Saber-Literário

Diário Literário Online

O PRIMEIRO POETA - Mírian Warttusch

Postado por Rilvan Batista de Santana 08/11/2015

O PRIMEIRO POETA 


Quero falar do primeiro Sonhador… Do romântico Poeta, que antes de todos fez seu verso; Não somente sonhou, como tornou real Seu grande sonho, Criando, infindável, o Universo! E em meio as trevas sombrias, que antes imperavam, Tudo eclodiu, fantástico, esplendente! E na explosão estrondosa, do imensurável “Big Bang”, Galáxias bailaram em caracóis fulgentes! Planetas e astros formaram as constelações E demarcaram o céu em grupos majestosos! Mas… Menina dos olhos de Deus, girou tão graciosa A Terra Azul, com seus tesouros fabulosos! Estava iluminado o grande abismo…O primeiro dia nasceu… Nasceu o Sol… nasceu também a Estrela Matutina… Florestas se fizeram verdes… Na encosta dos montes, Jorraram veios de água cristalina; Fontes de vida perene, termas, gêiseres, enfim, Cascatas, rios e mares correram e se condensaram. -Riqueza hídrica, um bem tão farto e precioso- E nessas águas, doces ou salgadas, mil seres habitaram. Por entre os arco-íris, abriram-se miríades de flores, Saborosos frutos despontaram com fartura; Rica, a biodiversidade emanou em cores, Dando também som e forma a cada planta, a cada criatura. O primeiro pássaro cantou… Um outro acompanhou… E ouviram-se as vozes de tantos outros pequenos animais; Serenata de cigarras… rugir de grandes feras Tudo formou-se com encanto… Deus sonhou demais! Remanescentes do etéreo, ambiências diversas se criaram para a sincronia perfeita e sucessiva das Quatro Estações; E assim, composta em versos sonoros, plenos de magia, A sinfonia do amor estava escrita em notas e sermões. Faltava, entanto, alguém, no Paraíso Azul deste Planeta, Terra aprazível e tão linda, qual fora uma miragem! E a Face de Deus, como a conheceríamos, não fosse Através da criação do homem, Sua própria imagem? Num sopro de vida, lhe deu poder, inteligência e força! Inexplicável e perfeita, Sua Obra de mistérios insondáveis… Tudo foi criado… E todos os seres se proliferaram… Mas, nem todos os homens foram gratos ou amáveis; E a Terra Azul hoje se sente frágil, chora… A natureza toda, enfraquecida, clama por vingança! O homem se tornou cruel, ambicioso e vil, E a Terra sente falta do seu filho quando ainda era criança. Não entende porque agora o homem, A quem tudo foi tão grandemente, de mãos abertas concedido, Agride o próprio meio em que vive! Não sabe, louco, Que por ferir a natureza, um dia tombará também, ferido? A natureza se exaure! Não consegue repor as suas perdas, O que lhe foi tirado em meio a esse conflito. Tenhamos consciência de parar enquanto é tempo, Pois preservar a vida, traz a paz… e o mundo fica mais bonito! G E N E S I S Gênesis… a criação de todo o Universo, de todos os seres vivos ou inanimados, da forma mais poética e deslumbrante! Uma sinfonia de amor sem precedentes… o Criador se extasia diante do Planeta Terra ! 

Mírian Warttusch .

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

ALITA

DP

Tecnologia do Blogger.