Saber-Literário

Diário Literário Online

A Ciência Comprova: Pensamento Negativo Faz Mal à Saúde!

Postado por Rilvan Batista de Santana 04/05/2016

A Ciência Comprova: Pensamento Negativo Faz Mal à Saúde!

Você sabia que se reclamar com frequência, está na verdade destruindo a sua saúde? A medicina nos dias de hoje comprova isso, e o mais surpreendente é que você pode de fato mudar a sua realidade através dos seus pensamentos. Veja abaixo alguns dos conceitos defendidos pela ciência da felicidade, amplamente estudada por cientistas de vários países.

1. Sinapses que disparam juntas se conectam

Sinapses são estruturas que estão presentes no nosso cérebro, e agem como transmissores de mensagens que geram pensamentos, fala e movimento. Quando surge um pensamento na sua mente, uma sinapse automaticamente se conecta com outra através de um movimento químico entre elas. Para simplificar este processo e torná-lo mais fácil de entender, é nada mais que um sinal elétrico que cria uma espécie de ponte no seu cérebro.

Toda vez que isso acontece, as sinapses crescem juntas e a distância entre elas é reduzida, e com isso o sinal elétrico surge muito mais rápido. Dessa forma, surge o pensamento que remodela o seu cérebro. Portanto, atenção nos pensamentos.


2. O caminho mais curto leva à vitória

As sinapses que se formam com mais força no cérebro são aquelas relacionadas à sua personalidade - sua inteligência, atitudes e adaptabilidade em diversas situações. Além disso, determinam quais são os seus pensamentos mais acessíveis, que exercem grande influência nas sua conversação.

Quanto mais o pensamento se repete na sua mente, mais perto você traz as sinapses. Portanto, o pensamento que ganha a corrida dentro da sua mente é aquele que tem a distância mais curta entre as sinapses. Com isso em mente, direcione o seu pensamento para coisas positivas!



3. Aceitação x arrependimento, impulso x desejo, amor x medo

Sempre que a oportunidade surge por meio de uma reação provocada por um pensamento, geralmente encaramos as seguintes escolhas: amor contra medo; aceitação contra arrependimento, impulso contra desejo; e otimismo contra pessimismo.

Ao pegar o primeiro exemplo, você pode escolher por amar a tudo e todos e deixa de lado a sua necessidade de ter controle. Se aceitar tudo na sua vida pela perspectiva do amor e deixar o excesso de controle de lado, você verá que não há nada a temer.

De acordo com a filosofia budista, o universo é um lugar onde se encontram o sofrimento e o caos, assim como nossas tentativas de exercer controle sobre tudo que se passa dentro dele, mas isso é inútil.

Praticar a aceitação naturalmente de formar a deixar fluir a vida vai te dar uma sensação de agradecimento por cada experiência e lição vivida. Dessa forma, as sinapses no seu cérebro que representam o amor vão estar mais fortalecidas, evitando então as sinapses relacionadas a tristeza, arrependimento, pessimismo, medo e depressão. Se você repetidamente abraçar as situações de forma otimista e positiva, seja quais forem, a sua mente vai então estar tomada por essa positividade.

Sabendo isso agora, você deve saber que não se trata de uma prática infalível, pois em alguns casos o peso das emoções caem sobre nós, e então fica mais difícil evitar a negatividade. Encare isso como um músculo do seu corpo: você só verá os resultados se praticar exercícios repetidos com regularidade e, dessa forma, vai ganhar força mental. Assim, o mundo será visto com mais beleza e amor.


4. Neurônios-espelho

Seus pensamentos podem realmente dar forma à sua própria realidade, mas o que talvez não saiba é que os pensamentos das pessoas ao seu redor também podem contribuir para isso.

Quando observamos alguém vivenciando uma emoção específica, nossos cérebros testam essa mesma emoção para tentar entender o que o outro está sentindo. Esta é a base da empatia, que por um lado pode ser muito bom, mas por outro também pode causar efeitos negativos.

Imagine um pensamento coletivo - quando a raiva coletiva influencia outros a irem contra um inimigo em comum, ou, de forma mais simplificada, ouvir pessoas que repreendem a tudo e a todos para ter algum tipo de autoavalidação. Mesmo que a princípio relute contra isso, você vai acabar aceitando esses pensamentos e agindo da mesma forma. 

O fato é: infelizmente, a vida em alguns casos pode ser caótica. Porém, se você deixar esse caos te envolver por completo, então permitirá que seu cérebro siga esse caminho, tornando-o uma pessoa amarga e exausta, ao invés de ser uma pessoa otimista e com amor no coração.

Esteja sempre com pessoas otimistas e com amor, ao invés daquelas negativas e amargas que sempre verão o lado ruim da vida. Isso não significa que você deve ignorar pessoas queridas que estão passando por momentos difíceis, ou muito menos criticar as injustiças do mundo. O pensamento positivo também deve ser crítico, mas sem excessos e envolvimento.


5. O estresse pode matar!

Negatividade, arrependimento, apego a desejos e reclamações sem sentido pode te matar. É isso mesmo. Embora pareça dramático demais, essas emoções negativas desencadeiam estresse, ou seja, seu cérebro está sobrecarregado, e com isso ele alimenta sinapses relacionadas e esses sentimentos ruins. O resultado: doenças, inclusive cardíacas.

Cortisol é o hormônio que produzimos quando estamos estressados. Em doses elevadas, pode causar problemas de memória e aprendizado, acabar com a sua imunidade, diminuir a massa óssea, aumentar o seu peso e a pressão sanguínea, além dos níveis de colesterol, fora os riscos de infarto! Por isso, foque o pensamento na positividade e alimente sinapses para isso!


6. O ponto de partida

O mundo pode ser um lugar caótico, mas estamos nele. Cada momento da sua vida tem o potencial para gerar outros que podem ser de dor e mágoa, ou de fortalecimento e vitória, por mais difíceis que sejam.

A escolha de como será a maioria dos momentos futuros depende de você.

Por isso, escolha se prefere viver no amor ou no medo. É claro que a vida vai te dar momentos desafiadores, como a perda de pessoas queridas (pois um dia todos vão morrer), o fim de um romance ou momentos difíceis no trabalho, mas você não pode se apegar a medo, arrependimentos e outras emoções negativas que vão disparar cada vez mais sinapses também negativas.

Portanto, por mais difícil que seja, não alimente esses momentos com emoções ruins, pois isso o tornará cínico, amargo, arrependido. Guie seus pensamentos de forma positiva e a vida o favorecerá.

Ao enfrentar uma fase difícil, aceite-a. Diga: sim, isso é ruim, mas o que posso aprender com isso? Como posso ser uma pessoa melhor? E como tirar forças de tudo isso para alcançar a felicidade?

Fique atento às lições aprendidas com seus fracassos. Cada dia pode ser melhor. Tente algo novo todos os dias, deixe o amor superar o medo e viva melhor. Quanto mais pensar dessa forma, mais feliz você será. Lembre-se: desencadeie sinapses no seu cérebro que o conduzam a uma vida plena.


Fonte: Tudo por e-mail





0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Tecnologia do Blogger.