Saber-Literário

Diário Literário Online

HEMORRÓIDAS

Postado por Rilvan Batista de Santana 23/03/2013


HEMORRÓIDAS, só sabe quem fez. Só quem passou por isso entende esta crônica do Grande Veríssimo.

Google
HEMORRÓIDAS... ARDEM!!!

Ptolomeu em 150 D.C. falava que a terra era o centro do universo e que tudo girava em torno dela, foram precisos cerca de 1400 anos para esta teoria ser rebatida por Nicolau Copérnico provando para a humanidade que o Sol sim, era o centro.

Eu, simplesmente eu, descobri em apenas três dias, após 56 anos, que ambos estavam redondamente enganados: o centro do universo é o cu. Isso mesmo, o cu!

Operei das hemorróidas em caráter de urgência algumas semanas atrás. No domingo à noitinha, o que achava que seria um singelo peidinho, quase me virou do avesso.

É difícil, mas vamos ver se reverte, falou meu médico. Reverteu coisa nenhuma, era mais fácil o Lula aceitar que sabia do mensalão do que aquela terrível bolinha (?) dar o toque de recolher.

Foram quase duas horas de cirurgia e confesso não senti nadica de nada, nem se me enrabaram durante minha letargia!

Dois dias de hospital, passei bem embora tenham tentado me afogar com tanto soro que me aplicaram, foram litros e litros; recebi alta e fui repousar em casa. Passados os efeitos anestésicos e analgésicos, vem a primeira vez.

PUTA QUI PARIU!!!

Parece que  esta saindo um croquete de figo da Índia, casca de abacaxi, concha de ostra e arame farpado. É um autoflagelo.

Parece que você tá cagando uma briga de cinco gatos, sai arranhando tudo Defequei de pé, pois sentado achei que o cu ia junto...

Por uns três dias doem tanto que você não imagina uma coisinha tão pequena e com um nome tão reduzido (cu) possa doer tanto. O tamanho da

dor não é proporcional ao tamanho do nome, neste caso, cu deveria chamar dobrovosky, tegulcigalpa, Nabucodonosor.

Passam pela cabeça soluções mágicas:

- Usar um ventilador! Só se for daqueles túneis aerodinâmicos.

- Gelo! Só se eu fosse escorregar pelado por uma encosta do Monte Everest.

- Esguichinho d'água! Tem que ser igual a da Praça da Matriz, névoa seguida de jatos intercalados.

Descobri também que somos descendentes diretos do bugio, porque você fica andando como macaco e com o cu vermelho; qualquer tosse, movimento inesperado, virada mais brusca, o cu dói, e como!

Para melhorar as idas à privada, recomenda-se dieta na base de fibras, foi o que fiz: comi cinco vassouras piaçaba, um tapete de sisal e sete metros de corda. Agora sei o sentido daquela frase: quem tem medo de defecar não come!

Tudo valeu, agora já estou bem, evacuando como manda o figurino, não preciso pensar para peidar, o cu ficou afinado em ré menor, uma beleza!

A foda é que usei Modess por 20 dias após a cirurgia e hoje to sentindo falta dele! Meu Deus!

Autor: Luiz Fernando Veríssimo
 Enviado por Edilson José de Santana – Salvador (BA)

Nota: Recebi este texto  como de autoria de Luiz Fernando Veríssimo se não for de sua autoria, o equívoco será corrigido, contato por e-mail. 

1 Responses to HEMORRÓIDAS

  1. Osorio Says:
  2. O verdadeiro genio literario domina qualquer assunto.

     

Postar um comentário

Postagens populares

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Minha lista de blogs

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Diário Online

Diário Online
rilvan.santana@yahoo.com.br

Patrono

Patrono

Perfil

Perfil
Prof. Rilvan Batista de Santana - Administrador

Google Visualizações

Google Tradutor

PARCERIAS

Bookess

ABL

R. Letras

DP

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.

Links de livros, crônicas, contos, cartas, etc.
Todos os nossos textos, abaixo, estão licenciados no Creative Commons no site Recanto das Letras.
Tecnologia do Blogger.