Saber-Literário

Diário Literário Online

TAMBORES DA MORTE...- Joselito dos Reis

Postado por Rilvan Batista de Santana 10/03/2016

TAMBORES DA MORTE...


      
         Aos governantes, da união, estado e munícipes

Na minha cidade, doente e calda...
De um poeta de alma sofrida e triste
Um povo chora perdido na dor...!

Cidade de praças sujas e vazias...
De rio esquecido no tempo e poluído...
De jardins sem vida e sem flor!

Demagogicamente ainda soltam fogos!!!
Dos dominantes, imbecis, perdidos ao leu!
Comemorando talvez o nada, a dor...!
De miseráveis enfermos a própria sorte!

Vitima de uma maldição sem perdão!
Gente cabisbaixo refém da mentira
De um sistema, de um mosquito qualquer...
Sentindo o medo da temível morte!

E assim caminha a minha cidade!
E assim caminha a minha cidade!
E assim caminha a minha cidade!

Triste maldade!
Triste maldade!
O poeta avisou!!!

Adeus água potável...
A água salgada chegou!
Os tambores da magia soam à morte!



Joselito dos Reis

  07.03.2016

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

ALITA

DP

Tecnologia do Blogger.