Saber-Literário

Diário Literário Online










Lúcifer - ascensão e queda do Anjo da Luz!

 Lourival Pereira Piligra Júnior
(Ao retorno de Deus e a convocação dos anjos!]
1. O Pai retorna e convoca
Uma divina assembleia;
Em teu ser um só desejo
Uma transcendente ideia:
“Dividir com o seu filho
Reflexo do intenso brilho,
O seu trono divinal;
Seu filho e belo Jesus
Gerando no Anjo da Luz
A negra inveja mortal!”
2. Os Anjos foram trazidos
E diante do esplendor
Que do Pai logo explodiu
Todos viram seu valor,
Seu poder fenomenal,
Deus imponente e imortal
Com sua luz tudo abarcando
E até mesmo o Anjo da Luz
Teu ser ao solo conduz
De joelhos se humilhando!
3. Deus [então] logo anuncia
Quem seria seu sucessor;
A quem todos, sem ressalva,
Deveriam dá valor
E aos seus pés se curvar;
Pois Jesus iria reinar
Sobre a terra e sobre o céu
Encarnação da pureza,
Um Senhor da natureza
Que transformou vinho em mel!
4. Jesus, bela encarnação
Do divino e do sagrado,
Reflexo pleno de Deus,
Livre de todo o pecado,
Ao seu lado sentaria
E só Jesus saberia
Da criação, o seu mistério,
Reinando sobre os demais
Interpretando os sinais
Da matéria ou do etéreo!
5. Lúcifer, ali calado,
Escuta tudo e conspira,
Alimentando o pecado
E a traição que o inspira;
Com ódio do ilustre Pai,
Dividindo o que subtrai
Aquilo que um dia sonhou,
E por seu filho Jesus
[Ao perfeito Anjo da Luz]
Injustamente trocou!
6. Lúcifer agora queima
Em ódio regado a inveja,
No silêncio do teu ser
Contra Deus ali pragueja,
De joelhos, humilhado,
Por outro agora trocado
No seu risível papel,
E por isso ele trabalha
Imaginando a batalha
Contra Deus no imenso céu!
7. Em pensamentos mergulha:
“Haverei de ser Senhor
E o teu trono um dia herdar
Conhecerás meu valor
E tudo o que sou de bom,
Do eterno conservo o dom
Da matéria transformar,
Por isso afirmo em tropel
Seja na terra ou no céu
Eu haverei de reinar!”
8. “A minha própria assembleia
Convocarei sem demora,
A ninguém devo servir,
A ninguém minh`alma implora,
Sou fruto do mais sagrado
O meu lugar ao seu lado
Em tudo seria melhor,
Mas, até Deus, também erra,
E troca o céu pela terra
Escolhendo o que é pior!”
9. Neste instante o grande Pai
Onisciente de tudo
Indaga à turba divina
E o céu permanece mudo;
Ninguém deseja se opor
Ao soberano Senhor
Numa luta, besta, inglória,
Batalha sem qualquer nexo,
O curvo gera o convexo
Na trama louca da história!
10. Lúcifer se afasta agora
Consumido em seu pecado;
Deseja mais do que todos
Iniciar seu reinado
E totalmente indeciso
Se esconde no paraíso
Articulando o seu plano:
Induzir à traição
A mais bela criação
De Deus: o inocente humano!

0 comentários

Postar um comentário

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Patrono

Patrono

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Todos os nossos textos, abaixo, estão licenciados no Creatve Commons.
Tecnologia do Blogger.