Saber-Literário

Diário Literário Online

Negros maravilhosos! Antonio Nunes de Souza*

Postado por Rilvan Batista de Santana 19/02/2016

Negros maravilhosos!
Antonio Nunes de Souza*

Não me canso de elogiar essa etnia abarrotada de verdadeiros guerreiros, que, ao longo de suas duras e sofridas vidas, cada dia prova suas capacidades, qualificações invejáveis em todas as vertentes que existem, inclusive, criando e impondo novos   hábitos e costumes, deixando patente que, felizmente e claramente, somos todos iguais!
Imagem: Google
Não será necessário dizer como aqui chegaram, para que vieram e como foram tratados durante a escravatura. Esse pedaço da história é por demais conhecido por todos, mesmo que seja, por ensinamentos insuficientes e não detalhados, transparecendo que foi apenas uma importação de força de trabalho, dita, as vezes, como consentida pelos próprios negros!
Com nossas memorias deturpadas e vexatórias, não tardarão dizer que os negros vieram da África, para fazer turismo no Brasil e em outros países. Sacrilégio totalmente passivo de acontecer!
O fato e a realidade que presenciamos no corpo da sociedade, nas áreas da literatura, artes plásticas, profissionais liberais, comerciais, industriais, agrícolas, políticas, financeiras e alimentícias, a etnia negra está fortemente presente, dando, inclusive, lições de competência e qualificação invejável!
Parece que me esqueci do maior dos destaques: o esporte. Mas, nada disso meus amigos, apenas deixei para dar um maior destaque, pois, nessa competição, são maravilhosamente imbatíveis. Atingindo patamares e pódios que poucos de outras colorações nunca conseguiram. Quando muito, através de alguns mestiços!
Sou um admirador profundo dessa maravilhosa, respeitada e bendita etnia (na faculdade quando fiz licenciatura de história, meu professor me orientou para nunca usar “raças”, quando estivesse referindo a pessoas), bonita e saudável, fortes e com mulheres lindas e sexys. Apenas, talvez pela força fantástica das ocupações dos seus espaços, uma vertente prefere usar seus cabelos micro encaracolados, duros e teimosos, fazendo penteados “despenteados” como se fossem um desafio, ou para demonstrar que são negros. Suponho isso desnecessário, pois a cor da pele, as belezas dos dentes, os corpos cheios de sensualidades, queixos pronunciados, narizes chatos, a cor linda, pele sedosa e lisa, etc., já são referenciais mais que comprobatórios das suas negritudes. Aprecio os cabelos alisados, utilizando as tecnologias que estão sempre aprimoradas por dezenas de anos!
Não se pode negar que, ainda nos dias de hoje, existem determinados preconceitos, usados por pessoas que foram mal educadas, não lhe ensinaram a regra do respeito e, entre jovens, infelizmente, repetem o que ouvem em suas casas quando estão sós. Uma vergonha esse comportamento torpe!
Salve os benditos negros que, pelas suas garras e coragem ajudaram a construir o nosso e muitos outros países!


*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras – AGRAL – antoniodaagral26@hotmail.com 

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Tecnologia do Blogger.