Saber-Literário

Diário Literário Online

SAUDADES DO AMOR QUE NÃO HOUVE...

Postado por Rilvan Batista de Santana 20/05/2015

SAUDADES DO AMOR QUE NÃO HOUVE...

Oi, amor, hoje acordei
com uma enorme saudade de ti.
Confesso: até chorei...

Tantas lembranças! O beijo apaixonado,
sob o luar da rua antiga de São Luís!
O teu beijo, amor, que nunca me foi dado...

Ah, que saudades! Quando de ti (nunca) ouvia
o “Eu te amo”, tão doce e terno,
que inda hoje ecoa na minha persistente fantasia...

Te lembras do nosso sexo de luxúria vária
entre bocas famintas e suspiros desmaiados?
Claro, não lembras! Era na minha alcova imaginária...

De ti com saudade acordei e para ti componho,
de novo, estes versos tão doloridos e estranhos
para alguém que foi apenas um sonho...

Mas, por quê, te pergunto, me fizeste
acordar hoje com esta incontida saudade
do teu amor que nunca me deste?















Fonte: Antonio Maria S Cabral
Recanto das Letras

0 comentários

Postar um comentário

Este blog contribui para cultura e informação?

Recomende este blog!!!

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Perfil

Perfil
Administrador

Perfil

Perfil
Antônio Cabral Filho - Escritor e coadministradores

Estatística Google (Visualizações)

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

ALITA

DP

Tecnologia do Blogger.