Lira V
Oh! quanto pode em nós a vária Estrela!
Que diversos que sâo os gênios nossos!
Qual solta a branca vela,
E afronta sobre o pinho os mares grossos;
Qual cinge com a malhar o peito duro,
E marchando na frente das coortes,
Faz a torre voar, cair o muro.

O sórdido avarento em vão defende
Que possa o filho entrar no seu tesouro:
Aqui fechado estende
Sobre a tábua, que verga, as barras d'ouro.
Sacode o jogador do copo os dados;
E numa noite só, que ao sono rouba,
Perde o resto dos bens, do pai herdados.

O que da voraz gula o vício adora,
Da lauta mesa os seus prazeres fia.
E o terno Alceste chora
Ao som dos versos, a que o gênio o guia.
O sábio Galileu toma o compasso,
E sem voar ao Céu, calcula, e mede
Das Estrelas, e Sol o imenso espaço.

Enquanto pois, Marília, a vária gente
Se deixa conduzir do próprio gosto,
Passo as horas contente
Notando as graças do teu lindo rosto.
Sem cansar-me a saber se o Sol se move;
Ou se a terra volteia, assim conheço
Aonde chega o poder do grande Jove.

Noto, gentil Marília, os teus cabelos;
E noto as faces de jasmins, e rosas:
Noto os teus olhos belos,
Os brancos dentes, e as feições mimosas:
Quem fez uma obra tão perfeita, e linda,
Minha bela Marília, também pode
Fazer os Céus, e mais, se há mais ainda.

O que se deve saber sobre a Eucaristia: São Pio X responde

.A SANTÍSSIMA EUCARISTIA - Catecismo Maior de São Pio X
.
1. Da natureza da Santíssima Eucaristia e da presença real de Jesus neste Sacramento
.
A Eucaristia é um Sacramento que, pela admirável conversão de toda a substância do pão no Corpo de Jesus Cristo, e de toda a substância do vinho no seu precioso Sangue, contém verdadeira, real e substancialmente o Corpo, Sangue, Alma e Divindade do mesmo Jesus Cristo Nosso Senhor, debaixo das espécies de pão e de vinho, para ser nosso alimento espiritual.
.
Na Eucaristia está verdadeiramente o mesmo Jesus Cristo que está no Céu e que nasceu, na terra, da Santíssima Virgem Maria.
.
Eu acredito que no Sacramento da Eucaristia está verdadeiramente presente Jesus Cristo porque Ele mesmo o disse, e assim no-lo ensina a Santa Igreja.
.
A matéria do Sacramento da Eucaristia é a que foi empregada por Jesus Cristo, a saber: o pão de trigo e o vinho de uva.
.
A forma do Sacramento da Eucaristia são as palavras usadas por Jesus Cristo: ‘Isto é o meu Corpo; este é o meu Sangue’.
.
A hóstia antes da consagração é pão de trigo. Depois da consagração, a hóstia é o verdadeiro Corpo de Nosso Senhor Jesus Cristo, debaixo das espécies de pão.
.
No cálice antes da consagração está vinho com algumas gotas de água. Depois da consagração, há no cálice o verdadeiro Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo, debaixo das espécies de vinho.
.

A conversão do pão no Corpo e do vinho no Sangue de Jesus Cristo faz-se precisamente no ato em que o sacerdote, na Santa Missa, pronuncia as palavras da consagração.
.
A consagração é a renovação, por meio do sacerdote, do milagre operado por Jesus Cristo na última Ceia, quando mudou o pão e o vinho no seu Corpo e no seu Sangue adorável, por estas palavras: ‘Isto é o meu Corpo; este é o meu Sangue’.
.
Esta miraculosa conversão, que todos os dias se opera sobre os nossos altares, é chamada pela Igreja transubstanciação.
.
Foi o mesmo Jesus Cristo Nosso Senhor, Deus onipotente, que deu tanta virtude às palavras da consagração.
.
Depois da consagração ficam só as espécies do pão e do vinho. Dizem-se espécies a quantidade e as qualidades sensíveis do pão e do vinho, como a figura, a cor e o sabor.
.
As espécies do pão e do vinho ficam maravilhosamente sem a sua substância por virtude de Deus Onipotente.
.
Tanto debaixo das espécies de pão, como debaixo das espécies de vinho, está Jesus Cristo vivo e todo inteiro com seu Corpo, Sangue, Alma e Divindade.
.
Tanto na hóstia como no cálice está Jesus Cristo todo inteiro, porque Ele está na Eucaristia vivo e imortal como no Céu; por isso onde está o seu Corpo, está também o seu Sangue, sua Alma e sua Divindade; e onde está seu Sangue está também seu Corpo, sua Alma e Divindade, pois tudo isto é inseparável em Jesus Cristo.
.
Quando Jesus está na hóstia, não deixa de estar no Céu, mas encontra-se ao mesmo tempo no Céu e no Santíssimo Sacramento.
.
Jesus Cristo está em todas as hóstias consagradas por efeito da onipotência de Deus, a quem nada é impossível. Quando se parte a hóstia, não se parte o Corpo de Jesus Cristo, mas partem-se somente as espécies do pão.
.
O Corpo de Jesus Cristo fica inteiro em todas e em cada uma das partes em que a hóstia foi dividida. Tanto numa hóstia grande como na partícula de uma hóstia, está sempre o mesmo Jesus Cristo.
.
Conserva-se nas igrejas a Santíssima Eucaristia para que seja adorada pelos fiéis, e levada aos enfermos, quando necessário.
.
A Eucaristia deve ser adorada por todos, porque Ela contém verdadeira, real e substancialmente o mesmo Jesus Cristo Nosso Senhor.
.
2. Da instituição e dos efeitos do Sacramento da Eucaristia
.
Jesus Cristo instituiu o Sacramento da Eucaristia na Última Ceia que celebrou com seus discípulos, na noite que precedeu sua Paixão. Jesus Cristo instituiu a Santíssima Eucaristia por três razões principais:
 .
1. para ser o sacrifício da Nova Lei;
2. para ser alimento da nossa alma;
3. para ser um memorial perpétuo da sua Paixão e Morte, e um penhor precioso do seu amor para conosco e da vida eterna.
.
Jesus Cristo instituiu este Sacramento debaixo das espécies de pão e de vinho porque a Eucaristia devia ser nosso alimento espiritual, e era por isso conveniente que nos fosse dada em forma de comida e de bebida.
.
Os principais efeitos que a Santíssima Eucaristia produz em quem a recebe dignamente são estes:
 .
1. conserva e aumenta a vida da alma, que é a graça, assim como o alimento material sustenta e aumenta a vida do corpo;
2. perdoa os pecados veniais e preserva dos mortais;
3. produz consolação espiritual.
.
A Santíssima Eucaristia produz em nós outros três efeitos, a saber:
 .
1. enfraquece as nossas paixões, e em especial amortece em nós o fogo da concupiscência;
2. aumenta em nós o fervor e ajuda-nos a proceder em conformidade com os desejos de Jesus Cristo;
3. dá-nos um penhor da glória futura e da ressurreição do nosso corpo.
  .
3. Das disposições necessárias para bem comungar
.
Para fazer uma comunhão bem feita, são necessárias três coisas:
 .
1. estar em estado de graça;
2. estar em jejum desde a meia-noite até o momento da comunhão* (*esta lei não está mais em vigor, bastanto, atualmente, o jejum de uma hora);
3. saber o que se vai receber e aproximar-se da sagrada comunhão com devoção”;
.
“Estar em estado de graça” quer dizer: ter a consciência limpa de todo o pecado mortal.
.
Quem sabe que está em pecado mortal deve fazer uma boa confissão antes de comungar; porque para quem está em pecado mortal, não basta o ato de contrição perfeita, sem a confissão, para fazer uma comunhão bem feita.
.
A Igreja ordenou, em sinal de respeito a este Sacramento, que quem é culpado de pecado mortal não ouse receber a Comunhão sem primeiro se confessar.
.
Quem comungasse em pecado mortal receberia a Jesus Cristo, mas não a sua graça; pelo contrário, cometeria sacrilégio e incorreria na sentença de condenação.
.
O jejum eucarístico consiste em abster-se de qualquer espécie de comida ou bebida (exceto a água natural). Quem engoliu restos de comida presos aos dentes pode comungar, porque já não são tomados como alimentos ou perderam tal condição.
.
Comungar sem estar em jejum é permitido aos doentes que estão em perigo de morte, e aos que obtiveram permissão especial do Papa em razão de doença prolongada.
.
A comunhão feita pelos doentes em perigo de morte chama-se Viático, porque os sustenta na viagem que eles fazem desta vida à eternidade.
.
“Saber o que vai receber” quer dizer: conhecer o que ensina com respeito a este Sacramento a Doutrina Cristã e acreditá-lo firmemente.
.
“Comungar com devoção” quer dizer: aproximar-se da sagrada Comunhão com humildade e modéstia,

tanto na própria pessoa como no vestir, e fazer a preparação antes e a ação de graças depois da Comunhão.
.
A preparação antes da Comunhão consiste em nos entretermos algum tempo a considerar quem é Aquele que vamos receber e quem somos nós; e em fazer atos de fé, de esperança, de caridade, de contrição, de adoração, de humildade e de desejo de receber a Jesus Cristo.
.
A ação de graças depois da Comunhão consiste em nos conservarmos recolhidos a honrar a presença do Senhor dentro de nós mesmos, renovando os atos de fé, de esperança, de caridade, de adoração, de agradecimento, de oferecimento e de súplica, pedindo sobretudo aquelas graças que são mais necessárias para nós e para aqueles por quem somos obrigados a orar.
.
No dia da Comunhão deve-se manter, o mais possível, o recolhimento, e ocupar-se em obras de piedade, bem como cumprir com grande esmero os deveres de estado.
.
Depois da sagrada Comunhão, Jesus Cristo permanece em nós com a sua graça enquanto não se peca mortalmente; e com a sua presença real permanece em nós enquanto não se consomem as espécies sacramentais.
.
4. Da maneira de comungar
.
No ato de receber a sagrada Comunhão, devemos estar de joelhos, com a cabeça medianamente levantada, com os olhos modestos e voltados para a sagrada Hóstia, com a boca suficientemente aberta e com a língua um pouco estendida sobre o lábio inferior.
.
Senhoras e meninas devem estar com a cabeça coberta.
.
A toalha ou a patena da Comunhão deve-se segurar de maneira que recolha a sagrada Hóstia, caso ela venha a cair.
 .
Devemos procurar engolir a sagrada Hóstia o mais depressa possível, e convém abster-nos de cuspir algum tempo. Se a sagrada Hóstia se pegar ao céu da boca, é preciso despegá-la com a língua, nunca porém com os dedos.
 .
5. Do preceito da comunhão
.
Há obrigação de comungar todos os anos pela Páscoa, na própria paróquia, e, além disso, em perigo de morte. O preceito da Comunhão pascal começa a obrigar na idade em que a criança é capaz de recebê-la com as devidas disposições.
.
Aqueles que, tendo a idade capaz para serem admitidos à Comunhão, não comungam, ou porque não querem ou porque não estão instruídos por sua própria culpa, pecam sem dúvida.
.
Pecam igualmente os seus pais, ou quem lhes faz as vezes, se o adiamento da Comunhão se dá por sua culpa, e hão de dar por isso severas contas a Deus.
.
É coisa ótima comungar freqüentemente e até todos os dias, contanto que se faça com as devidas disposições. Pode-se comungar tão freqüentemente quanto o permita o conselho de um confessor piedoso e douto.

Associação Apostolado Sagrado Coração de Jesus


Fonte: Facebook

Fonte: João de Paula




Capítulo 266


ENQUANTO dispuser de tempo, nesta Terra, dirija seus passos pela senda do bem. Procure agir, fazer sempre alguma coisa em benefício de alguém, embora seja apenas uma palavra de conforto, um gesto de carinho, um sorriso de incentivo. Faça alguma coisa em favor do próximo, e terá o coração cheio de alegria e de felicidade.

Do livro MINUTOS DE SABEDORIA, de C. Torres Pastorino
Ed. Vozes

A semente de mostarda
Mt 13, 31-35
 
Jesus contou outra parábola. Ele disse ao povo: 
- O Reino do Céu é como uma semente de mostarda, que um homem pega e semeia na sua terra. Ela é a menor de todas as sementes; mas, quando cresce, torna-se a maior de todas as plantas. Ela até chega a ser uma árvore, de modo que os passarinhos vêm e fazem ninhos nos seus ramos. 
Jesus contou mais esta parábola para o povo: 
- O Reino do Céu é como o fermento que uma mulher pega e mistura em três medidas de farinha, até que ele se espalhe por toda a massa. Jesus usava parábolas para dizer tudo isso ao povo. Ele não dizia nada a eles sem ser por meio de parábolas. Isso aconteceu para se cumprir o que o profeta tinha dito: 
"Usarei parábolas quando falar com esse povo e explicarei coisas desconhecidas desde a criação do mundo."
 
Comentário do Evangelho
O Reino de Deus é como
o fermento
 
O Reino dos Céus é comparado como algo que, de início, pouco se percebe, mas, depois, produz efeitos evidentes. A pregação de João Batista e a de Jesus mobilizaram as multidões que vinham a eles, com uma evidência que chamava a atenção das autoridades políticas e religiosas. Contudo, continuava pouco perceptível o sentido último do Reino, muitos tendo confundido Jesus com um messias em busca do poder e da glória. 
A exuberância das instituições religiosas ao longo do tempo também destoa da discrição da semente de mostarda. O país mais rico e poderoso do mundo fala em nome da civilização cristã, porém no seu culto ao dinheiro e em suas ações bélicas não se vislumbra o Reino de Deus. 
Compreender o grão de mostarda da parábola significa contemplar já a árvore que abriga as aves dos céus. Significa perceber a presença do Reino nas multidões dos empobrecidos e excluídos, onde o amor, como um fermento na massa, está presente em milhões de lares humildes e sofridos.
  
Oração


Pai, livra-me de desprezar os pequeninos e declará-los. Livra-me, também, do perigo de me subestimar. Faze-me compreender que o Reino se constrói pela ação dos pequenos.
Fonte:www.paulinas.org.br 

Presenteará seu filho com um Ipad? NÃO! Veja aqui o porquê

Cris Rowan
Terapeuta ocupacional pediátrica, bióloga, palestrante e escritora
.
A Academia Americana de Pediatria e a Sociedade Canadense de Pediatria afirmam que crianças de 0 a 2 anos não devem ter nenhuma exposição à tecnologia, crianças de 3 a 5 anos devem ser limitadas à uma hora de exposição por dia e crianças e adolescentes de 6 a 18 anos devem ser restritas a duas horas por dia (AAP 2001/13, CPS 2010).
.
Crianças e jovens usam de quatro a cinco vezes a quantidade de tecnologia recomendada, provocando consequências graves e, em muitos casos, colocando suas vidas em risco (Fundação Kaiser 2010, Active Healthy Kids Canada 2012).
.
Aparelhos eletrônicos móveis (telefones celulares, tablets, jogos eletrônicos) aumentaram muito o acesso e uso de tecnologia, especialmente por crianças muito pequenas (Common Sense Media, 2013).
.
Como terapeuta ocupacional pediátrica, convoco pais, professores e governos a proibir o uso de todos os mobiles para crianças com menos de 12 anos.
.
Seguem dez razões, todas apoiadas em pesquisas, para justificar essa proibição. Para ter acesso às pesquisas com referências, procure o Zone’in Fact Sheet no site zonein.ca.
.
1. Crescimento cerebral acelerado
.

Entre 0 e 2 anos de idade, o cérebro da criança triplica de tamanho, e ele continua em estado de desenvolvimento acelerado até os 21 anos de idade (Christakis 2011).
.
O desenvolvimento cerebral infantil é determinado pelos estímulos do ambiente ou a ausência deles.
.
Já foi comprovado que o estímulo a um cérebro em desenvolvimento causado por super exposição a tecnologias (celulares, internet, iPad, TV) é associado ao déficit de funcionamento executivo e atenção, atrasos cognitivos, prejuízo da aprendizagem, aumento da impulsividade e diminuição da capacidade de se autorregular, por exemplo, acessos de raiva (Small 2008, Pagini 2010).
.
2. Atraso no desenvolvimento
.
O uso de tecnologia restringe os movimentos, o que pode resultar em atraso no desenvolvimento.
.
Hoje uma em cada três crianças ingressa na escola com atraso no desenvolvimento, o que provoca impacto negativo sobre a alfabetização e o aproveitamento escolar (HELP EDI Maps 2013).
.
A movimentação reforça a capacidade de atenção e aprendizado (Ratey 2008). O uso de tecnologia por menores de 12 anos é prejudicial ao desenvolvimento e aprendizado infantis (Rowan 2010).
.
3. Obesidade epidêmica
.
Existe uma correlação entre o uso de televisão e videogames e o aumento da obesidade (Tremblay 2005).
.
Crianças às quais se permite que usem um aparelho digital no quarto têm incidência 30% mais alta de obesidade (Feng 2011).
.
Uma em cada quatro crianças canadenses e uma em cada três crianças americanas são obesas (Tremblay 2011).
.
30% das crianças com obesidade vão desenvolver diabetes, e os obesos correm risco maior de AVC e ataque cardíaco precoce, resultando em grave redução da expectativa de vida (Centro de Controle e Prevenção de Doenças, 2010).
.
Em grande medida devido à obesidade, as crianças do século 21 talvez formem a primeira geração da qual muitos integrantes não terão vida mais longa que seus pais (Professor Andrew Prentice, BBC News 2002).
.
4. Privação de sono
.
60% dos pais não supervisionam o uso que seus filhos fazem de tecnologia, e 75% das crianças são autorizadas a usar tecnologia no quarto de dormir (Fundação Kaiser 2010).
.
75% das crianças de 9 e 10 anos têm déficit de sono em grau tão alto que suas notas escolares sofrem impacto negativo (Boston College 2012).
.
5. Doença mental
.
O uso excessivo de tecnologia é um dos fatores responsáveis pelas incidências crescentes de depressão

Para proteger nossas crianças contra todos os perigos da modernidade, envie um santinho virtual de Santo Antônio
infantil, ansiedade, transtorno do apego, déficit de atenção, autismo, transtorno bipolar, psicose e comportamento infantil problemático (Bristol University 2010, Mentzoni 2011, Shin 2011, Liberatore 2011, Robinson 2008).
.
Uma em cada seis crianças canadenses tem uma doença mental diagnosticada, e muitas tomam medicação psicotrópica que apresenta riscos (Waddell 2007).
.
6. Agressividade 
.
Conteúdos de mídia violentos podem causar agressividade infantil (Anderson, 2007). A mídia de hoje expõe as crianças pequenas cada vez mais violência física e sexual.
.
O game “Grand Theft Auto V” retrata sexo explícito, assassinato, estupros, tortura e mutilação; muitos filmes e programas de TV fazem o mesmo.
.
Os EUA classificaram a violência na mídia como Risco à Saúde Pública, devido a seu impacto causal sobre a agressividade infantil (Huesmann 2007). A mídia informa o uso crescente de restrições físicas e salas de isolamento para crianças que exibem agressividade descontrolada.
.
7. Demência digital
.
O conteúdo de mídia que passa em alta velocidade pode contribuir para o déficit de atenção e também para a redução de concentração e memória, devido ao fato de o cérebro “podar” os caminhos neurais até o córtex frontal (Christakis 2004, Small 2008).
.
Crianças que não conseguem prestar atenção não conseguem aprender.
.
8. Criação de dependência
.
À medida que os pais se apegam mais e mais à tecnologia, eles se desapegam de seus filhos.
.
Na ausência de apego parental, as crianças podem apegar-se aos aparelhos digitais, e isso pode resultar em dependência (Rowan 2010).
.
 Uma em cada 11 crianças e jovens de 8 a 18 anos é viciada em tecnologia (Gentile 2009).
.
9. Emissão de radiação
.
Em maio de 2011 a Organização Mundial de Saúde classificou os telefones celulares (e outros aparelhos sem fios) como risco de categoria 2B (possivelmente carcinogênico), devido à emissão de radiação (OMS 2011).
.
Em outubro de 2011, James McNamee, da Health Canada, lançou um aviso cautelar dizendo:
.
“As crianças são mais sensíveis que os adultos a uma série de agentes, porque seus cérebros e sistemas imunológicos ainda estão em desenvolvimento.” (Globe and Mail 2011).
.
Em dezembro de 2013 o Dr. Anthony Miller, da Escola de Saúde Pública da Universidade de Toronto, recomendou que, com base em pesquisas novas, a exposição a frequências de rádio seja reclassificada como risco de categoria 2A (provavelmente carcinogênico), não 2B (possivelmente carcinogênico).
.
A Academia Americana de Pediatria pediu uma revisão das emissões de radiação de campo eletromagnético de aparelhos de tecnologia, citando três razões relativas ao impacto sobre as crianças (AAP 2013).
.
10. Insustentável
.
O modo em que as crianças são criadas e educadas com a tecnologia deixou de ser sustentável (Rowan 2010).
.
As crianças são nosso futuro, mas não há futuro para crianças que fazem uso excessivo de tecnologia. É necessária e urgente uma abordagem de equipe para reduzir o uso de tecnologia pelas crianças.
.
Fonte: blog a grande guerra

Demitido pela CBF, Felipão recebe mais de R$ 4 milhões por rescisão de contrato.

Parreira recebeu valor semelhante, e Murtosa quase 751 mil após serem dispensados pela entidade por fracasso na Copa.
A informação foi dada pelo jornal "Folha de S. Paulo" nesta quarta-feira, mesmo dia em que o técnico assumiu o comando do Grêmio em Porto Alegre.
Segundo o jornal, o valor a ser recebido por Felipão será o mesmo destinado a Carlos Alberto Parreira, seu coordenador, que tinha o mesmo salário. Flávio Murtosa, auxiliar de Felipão, vai receber R$ 751 mil pela quebra de contrato. No total, a CBF vai pagar cerca de R$ 9 milhões ao trio. 
Ainda de acordo com o jornal, ao longo dos 18 meses em que trabalharam na CBF, Felipão e Parreira receberam mais de R$ 11 milhões em salários. Já Murtosa ficou com R$ 1,6 milhão. Os valores somados de salários e das multas rescisórias que a entidade pagou ou ainda vai pagar para os três é de R$ 32,5 milhões. O valor representa pouco mais de 9% do lucro da CBF em 2013. No balanço divulgado pela entidade em julho, a arrecadação no último ano foi de R$ 347.153.000,00.

Enviado por Edilson José de Santana - Salvador (BA)

A pureza e a castidade ainda importam para nós nos dias de hoje? Os santos respondem:

“Ninguém melhor que o Espírito Santo saberá apreciar o valor da castidade.”
.
Ora, Ele diz: ”Tudo o que se estima não pode ser comparado com uma alma continente” (Ecli 26, 20), isto é, todas as riquezas da terra, todas as honras, todas as dignidades, não lhe são comparáveis.
.
Santo Efrém chama a castidade de “a vida do espírito”; São Pedro Damião, “a rainha das virtudes”; e São Cipriano diz que, por meio dela, se alcançam os triunfos mais esplêndidos.
.
Quem supera o vício contrário à castidade, facilmente triunfará de todos os mais; quem, pelo contrário, se deixa dominar pela impureza, facilmente cairá em muitos outros vícios e far-se-á réu de ódio, injustiça, sacrilégio, etc.
.
A castidade faz do homem um anjo. “Ó castidade, exclama Santo Efrém (De cast.), tu fazes o homem semelhante aos anjos”.
.

Essa comparação é muito acertada, pois os anjos vivem isentos de todos os deleites carnais; eles são puros por natureza; as almas castas, por virtude.
.
“Pelo mérito desta virtude, diz Cassiano (De Coen. Int., 1. 6, c. 6), assemelham-se os homens aos anjos”; e São Bernardo (De mor. et off., ep., c. 3):
.
“O homem casto difere do anjo não em razão da virtude, mas da bem-aventurança; se a castidade do anjo é mais ditosa, a do homem é mais intrépida”.
.
“A castidade torna o homem semelhante ao próprio Deus, que é um puro espírito”, afirma São Basílio (De ver. virg.)
.
O Verbo Eterno, vindo a este mundo, escolheu para Sua Mãe uma Virgem, para pai adotivo um virgem, para precursor um virgem, e a São João Evangelista amou com predileção porque era virgem, e, por isso, confiou-lhe Sua santa Mãe, da mesma forma como entrega ao sacerdote, por causa de sua castidade, a santa Igreja e Sua própria Pessoa.
.
Com toda a razão, pois, exclama o grande doutor da Igreja, Santo Atanásio (De virg.): ‘Ó santa pureza, és o templo do Espírito Santo, a vida dos Anjos e a coroa dos Santos!”.
.
Grande, portanto, é a excelência da castidade; mas também terrível é a guerra que a carne nos declara para no-la roubar.
.
Nossa carne é a arma mais poderosa que possui o demônio para nos escravizar; é, por isso, coisa muito rara sair-se ileso ou mesmo vencedor deste combate. Santo Agostinho diz (Serm. 293):
.
“O combate pela castidade é o mais renhido de todos: ele repete-se cotidianamente, e a vitória é rara”.
.
“Quantos infelizes que passaram anos na solidão, exclama São Lourenço Justiniano, em orações, jejuns e mortificações, não se deixaram levar, finalmente, pela concupiscência da carne, abandonaram a vida devota da solidão e perderam, com a castidade, o próprio Deus!”
.
Por isso, todos os que desejam conservar a virtude da castidade devem ter suma cautela: “É impossível que te conserves casto, diz São Carlos Borromeu, se não vigiares continuamente sobre ti mesmo, pois negligência traz consigo mui facilmente a perda da castidade”.
 .
Afaste as tentações de seu caminho rogando a Santo Antônio para que interceda por você junto a Deus; clique na imagem e receba sua medalha de Santo Antônio.
 .
Tratado da Castidade
Santo Afonso de Ligório

Marília de Dirceu IV
Marília, teus olhos
São réus, e culpados,
Que sofra, e que beije
Os ferros pesados
De injusto Senhor.
Marília, escuta
Um triste Pastor.

Mal vi o teu rosto,
O sangue gelou-se,
A língua prendeu-se,
Tremi, e mudou-se
Das faces a cor.
Marília, escuta
Um triste Pastor.

A vista furtiva,
O riso imperfeito,
Fizeram a chaga,
Que abriste no peito,
Mais funda, e maior.
Marília, escuta
Um triste Pastor.

Dispus-me a servir-te;
Levava o teu gado
À fonte mais clara,
À vargem, e prado
De relva melhor.
Marília, escuta
Um triste Pastor.

Se vinha da herdade,
Trazia dos ninhos
As aves nascidas,
Abrindo os biquinhos
De fome ou temor.
Marília, escuta
Um triste Pastor.

Se alguém te louvava,
De gosto me enchia;
Mas sempre o ciúme
No rosto acendia
Um vivo calor.
Marília, escuta
Um triste Pastor.

Se estavas alegre,
Dirceu se alegrava;
Se estavas sentida,
Dirceu suspirava
À força da dor.
Marília, escuta
Um triste Pastor.

Falando com Laura,
Marília dizia;
Sorria-se aquela,
E eu conhecia
O erro de amor.
Marília, escuta
Um triste Pastor.

Movida, Marília,
De tanta ternura,
Nos braços me deste
Da tua fé pura
Um doce penhor.
Marília, escuta
Um triste Pastor.

Tu mesma disseste
Que tudo podia
Mudar de figura;
Mas nunca seria
Teu peito traidor.
Marília, escuta
Um triste Pastor.

Tu já te mudaste;
E a faia frondosa,
Aonde escreveste
A jura horrorosa,
Tem todo o vigor.
Marília, escuta
Um triste Pastor.

Mas eu te desculpo,
Que o fado tirano
Te obriga a deixar-me;
Pois basta o meu dano
Da sorte, que for.
Marília, escuta
Um triste Pastor. 

A sapeca Larissa!
Antonio Nunes de Souza*

Embora, ousadamente, estou sempre me atirando ao meu povo com assuntos da maior seriedade, na verdade o que gosto mesmo é de escrever e criar as minhas loucas crônicas, onde me divirto com estórias picantes, abundantes e vaginantes. Essa trilogia exerce um fascínio nas pessoas, deixando florescer nas mentes humanas, desejos, invejas e algumas mudanças comportamentais às escondidas, principalmente entre os pudicos envergonhados! Muitos experimentam e, verdadeiramente, nunca mais voltam as suas condições anteriores, além de sentirem certas raivas por terem perdido tanto tempo!
Desta feita vou contar as aventuras de uma mulher tesudíssima, mulata de uma brasilidade impecável, com corpo invejável, bunda, peitos firmes e empinados, barriga inexistente e um andar sedutor que enchia de tesão até algum eunuco que passasse ao seu lado! No popular, era qualificada pelos homens do pedaço como: Uma puta mulher! Assim era Larissa!
E ela, realmente, era as duas coisas: mulher e puta. Não trepava com a mão na cabeça para não perder o juízo, porque o seu juízo estava no seu útero pecador que, através do seu assanhado clitóris, lhe levava aos maiores gozos quase cotidianamente. Podem até achar que estou exagerando, mas, tenham certeza que ela quando estava acordada, não perdia a oportunidade de estar sentada em um penis, rebolando e fazendo algum homem enlouquecer.
De cara não era tão bonita, pois tinha uma linda dentadura olhos vivos, porém o seu nariz era achatado e umas narinas grandes parecendo duas garagens de fusca. Mas, quem gosta de nariz é corize e gripe. E isso parece que lhe dava vitalidade, pois, cada respirada, acelerava a mexida dos quadris fazendo aquela linda bundinha executar uma excitante dança sexual. E, essa fatídica mulher, transava porque gostava. Saía, jantava fora e depois ia para o apartamento ou motel servir de sobremesa. Muito embora, pela sua destreza encima de uma cama, logicamente, ela era, verdadeiramente, o prato principal.
Havia muito tempo que não via minha querida e inesquecível amiga e, depois da copa do mundo, casualmente me bati com ela num shopping, nos abraçamos, matamos a saudade, ela que era muito mais jovem que eu e estava ainda um monumento invejável e desejável. Aí, no decorrer da conversa, bastante orgulhosa me disse sem o menor pudor ou cerimônia em função da nossa velha intimidade e saber que sou super liberal:
-Antonio, com a visita de milhares de turista na copa, transei com argentinos, franceses, portugueses, japoneses, alemães e até costarriquenhos. Sinto-me realizada, pois hoje, minha xoxota é, literalmente, poliglota!
Ri bastante pela sua vaidade sexual e, depois de mais algumas conversas, nos despedimos e ela seguiu o seu caminho. Fiquei com os olhos vidrados em sua linda bunda, pensando com meus botões: “Essa bunda não deve, em hipótese alguma, peidar fedendo!”


*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras de Itabuna – antoniodaagral26@hotmail.com

LADAINHA DO PAPAI.
Pai para todos os gostos.

De: João Batista de Paula – Escritor e Jornalista 10 de Agosto. Dia dos Pais.

Todo paizão combina com emoção, ação, coração, família e bem viver. Atenciosos, amorosos, dedicados e responsáveis.

Pai do céu.
Pai da poesia.
Pai do amor.
Pai é pai.
Pai  que educa.
Pai dedicado.
Pai super herói.
Pai piedoso.
Pai consolador.
Pai  atleta.
Pai  Amigo.
Pai feliz.
Pai  divino.
Pai união.
Pai amoroso.
Pai carinhoso.
Pai generoso.
Pai participativo.
Pai responsável.
Pai  presente.
Pai caridoso.
Pai lição de vida.
Pai cortês.
Pai gentil.
Pai agradecido.
Pai  doçura.
Pai esperançoso.
Pai colaborador.
Pai Herói.
Pai de braços abertos.
Pai iluminado.
Pai paciente.
Pai sorridente.
Pai coruja.
Pai  exemplo de vida.
Pai perseverante.
Pai otimista.
Pai  que louva.
Pai que ora.
Pai que edifica.
Pai zeloso.
Pai de santo.
Pai solteiro.
Pai  esperança nossa.
Pai que juntas as mãos para  presentear seus amados filhos.
Pai amado de Deus.

Todo paizão combina com a vida tal como ela é. E viva também o pai que gera medo e terror. Nem por isso eles deixam de ser pai.

Pai do medo.
Pai da insegurança.
Pai da incerteza.
Pai da dúvida.
O pai que mata.
O pai que bate.
O pai que agride.
O pai que rouba.
O pai que estupra.
O pai que violenta.
O pai que seqüestra.
O pai bandido.
O pai abandonado.
O pai drogado.
O pai desempregado.
O pai doente.
O pai sofrido.
O pai sujo e imundo.
O pai sem êxito.
O pai da miséria.
O pai desonroso.
O pai que não cumpre seus compromissos.
Pai sem final feliz.
Pai infiel.
Pai infeliz.
O pai da dor.
O pai sofredor.
Pai mal educado.
Pai grosseiro.
Pai alcoólatra.
Pai deficiente.
Pai cego.
Pai da sombra.
Pai da desunião.
Pai frio.
Pai sem perdão.
Pai sem esperança.
Pai da escuridão.
Pai da agressão.
Pai da ilusão.
Pai infernal.
Pai gatuno.

Lembre-se: O Pai Celestial e o Pai Infernal é você que decide qual vencer dentro do seu coração.

Recomende este blog!!!

Postagens populares

BLOGS PREFERIDOS

Jornal Eletrônico

Loading...

Reportagem

Loading...
Loading...

SPORT NEWS

Loading...

jogos on-line

jogos on-line
Google

Sites de Serviço

INSS

PENSAMENTO DO DIA

Loading...

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Informações Literárias

Loading...

Contos, Crônicas e Romances Postados

Romances

Romances
Autor: Rilvan Batista de Santana

Antologias (participação)

Antologias (participação)
Rilvan Batista de Santana Editoras: Scortecci (SP), Guemanisse Teresópolis (RJ) e ALL PRINT (SP).

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Perfil

Perfil
Administrador

rilvan.santana@yahoo.com.br

rilvan.santana@yahoo.com.br
Carregando...

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

Estatística

Olhe a hora!!!

PARCERIAS







Casa do Editor

Bookess

Oncosul

GAPO

GAPO

Seguidores

Atenção, Senhores membros!

Atenção, Senhores membros!

Eglê

Eglê
Co-administradora

Expedita

Expedita
Colaboradora

J. Paula

J. Paula
Colaborador

A. Cabral

A. Cabral
Co-adminintrador

CULTURA

Livros - Recanto das Letras

Livros - Recanto das Letras
Tecnologia do Blogger.