Saber-Literário

Diário Literário Online

Primeira mensagem marciana! Antonio Nunes de Souza*

Postado por Rilvan Batista de Santana 30/09/2015

Primeira mensagem marciana!
Antonio Nunes de Souza*

Causou, como era de se esperar, o maior alvoroço na mídia mundial a captação da primeira mensagem que o cientista de computação Andrezinho Nogueira, que hoje depois dos seus cursos interplanetários a distância, mudou o seu nome, logicamente para valorizar seu status e currículo, para Andrews Nogueirowiky! Com certeza, com esse expressivo nome, seu conceito internacional passou a ter uma maior respeitabilidade e credibilidade, alcançando os patamares dos maiores pesquisadores cientistas até hoje conhecidos!
Na frente da sua mansão a multidão de TVs, rádios, helicópteros sobrevoando, milhares de repórteres, políticos e curiosos, parecia até que era a cobertura de um clássico Brasil X Argentina, na decisão da Copa do mundo, e que os “Hermanos” entrariam em campo com o Papa Francisco na defesa para parar, milagrosamente, Neymar!
Na hora aprazada, sem atrasar um minuto si quer como é habitual em suas divulgações de descobertas ou invenções, entra o doutor “honoris causas e sem causas”, Andrews Nogueirowiky, tendo ao seu lado seu Assessor Técnico Especial Theodoro, ambos ladeados por Dilma e Obama. Nem precisa dizer que os aplausos foram calorosos e ininterruptos, como se fosse, também, a animada e barulhenta assistência do Rock in Rio, Excetuando numa ala da direita da rua, onde um grupo do PSDB liderado pelo senador Aécio Neves e uma quantidade de baderneiros contratados para tumultuar o clima de alegria, felicidade e avanço tecnológico. Fora esses desmancham prazeres de sempre, o clima era invejável!
A primeira pessoa a falar nas centenas de microfones em sua frente, com traduções simultâneas para todas as línguas e dialetos conhecidos e desconhecidos, foi a presidenta que, com um sorriso sem graça, deve ter lido lá no fundo, algumas faixas escritas em letras garrafais: FORA DILMA! Com certeza deve ter vindo a sua cabeça uma inevitável frase que ela engole calada sem poder gritar: Esse Aécio é um fdp!
Mas, com sua pujança e coragem, talvez adquirida nas agruras que passou nas prisões, torturas e exílios, começou o seu discurso:
“Podemos dizer que o nosso país está glorificado com a honra do que aconteceu, com a descoberta de água em Marte, salobra e potável, nos dando a oportunidade de darmos a volta por cima, por baixo e pelo meio, voltando a Petrobrás a ter o seu destaque bem superior ao passado! A razão os senhores saberão com clareza, quando o cientista Dr. Andrews declarar o diálogo com o Ministro das Minas e Energia de Marte. Os aplausos vieram abaixo, o maior zum zum zum pela curiosidade, e aí Obama, numa linguagem simples, apenas falou: Se Lula é o cara, essa mulher é a coroa! Entre risos e aplausos, Dilma pensava apenas: “Que FDP, me chamou de velha. Mas, a intenção dele, com certeza, é de me prestigiar!”
Aí, para o deleite monumental do mundo naquele momento, Andrezinho ajeita o paletó e começa a falar:
Prezados e queridos senhores, tenho que, antes de tudo, dar uma ideia de como consegui tal proeza de me comunicar com um planeta da nossa galáxia, colhendo um contato enriquecedor para o mundo e, principalmente, para o Brasil. O povo enlouquecia com palmas e gritos, piscando seus multe coloridos celulares, como se fosse uma apresentação do Queen, antes da morte o seu fabuloso cantor Fred Mercury! Simplificando, vou me ater apenas a alguns detalhes. Iniciei com um cruzamento de uma placa mãe viúva com uma placa pai que acabei de criar, coloquei algumas partículas de placas que viraram lésbicas depois que queimaram, moléculas de HDs homossexuais (bicha vai longe, meu filho) e, como um milagre, consegui elaborar um aplicativo que alcança distâncias inacreditáveis no sistema solar E aí, assim que liguei e apontei para Marte, peguei logo de cara a rádio Globomarte (porra, até em Marte essa rede nos persegue) tocando a antiga música Marcianita na parada de sucessos. O locutor, percebendo a intromissão de uma comunicação externa e longínqua, ligou para o departamento de Comunicação Universal e, prontamente, mandaram o Ministro de Minas e Energia Marciano, para se comunicar, pois, naquela altura, já sabiam que era do Brasil, lugar onde seus interesses são, economicamente, importantes.
Então, Andrews, sem pestanejar e sem medo de ser feliz, disse: Boa noite Ministro, espero que entenda nossa língua para conversarmos algo! -Eu não falar bem a português, mas posso me comunicar com vocês!
-Legal! Então diga em que podemos ajudar esse maravilhoso planeta e como podemos trocar ajudas e informações!
-Nosso interesse no momento é conseguir com a presidenta Dilma uma franquia para explorarmos petróleo nos nossos mares de sal, usando a tecnologia que está bombando no Brasil, deixando todos eufóricos e felizes!
Logo ouviu-se o grito de Neguinho da Beija Flor: “Olhe o pré sal aí gente”! E os tambores da Escola de Samba da Mangueira entraram pesados e fortes com suas sambistas rebolando tanto que parecia que as bundas eram de molas aspirais. Imagino que os anus ficam tontos e enjoados de tantos corrupios e requebrados!
-Temos aqui montanhas de ouro, diamantes em quantidades e podemos fazer um intercâmbio como pagamento dessa nossa parceria. Apenas não queremos a participação da turma do “Lava Jato”, dos vinte e um partidos envolvidos, porque aqui ainda somos honestos e não queremos diretores ou ministros contaminados!
A Presidenta Dilma, num salto de lado parecendo uma perereca, pegou o microfone central e gritou: Por mim e por meu governo, está fechada a operação!
Meu irmão, foi gritos e desmaios, todos os pobres presentes já pensando em morar no Leblon ou Copacabana com o novo projeto que surgiria com tanta grana: “Meu duplex, minha vista”! Com uma Mercedinha na garagem!
A essa altura, todos corriam para seus jornais e emissoras, levando a gravação do dialogo extra terrestre, cada um querendo ser o primeiro a noticiar esse acontecimento, talvez, jamais esperado.
O Presidente Obama, fechou com chave ouro dizendo que estaria disponibilizando alguns bilhões de dólares para a construção do foguete marciano com a comitiva para a assinatura do contrato. E que acabava de receber uma mensagem em seu celular de um personagem chamada Paulo Maluf, desejando pilotar a nave, pois ele tinha brevê! Veja se pode Meu Deus!


*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras – AGRAL - antoniodaagral26@hotmail.com

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Tecnologia do Blogger.