Saber-Literário

Diário Literário Online

Kamikazes - Marco Lucchesi

Postado por Rilvan Batista de Santana 07/04/2016

Kamikazes
Marco Lucchesi

O que está acontecendo com a dignidade de nossa jovem república e seu frágil corpo democrático? Parece que nos tornamos personagens de um escritor de poucas ideias fixas, como se estivéssemos dentro de uma ficção ordinária, contracenando com atores de terceira, ao longo de um enredo faccioso, pobre de cenário, e inverossímil, sem qualquer espessura ética ou intelectual. São as vísceras de uma novela rocambolesca, cujo mérito será o de confundir o admirável público. A temperatura da língua alcança altos decibéis, com insultos e ameaças de toda a espécie. O maior crime hoje será o de opinião, entre a caterva da intolerância, como se o Brasil fosse uma opereta onde não houvesse mais que dois coros, as hostes do bem contra o mal, as vestais mais ou menos virgens, contra os antigos templos que os deuses não mais protegem.

Poucas vezes na história recente assistimos a tão admirável conjunção de mediocridade e oportunismo, corrupção e falta de caráter, ódio à democracia e respeito à alteridade: um deserto de homens e ideias, indigência de projetos, como guerra de trincheiras, com a munição de slogans, factoides, vazamentos capitaneados pelo mais baixo marketing, do baixo-clero da política e da magistratura, cada qual empenhado em amesquinhar a liturgia e a dignidade do cargo que ocupam. 

Obviamente não faltam pessoas sérias e honestas, a favor ou contra o impeachment, diante de um quadro altamente complexo, como um polígono de mil lados. Respeito ambos os lados, quando integrado por pessoas serias, cujo compromisso se resolva em termos puramente republicanos. Deixo claro que não sou filiado a qualquer partido político, não faço parte de qualquer nível do governo da presidente Dilma, cujos erros de pronto reconheço, assim como também suas virtudes.

E me posiciono de modo frontal contra o impeachment, sem desqualificar posições contrárias, e nem me considero, como já se disse, moralmente superior ou regressivo, nem aconselho a consumir ou não a obra de grandes artistas em função de suas posições políticas, nem ameaço quem quer que seja. A civilidade precisa voltar ao nosso horizonte, inclusive durante discussões árduas.

Estamos todos com as mãos limpas, mas antes das mãos é a democracia que precisa se tornar cristalina, de modo coletivo, integrado, e não com gestos de pirotecnia de magistrados ou com o baixíssimo clero do Congresso, sempre alimentado por razões subalternas, por moralidades heterogêneas, ódios figadais, com uma linguagem absolutamente extemporânea de Guerra Fria. O impedimento requer delito grave e instrumentos válidos, não pode ser visto como uma espécie de recall de uma eleição legítima. A oposição deveria esperar até 2018. Trabalhem os magistrados com serenidade e correção, sem pronunciamentos velados à nação. Não pode haver lugar para kamikazes, de onde quer que venham, contra a nossa democracia.

O Globo / ABL

0 comentários

Postar um comentário

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Patrono

Patrono

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Todos os nossos textos, abaixo, estão licenciados no Creatve Commons.
Tecnologia do Blogger.