Saber-Literário

Diário Literário Online

Quem Você Está Tentando Agradar? Por Rick Foster

Postado por Rilvan Batista de Santana 24/05/2016

Quem Você Está Tentando Agradar?
Por Rick Foster

Muitos produtos são planejados para imitar algo verdadeiro. Existem deques de plástico que se parecem com madeira de verdade, e pisos vinílicos que aparentam ser de cerâmica. Podemos comprar peles e joias falsas, narizes de mentira, apliques de cabelo, e outras partes do corpo. O propósito por trás desses itens é bastante óbvio, mas o que dizer de um produto enlatado chamado “spray de lama”? 
O spray de lama foi planejado para ser usado no exterior de veículos utilitários esportivos. O propósito é fazer parecer que o dono da SUV usa o caro bebedor de gasolina para algo mais do que simplesmente levar as crianças para o treino de futebol. Se você usar o spray nele, os amigos vão pensar que você acabou de retornar de uma aventura selvagem. Se você quiser ter essa imagem aparentemente autêntica, sem passar pelos problemas de realmente tentar uma viagem off-road rigorosa, pode comprar uma lata desse produto por U$ 15 a unidade!

Vemos práticas similares todos os dias no ambiente profissional e empresarial – homens e mulheres tentando parecer algo que não são – mais bem-sucedidos, mais habilidosos, mais experientes. Pessoas com currículos de ficção, que exageram suas realizações nas entrevistas de emprego, que fazem promessas irrealizáveis a clientes potenciais. Tudo isso na tentativa de agradar aos outros e conseguir o seu favor. 

Observar esse tipo de comportamento nas outras pessoas deveria nos predispor a perguntarmos a nós mesmos: “Quem eu estou tentando agradar?”

Buscando um paralelo bíblico, não encontramos exemplo melhor do que o do apóstolo Paulo – um contraste notável ao daqueles que querem agradar as pessoas. Depois de uma experiência brutal ao compartilhar o Evangelho na antiga cidade de Filipos, Paulo dirigiu-se para Tessalônica. Depois de ser espancado e preso, alguém poderia pensar que ele havia aprendido a lição e mudado sua mensagem ou suas táticas quando foi para a cidade seguinte. Ao contrário, lemos em I Tessalonicenses 2:2: “...tivemos a coragem de anunciar-lhes o evangelho de Deus, em meio a muita luta.” 

O que motiva um homem ou uma mulher a “manter o curso”, apegando-se a suas crenças, valores e mensagem, estando dispostos a não transigir para o equivalente a comprar uma lata de U$ 15 de aparência “autêntica”?  Para Paulo a resposta era simples: Deus. Essa é a opção que enfrentamos até nos dias atuais nas decisões que tomamos no ambiente de trabalho, escolhendo entre agradar aqueles que nos cercam – ou Aquele que está acima de nós. Como um comediante famoso salientou certa vez: “Eu não conheço a chave para o sucesso, mas a chave para o fracasso consiste em tentar agradar a todo mundo.”

Por que agradar a Deus era a prioridade máxima de Paulo? Porque ele compreendeu a perspectiva de Deus. Paulo escreveu que ele servia “...não para agradar pessoas, mas a Deus, que prova o nosso coração.” (I Tessalonicenses 2:4). Em outras palavras, o Senhor não está impressionado com uma lata de U$ 15 de spray de qualquer coisa. Nós temos dificuldade de enxergar para além das aparências externas, mas Ele jamais tem qualquer problema dessa ordem. As Escrituras nos dizem: “Eu sou o Senhor, que sonda o coração e examina a mente, para recompensar a cada um de acordo com a sua conduta, de acordo com as suas obras.” (Jeremias 17:10). E, “...Senhor, Tu conheces o coração de todos...” (Atos 1:24). 

Paulo não estava disposto a usar a abordagem “lata de spray” para tratar com o Deus que examina os corações. Isso influenciou três áreas específicas de sua vida: suas palavras (“a nossa palavra nunca foi de bajulação”); suas finanças (nem de pretexto para a ganância”), seu status (“nem buscamos reconhecimento humano”). Esse conhecimento tem a mesma resposta de nossa parte? Palavra aos sábios: Economize U$ 15 e seja você mesmo!

Perguntas para Reflexão ou Discussão  

1.   Por que nós geralmente tentamos apresentar uma “bela fachada” tentando disfarçar a aparência externa para esconder o que realmente temos por dentro?
2.   Você se lembra de alguma ocasião em que adotou a abordagem do “spray em lata” para lidar com alguém – um conhecido, colega de trabalho ou cliente? Qual o resultado? Você convenceu levando-os a pensar o que queria?
3.   Por que causa tanto problema tentar apresentar a nós mesmos como uma imitação e não de forma verdadeira?
4.   O apóstolo Paulo escreveu que sua única motivação era agradar a Deus. Isso geralmente é verdade em relação a você? Por que você acha que somos mais inclinados a agradar as pessoas do que a Deus? O que podemos e devemos fazer a esse respeito?

Nota:  Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos I Samuel 16:7; Provérbios 10:9; 11:3; 16:2, 9; 20:14; 21:2; I Tessalonicenses 3:13. 


Próxima semana tem mais!


MsC. Jean Luiz Correia Baraúna
Baraúna Consultoria Contábil
Contato: (73) 3613-7771/99133-1845/98869-3561/99949-7771
Medite: “Pais Que Levam Seus Filhos à Igreja, Não Vão Buscá-los na Cadeia”

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

ALITA

DP

Tecnologia do Blogger.