Saber-Literário

Diário Literário Online

A missão dos doze apóstolos Lc 9, 1-6

Postado por Rilvan Batista de Santana 25/09/2015

A missão dos doze apóstolos
Lc 9, 1-6
Jesus chamou os doze discípulos e lhes deu poder e autoridade para expulsar todos os demônios e curar doenças. Então os enviou para anunciarem o Reino de Deus e curarem os doentes. Ele disse: 

- Nesta viagem não levem nada: nem bengala para se apoiar, nem sacola, nem comida, nem dinheiro, nem mesmo uma túnica a mais. Quando vocês entrarem numa cidade, fiquem na casa em que forem recebidos até irem embora daquele lugar. Mas, se forem mal recebidos, saiam logo daquela cidade. E na saída sacudam o pó das suas sandálias, como sinal de protesto contra aquela gente. 
Os discípulos então saíram de viagem e andaram por todos os povoados, anunciando o evangelho e curando doentes por toda parte.
Comentário do Evangelho

Jesus envia seus discípulos
Os discípulos de Jesus, a partir de seu chamado, vão, progressivamente, sendo integrados por Jesus em seu ministério. A tarefa missionária desenvolve-se em três momentos: convocação (chamado), outorga de poder e envio para o anúncio. Jesus envia seus discípulos despojados de tudo. Semelhante despojamento podia ser encontrado entre os "carismáticos errantes", filósofos ou seus discípulos, que eram figuras conhecidas entre os gregos. Aí representavam a simples rejeição da maneira de viver da sociedade grega, acomodada e elitista. Para os discípulos de Jesus é diferente. Eles devem seguir despojados, entregues à providência daqueles que encontrarão nas casas, pelos caminhos. Pode-se considerar que se trata de um critério de seleção. Aqueles que se sensibilizarem e os acolherem estarão aptos para se integrarem, de imediato, no conjunto do discipulado, formando novas comunidades. 

O sucesso da missão resulta da confiança e auto-entrega dos enviados e da acolhida amorosa por parte dos destinatários, disponíveis para a solidariedade e para a comunhão.

Oração

Pai, tendo recebido a tarefa de continuar a missão de Jesus, ensina-me a imitá-lo tanto no modo de ser e de pregar, quanto na pobreza e na coragem de enfrentar a rejeição. 

Fonte:www.paulinas.org.br 

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

ALITA

DP

Tecnologia do Blogger.