Saber-Literário

Diário Literário Online

As receitas não encontradas nos consultórios médicos

Postado por Rilvan Batista de Santana 17/01/2016

As receitas não encontradas nos consultórios médicos 

 
 
 
 
Fernanda Aranda, Editora Chefe

Caro leitor,

Apresento hoje a você três pessoas que carregam uma visão transformadora sobre a medicina. Dr. Roberto Franco do Amaral Neto, Dr. Leonardo Aguiar e Dr. Rodrigo Pagani não costumam frequentar o pedestal que uma parte dos especialistas ainda gosta de estar. Eles acreditam que a melhor receita para a boa saúde começa quando é possível falar de igual para igual com seus médicos, participando das decisões e definindo caminhos de cuidado e de prevenção. Para eles, a fórmula para evitar doenças, complicações e mal estar está no dia a dia e na casa dos seus pacientes e não somente dentro dos consultórios ou dos hospitais.

Por isso, foram escolhidos para serem consultores da Jolivi. A partir de agora, vão juntos contribuir colocando na era do compartilhamento as informações científicas, a experiência clínica e os hábitos que protegem corpo e mente.

O propósito do nosso encontro semanal, com a consultoria destes três médicos, é devolver para você e sua família o direito de gerenciar a própria saúde. São receitas que nem sempre frequentam as consultas médicas, mas que aqui serão partilhadas sem moderação.

Este jeito de cuidar dos outros foi construído pelos nossos médicos durante suas jornadas profissionais e pessoais. Apesar de serem jovens, eles detectaram muito cedo que as melhores trajetórias de cuidado eram percorridas por pessoas que não acreditavam em pílulas milagrosas e tinham as rédeas da própria saúde. Para eles, inclusive, a função do médico é auxiliar para que os pacientes estejam no comando.

Obesidade revelada

Nem sempre foi assim. Há cinco anos, por exemplo, você encontraria Dr. Roberto em uma rotina totalmente diferente. Ele estava mais próximo dos 30 do que dos 40 anos, já tinha o diploma médico em punho, tomava litros de café e apesar de ter menos compromissos do que tem hoje, vivia fatigado, estressado e sem tempo para os exercícios físicos. O dia a dia era condizente à atuação profissional.
Médico de emergências, ele era mais treinado a solucionar todo e qualquer problema que surgisse do que pensar em prevenção daquelas condições.

Foi então que Dr. Roberto mergulhou no mundo da nutrologia e detectou nas escolhas alimentares e nos nutrientes uma forma rápida, simples e prática de promover uma revolução em sua vida e na de seus pacientes.

Relembrou o bom e velho jeito de fazer medicina baseado na relação de confiança com as pessoas, assim com sempre fez o seu avô.

Resgatou os conselhos de boa comida, fresca e natural que, diariamente, eram levados à mesa por sua mãe e seu pai, também médico.

“O resultado é que tenho uma vida muito mais agitada hoje, mas durmo melhor, faço exercícios físicos até nos finais de semana, com mais vigor e menos dores, olhando a medicina pelo viés da saúde e não do problema”, comenta Dr. Roberto.

A experiência com mais de 3 mil pacientes o incentivou a estudar profundamente o fenômeno da obesidade. Muitas dessas surpreendentes descobertas, serão divididas a partir de hoje com os leitores Jolivi.

Verdadeira cirurgia plástica

Já Dr. Leonardo Aguiar encontrou um jeito próprio de olhar para a cirurgia plástica, caminho que decidiu trilhar como especialidade. Ele percebeu muito cedo que a insatisfação das pessoas com o próprio corpo nascia em suas negligências com outras áreas nem sempre associadas à estética.

Os descontentes, quase em maioria, procuravam o bisturi para soluções externas mas mantinham rotinas alimentares, de ingerência do estresse e de inatividade física, que sobrecarregava este ritmo, a parte interna do organismo, deixando rins, pâncreas, cérebro e coração exaustos, com impacto direto no espelho.

“As pessoas não acreditavam, mas antes de operar minhas pacientes, as ajudava na criação de um novo modelo de olhar para a própria vida e prometia desconto no valor a ser pago pela cirurgia, caso voltassem com menor percentual de gordura na consulta seguinte”, conta Dr. Leonardo completando que, em muitos casos, a cirurgia acabava não sendo mais necessária ou desejada, mas aquelas pessoas tornavam-se suas pacientes para sempre.

Esta maneira de colocar o paciente como ‘co-criador’ de sua saúde foi reconhecida internacionalmente como a “medicina do futuro” sendo apresentada por Aguiar na Nasa e na Singularity University.

De certa forma, tudo começou quando Dr. Leonardo percebeu que nenhum médico, salva seu paciente sozinho. “Meu pai morreu cedo demais, antes dos 60 anos, por complicações de um diabetes mal cuidado. Durante muito tempo, eu pensei o que eu poderia ter feito por ele para evitar aquele desfecho. Infelizmente, nem a melhor medicina é capaz de solucionar nada sozinha. Todos os resultados ficam comprometidos quando o paciente não faz a parte dele. Meu pai não colaborou.”

Família protegida

O médico Rodrigo Pagani também partilha da filosofia de que o gerenciamento do cuidado precisa ser debatido em família, sendo esta a sua bandeira.

Se apaixonou pela carreira médica aos 12 anos, convencido pelas aulas de biologia. Desde o início, Rodrigo Pagani já começou a sonhar com uma área de atuação em que pudesse ajudar mãe, pai, filhos e avós a cuidarem, em sintonia, da saúde.

Primeiro, ele cursou a especialidade da urologia que, apesar de ser mais lembrada na hora de falar em saúde do homem, oferece esta visão integral de pessoas de todos os sexos e idades.

Depois, Dr. Rodrigo Pagani se especializou em Reprodução Humana, com o propósito de que as pessoas ampliassem a chance de constituir a própria família. Nos estudos feitos no Brasil e no exterior identificou como os casais inférteis podem mostrar o quanto os hábitos de vida e as escolhas nutricionais são decisivas desde o planejamento familiar.

“Quando o autocuidado, com informação e conscientização, é introjetado, uma espécie de novo DNA saudável é formado, mudando a história de gerações e fazendo com que as famílias já nasçam com um novo paradigma sobre o cuidado de sua saúde”, diz ele.

Dicas de alimentos

A certeza de que a alimentação e os nutrientes são os melhores métodos de envelhecer com saúde, prevenir doenças e aumentar a disposição é um ponto em comum entre os consultores da Jolivi.

Pedi então que, neste nosso início, Dr. Roberto, Dr. Leonardo e Dr. Rodrigo listassem sugestões alimentares para vocês, que serão mais exploradas em nossos próximos encontros.

Dr. Roberto lembrou que não será possível vencermos a obesidade se não entrarmos na briga contra o cansaço e informou que gergelim, batata doce e abacate partilham de uma mesma composição “terapêutica” para dar saciedade e ampliar a disposição.


Dr. Leonardo citou as castanhas, a ameixa seca e a semente de chia como opções saudáveis, que têm baixo índice glicêmico e contribuem para que o cérebro seja um melhor gerente do organismo, fato que também vamos conversar mais adiante.

Dr. Rodrigo, por fim, pediu licença para falar da saúde da próstata, recomendando o ômega 3, componente encontrado em peixes como salmão e sardinha, já amplamente estudado pela medicina e com propriedades protetoras da saúde cardíaca de toda a família.

Gostou destas dicas?

Vamos falar melhor sobre todas elas

Receba amanhã um dossiê sobre a saúde cardíaca, com mais informações exclusivas no nosso Batida Certa.

Até já
 


 


0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

ALITA

DP

Tecnologia do Blogger.