Saber-Literário

Diário Literário Online

Ator das Loucuras - João Batista de Paula

Postado por Rilvan Batista de Santana 30/03/2016

Ator das Loucuras.

Aqui em casa, somos todos loucos uns pelos outros.
De: João Batista de Paula – Escritor e Jornalista.

Meu irmão Americano me intitulou de "Ator das Loucuras". Gostei do titulo e da homenagem, porque somos todos loucos uns pelos outros. Não aquela loucura doentia; mas, a loucura de ser diferente em dar sabor a vida, em propagar o humor, o que é hilário, o que é diferente, o que é  fora do comum.

Uma cena da vida, retratada em foto, na maioria das vezes, acaba  tornando-se em arte; em arte de elevado nível, que enobrece os nossos sentimentos e que  gera risos em dobro, que gera felicidade.

Lembre-se:
Nem sempre quem rir melhor é quem rir por último, porque quem rir por último pode ser retardatário ou desdentado, ou por não ter entendido a piada.
.
A verdadeira loucura em servir, espontâneo, sem maldade, acaba gerando  gargalhadas, risos, criticas, resenhas, no sentido de mostrar que a vida é algo mais do que àquilo que os nossos olhos vêm.

Faz bem lembrar os ditos populares que afirmam: “ Enquanto os vitoriosos comemoram, os perdedores se justificam”; e  “ Enquanto uns choram, outros vendem lenços”.

Vamos rir muito mais...
Rir do comum...
Rir do simples...
Rir do normal...
Rir de uma cena da rua...
Rir de um fio dental,..
Rir o feio e rir do bonito...

Rir do que pode conquistar e despertar nosso sorriso,  porque os melhores momentos da vida são aqueles em que rimos e somos felizes.

Tenho mais de 500 fotos, em várias ângulos e posições e cenas da vida tal como ela é, que geram risos, gargalhadas, que retratam a vida da gente, que, nem sempre gostamos que seja mostrada.

Na Era da Luz nada ficará encoberto, escondido, camuflado.

Quem é que nunca lambeu os dedos?

Quem é que não limpa a bunda e não olha para as mãos?

Quem é que não olha para o papel higiênico sujo?

Quem é que não olha para o lixo e para o luxo?

Quem é que não levou uma topada?

Quem é que não sabe que a mesma boca que beija também escarra?

Quem é que não olha para as intimidades do seu corpo físico?

Sempre soube que as  fotos falam mais de que mil e umas palavras. Os momentos registrados em fotos servem, inclusive, de boas recordações. E só faz boas recordações quem as tem.

As loucuras do momento vivenciado e do selfie registrado fazem a diferença ser inusitada, criativa, engraçada, risonha, ou mais.

Se amar é ser louco, então, amo muito. Se amar é fotografar a vida, então, sou amoroso e louco. Se amar é fazer alguém sorrir, então, sou louco.
Se amar é a gente encontrar motivos para sorrir, cantar, brincar, compartilhar e servir, então, sou muito louco. Se mostrar e revelar através de fotos o bom humor, a alegria de viver, retratando cenas da vida, com uma boa frase ou piada, então, eu sou louco. Um ator da loucura, ator da hora, ator do momento.
.
Um bom ator.
Um bom amigo.
Um ser criativo.
Um ser hilário.
Uma risadinha.

Um jeito de ser, viver e ser diferente com muito humor e alegria.

Trata-se do H de João...
H  de Humor.
H de Hilário.
H de Homem.
H de Hoje.
H de Hora.
H de Honesto.

Sigo avante, avançando, sendo rico de amigos, erguendo a bandeira: Acerte no Bicho sem Ofender à natureza. Sendo aquele ator hora rindo, hora preocupado, hora feliz, hora triste, hora trapeado, hora rindo sem dentes.


Ser diferente, ser palhaço, ser ator, ser engraçado, ser o que  cada um de nós é, propociona  um outro sabor ao amor à vida, sabor e ação que geram muita inveja; mas, também, muita admiração.

O ideal é ser feliz e ficar ao lado de quem amamos e gostamos. Ficar ao lado do que gera risos, gargalhadas, admiração, contentamento, gratidão, alegria, ou mais.

Eu, por exemplo, prefiro ser alegre e criativo por onde eu passar, por onde eu andar, por onde eu caminhar pisando firme no chão, com o olhar voltado para o futuro, ou escorregando na maldade das pessoas.

Prefiro rir muito mais sem confundir tolice, com ilusionismo e com a falsa alegria, porque acredito que o pecado foi quem deu sabor a vida, quem deu tempero, quem despertou a curiosidade e a imaginação.

Obrigado pelo titulo: “Ator das Loucuras”. Realmente, ser diferente é normal.  O importante é estar vivo e feliz, vivenciando a paz e o amor, gerando felicidade, fazendo o próximo sorrir.


Vamos rir muito mais, porque somos reis e peões, sábios e tolos, atores e telespectadores, porque ninguém consegue esconder o sol por muito tempo.  

1 Responses to Ator das Loucuras - João Batista de Paula

  1. MESTRE E PROFESSOR RILVAN BATISTA.
    OBRIGADO!
    VIVA A LOUCURA DE DEUS! PORQUE AÍ DAQUELES QUE CAIREM NO ESQUECIMENTO DE DEUS.
    MUITO OBRIGADO PELO ESPAÇO CULTURAL.
    DIAS MELHORES VIRÃO.
    JOÃO BATISTA DE PAULA

     

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

ALITA

DP

Tecnologia do Blogger.