Saber-Literário

Diário Literário Online

Diferença entre por que, por quê, porque e porquê

Postado por Rilvan Batista de Santana 05/07/2015

Diferença entre por que, por quê, porque e porquê
Veja neste artigo a diferença entre por que e por quê, quando escrito separado e entre porque e porquê, quando escrito junto, com ou sem acento. Saber a diferença entre os porquês é uma tarefa que exige entendimento para que não haja dúvidas. Com os exemplos a seguir isto pode ser esclarecido com maior clareza.
Por que
Desta forma, por que é a união da preposição “por” + o pronome interrogativo “que”, podendo ser substituído por “por qual razão” ou “ por qual motivo” ou “pelo qual” Geralmente é o que se usa antes do ponto de interrogação.
Exemplos:
Por que você não gosta de mim? (por qual motivo?)

Não sei por que você não gosta de mim. (por qual razão)
Não sei por que motivo você não gosta mais de mim ( pelo qual)
Por que você não fala mais comigo? (por qual razão)

Por quê
Pode ser substituído por “por qual motivo”, “por qual razão”, mas quando vier antes de um ponto de interrogação, no final de uma frase.
Exemplos:
Você não gosta mais de mim? Por quê?

Juliana, você não fez a prova, por quê?
Você faz isto comigo, por quê?
Por que você não gosta mais de mim? (No inicio da frase é separado, mas sem acento)

Porque
Aqui a palavra torna-se uma conjunção explicativa ou causal, podendo ser substituída por “pois”, “uma vez que”. “para que”.
Exemplos:
Não gosto mais de João porque ele me traiu. (“porque” exerce uma função explicativa”,pode ser substituído por “pois”)

Não deseja o mal porque ele retornará a você mesmo. (= pois).
Faço isto com você porque a cada dia que passa tem se tornado um covarde. (“pois” você tem se tornado um covarde)

Porquê
A palavra neste caso é um substantivo, e seu substituto será “o motivo”, “a razão”.  Basta substituir por uma destas e fará sentido.
Exemplos:
O porquê de não mais lhe amar é porque você me traiu. (substituindo porquê por “o motivo” faz sentido.
O “porquê” sempre virá acompanhado de um artigo, pronome, adjetivo ou numeral.

Diga-me um porquê para ficar com você.  (uma razão)

Estranho porquê, mas o amor é assim mesmo. (estranho = adjetivo/ estanha razão)
Meu porquê não te interessa (meu= pronome/minha razão não te interessa).
O porquê desta discussão não me afetou em nada. ( o motivo).

FONTE: GOOGLE

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

ALITA

DP

Tecnologia do Blogger.