Saber-Literário

Diário Literário Online

Jesus acalma uma tempestade Mc 4, 35-41

Postado por Rilvan Batista de Santana 27/06/2015

Jesus acalma uma tempestade
Mc 4, 35-41
 
Naquele dia, de tardinha, Jesus disse aos discípulos: 
- Vamos para o outro lado do lago. 
Então eles deixaram o povo ali, subiram no barco em que Jesus estava e foram com ele; e outros barcos o acompanharam. De repente, começou a soprar um vento muito forte, e as ondas arrebentavam com tanta força em cima do barco, que ele já estava ficando cheio de água. Jesus estava dormindo na parte detrás do barco, com a cabeça numa almofada. Então os discípulos o acordaram e disseram: 
- Mestre! Nós vamos morrer! O senhor não se importa com isso? 
Então ele se levantou, falou duro com o vento e disse ao lago: 
- Silêncio! Fique quieto! 
O vento parou, e tudo ficou calmo. Aí ele perguntou: 
- Por que é que vocês são assim tão medrosos? Vocês ainda não têm fé? 
E os discípulos, cheios de medo, diziam uns aos outros: 
- Que homem é este que manda até no vento e nas ondas?!
 
Comentário  do  Evangelho
Os discípulos questionam entre
 si a natureza da missão
de Jesus
 
Após o período inicial de seu ministério pela Galileia, Jesus se volta também aos territórios gentílicos vizinhos. A expressão "Passemos para a outra margem" significa a nova meta do anúncio do Reino, na outra margem do mar galileu. Na narrativa da travessia do mar, temos um "milagre da natureza", com a curiosa imposição de silêncio ao vento. Há o contraste entre a tranquilidade de Jesus e a angústia e perturbação dos discípulos diante do mar agitado. Jesus dá andamento a sua proclamação, ao enfrentar serenamente os conflitos oriundos de seus adversários. Contudo, os discípulos estão atemorizados ante esse novo contexto criado por Jesus, em particular agora em que vão para missão em território exclusivamente gentio. Ele, provocativamente, questiona-os quanto a seu medo e falta de fé. Por sua vez, os discípulos questionam entre si a natureza da missão de Jesus. 
 
Oração

Pai, concede-me uma fé profunda que permita manter-me sereno em meio às tribulações desta vida, certo de que está comigo o Senhor. 
 
Fonte:www.paulinas.org.br 
 
 


A Bíblia é a Palavra de Deus.
"Passará o céu e a terra,
porém as minhas palavras
não passarão."
(Lucas 21:3)

0 comentários

Postar um comentário

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

ALITA

DP

Tecnologia do Blogger.