Pra de novo então sorrir
N’África quero morar
E dela jamais sair
Fui mordido pela cobra
Da injustiça de outro irmão
A senzala foi meu reino
De completa escuridão
Conheci a dor na pele
Conheci a imensidão
Conheci a cor do sangue
Conheci a escravidão
Fui marcado pelo ferro
Do Senhor da embarcação
E fugindo da miséria
Do quilombo eu fiz nação
Arrancaram-me de lá
Mas de lá nunca sai
Vim sem saber navegar
A minh’África é aqui
Sei que um dia irei voltar
Pra de novo então sorrir
N’África quero morar
E dela jamais sair.

Autor: Lourival Piligra Júnior

0 comentários

Postar um comentário

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Patrono

Patrono

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Todos os nossos textos, abaixo, estão licenciados no Creatve Commons.
Tecnologia do Blogger.