Saber-Literário

Diário Literário Online

Uma canção - James Whitcomb Riley

Postado por Rilvan Batista de Santana 29/12/2015

Uma canção

O sol banha em todos os grãos,
 E o pássaro trina no pomar das árvores
 E dentro e fora, quando a calha solve a chuva
 As andorinhas fazem cri-cri incessantemente.

Há sempre uma música alhures, meu caro;
 Ser o céu por cima ou escuro ou justo,
 Há sempre uma música que o nosso peito pode ouvir--
 Há sempre uma música alhures, meu caro;
 Há sempre uma música alhures!

Há sempre uma música alhures, meu caro;
 Na meia noite negra ou azul do meio-dia:
 Os cantos dos pintarroxos quando o sol está aqui,
 E a cigarra pia a noite inteira.
 Os gomos podem arder, e os frutos podem desenvolver,
 E a queda das folhas de outono claramente murchas
 Mas se o sol e a chuva ou neve,
 Há sempre uma música alhures, meu caro;

Há sempre uma música alhures, meu caro;
 Ser o céu por cima ou escuro ou justo
 Há sempre uma música que o nosso peito pode ouvir--
 Há sempre uma música alhures, meu caro;
 Há sempre uma música alhures!

James Whitcomb Riley – Tradução Eric Ponty


Enviado por: Eric Tirado Viegas

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

ALITA

DP

Tecnologia do Blogger.