Saber-Literário

Diário Literário Online

Poema de amor - José Gil

Postado por Rilvan Batista de Santana 08/01/2016

A meu amor com saudades de Agosto na Damaia, Solange amor maior
coloco os coentros ao sol como eu 
nos bancos do jardim da praceta 
antes de subir a escadaria de pedra 

fugi dos carros para as cenouras e 
os pepinos – estraga-me a auto-estrada 
não é lenta como o amor, fico assim 
com o meu sol o grito interior 
e o grito exterior e a respiração do 
pinheiro quente e do musgo ainda 
perto "da lareira" por dentro da folha de papel 

de mansinho digo dobra-te só este sol encanta 
os peões como as palavras pequenas 

José Gil (autor português)

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Tecnologia do Blogger.