Saber-Literário

Diário Literário Online

Cura de um leproso Lc 5, 12-16

Postado por Rilvan Batista de Santana 09/01/2016

Cura de um leproso
Lc 5, 12-16
 
Certa vez Jesus estava numa cidade onde havia um homem que tinha o corpo todo coberto de lepra. Quando viu Jesus, o leproso se ajoelhou diante dele, encostou o rosto no chão e pediu: 
- Senhor, eu sei que o senhor pode me curar se quiser! 
Jesus estendeu a mão, tocou nele e disse: 
- Sim! Eu quero. Você está curado. 
No mesmo instante a lepra desapareceu. Então Jesus lhe deu esta ordem: 
- Escute! Não conte isso para ninguém, mas vá pedir ao sacerdote que examine você. Depois, a fim de provar para todos que você está curado, vá oferecer o sacrifício que Moisés ordenou. 
Mas as notícias a respeito de Jesus se espalhavam ainda mais, e muita gente vinha para ouvi-lo e para ser curada das suas doenças. Porém Jesus ia para lugares desertos e orava.
 
Comentário do Evangelho
Jesus deixa-se tocar
 
Jesus não veio para o "pequeno resto de Israel", como se consideravam as elites religiosas de Jerusalém. Os quatro evangelistas mencionam sempre a presença de Jesus entre as multidões, tanto de gentios como de judeus, acolhendo--as, deixando-se tocar por elas e as tocando, dirigindo-lhes a palavra e resgatando-lhes a vida e a dignidade. Um leproso se aproxima de Jesus e pede purificação. A lepra, caracterizada como impureza e não como doença, incorria nas exclusões legais. O leproso devia afastar-se da cidade, viver isolado, com vestes rasgadas e má aparência, e gritar: "Impuro, impuro.", e quem o tocasse também se tornaria impuro. Jesus toca o leproso, transgredindo a lei; porém, em vez de tornar-se impuro, é o leproso que se purifica. Jesus, compassivo, conscientemente despreza a estrutura religiosa legalista emanada do Templo de Jerusalém e das sinagogas, e reintegra o excluído pelo sistema legal religioso, infringindo preceitos e normas. 
 
Oração


Pai, que a oração me ajude a descobrir o verdadeiro sentido do serviço que presto ao Reino, de modo a coibir a tentação de ser contaminado pelo orgulho e pela soberba. 

Fonte:www.paulinas.org.br 
 

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Tecnologia do Blogger.