Saber-Literário

Diário Literário Online

O ROSTO DO BRASIL - Júlio Cezar de Oliveira Gomes

Postado por Rilvan Batista de Santana 29/12/2015

O ROSTO DO BRASIL

Pode parecer difícil para nós, brasileiros de hoje, desencantados com a política e com os tristes rumos que nossa sociedade parece ter escolhido, acreditar nisso, mas é verdade: O Brasil já foi símbolo da mais pura esperança e alegria, de vida nova e feliz, para milhões de pessoas que deixaram tudo, casa, roça, parte da família ou mesmo ela toda para realizar um sonho maravilhoso: Começar vida nova no Brasil.
Lembro-me de minha avó, nascida italiana, mas brasileira por adoção, opção e sentimento, que veio para cá no início da década de 1920, quando era ainda uma simples criança, dizer-me: - Meu filho, os cartazes que faziam a propaganda do Brasil na Itália eram lindos. Mostravam uma terra sempre verde, fértil e ensolarada, da qual se aproximava o navio, exaltando o sentimento de uma vida nova!
Anos depois, já homem feito, vi um cartaz destes em um livro de História do Brasil, e lembrei-me imediatamente de minha velha avó, entre surpreso e emocionado.
Os imigrantes, sobretudo nos anos finais do Século XIX e no Século XX, tinham o sonho de “fazer a América”, como diziam entre eles naquela época, e vinham, fosse para os Estados Unidos, para o Brasil, para a Argentina ou qualquer outro país americano, pois ninguém tinha bola de cristal para saber qual país daria certo e qual iria desvirtuar-se.
Batidos pelas guerras constantes do Velho Mundo, pelas conturbações sociais e políticas, pela falta de acesso à terra para plantar e criar, pelo clima adverso, que obrigava os camponeses a permanecerem meses a fio em suas casas geladas, cercados de neve por todos os lados, consumindo tão somente o pouco que haviam conseguido plantar e colher nas estações propícias, muitos deles tomavam a difícil mas necessária decisão de deixar suas terras e famílias, e partiam em direção ao sonho americano e ao desconhecido.
Traziam na bagagem, é certo, os conceitos e também os preconceitos da época e da sociedade donde provinham. Mas traziam, acima de tudo, uma vontade imensa de trabalhar, de disputar a vida no melhor sentido desta palavra, de empregar-se, de investir, de fixarem-se para criar raízes, filhos e um futuro que imaginavam radiante as custas do próprio trabalho, duro e digno.
Foi assim que recebemos japoneses e eslavos, libaneses e portugueses, alemães e mais milhares de pessoas de outras nacionalidades, juntamente com suas famílias.
Vovó contou-me que viera da Itália e que, entre outras novidades, jamais havia visto alguém negro. Desembarcara no Rio de Janeiro, onde o pai fora trabalhar em uma fábrica em Mendes, no interior daquele estado.
Certa feita, ao ficar sozinha na humilde casa operária, da qual o pai se ausentara para o trabalho e a mãe para afazeres domésticos em locais próximos, ouviu baterem à porta. Desconfiada, lembrando-se das recomendações que a mãe lhe dera, ela, criança recém chagada ao Brasil, abriu-a cautelosamente.
A cena que veio a seguir ficaria estampada para sempre em sua alma. Ao atender viu-se diante de um menino negro, muito negro. Surpresa, de olhos arregalados, o ouviu pronunciar palavras em português, das quais ela não compreendia absolutamente nada.
O menino, percebendo que suas palavras não faziam sentido algum para a ouvinte, pegou então uma fruta no cesto e a abriu. Uma fruta verde por fora e surpreendentemente amarela por dentro, como ela nunca vira na fria Europa!
A menina ficou extasiada ao ver o menino negro, que lhe sorria com dentes brancos e perfeitos, com a manga verde e amarela próxima ao rosto feliz, sem saber que estampava na alma dela a impressão que ela carregaria consigo até os últimos dias de sua vida, como sendo a imagem mais perfeita do Brasil.



Autor: Júlio Cezar de Oliveira Gomes. e-mail: juliogomesartigos@gmail.com

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Tecnologia do Blogger.