Como ensinar a pensar?

Arnaldo Niskier
Depois de falar por mais de uma hora, para 800 professores da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em Paulo, tive o prazer de debater questões por eles suscitadas. “O meu tema era ‘A educação do futuro - a nova sala de aula”, o que por si só foi bastante instigante. Mostrei que não basta só pagar melhores salários aos professores (o que é necessário), mas é preciso reformular o conteúdo e as estruturas de ensino, tomando por base um novo curso de Pedagogia. Fui aplaudido quando mostrei o atual estágio dos cursos de formação de professores e o quanto estão eles dissociados do que se entende por uma educação moderna.
Fala-se muito no sucesso da digitalização, mas sabe-se que, dos professores que dispõem de computadores, somente 6% os utilizam para aperfeiçoar os conteúdos. A grande maioria, como se vê, continua no velho método de cuspe e giz, que já tem mais de um século de uso no Brasil. Já não chega?
Ao falar, na apresentação da palestra, o reitor Benedito Guimarães Aguiar Neto, com muito entusiasmo, locou na necessidade da escola ensinar o aluno a pensar. Depois, na hora dos debates, um professor (Paulo Pacheco) perguntou: "Mas, afinal, o que é pensar?"Certamente, não é decorar conceitos? depois expeli-los nas provas. É exercer a ação de refletir, fazendo uso da própria inteligência. É procurar um algo mais nas matérias que são ensinadas, sem se valer das verdades por vezes precárias do que se encontra no Google. Ou nas horrendas apostilas que são vendidas em muitas universidades, fazendo a fortuna da xerox.
Ainda somos francamente favoráveis ao uso dos livros, da forma impressa ou mesmo acessados por intermédio de ferramentas como a nuvem de livros, hoje um sucesso incomparável nos sistemas de ensino. A apostila, depois de usada, c jogada fora, enquanto o livro permanece para toda a vida, como fonte de conhecimento.
Outra pergunta, de João Francisco Aguiar, foi sobre o seu neto, de dois anos: "Ele tem uni tablete Passa os dedos na tela e busca as musicas, com as quais vibra, fico assustado com o seu futuro. Como fumar valores e educar as crianças?" É a missão conjunta de pais c professores. Não devemos ser contrários às máquinas, mas utilizá-las em tempo certo, na ocasião devida. É isso que não está sendo feito, daí a desordem existente, com exageros que, no futuro, serão difíceis de ser corrigidos.
A questão suscitada por Edson Barros foi muito interessante: 'Estamos pilotando um avião enquanto aprendemos aerodinâmica.' Pergunta ele: 'Como o professor pode se preparar enquanto parece que está sobrevivendo na atual dinâmica do ensino brasileiro?" Fie tem toda razão, mas é preciso encontrar tempo para conciliar as missões envolvidas. O ensino da aerodinâmica, para usar uma figura de retórica, deve ser anterior á entrada no avião. E precisa ser muito bem feita, para evitar desastres indesejáveis. Por fim, me perguntaram se aprovo a volta do latim ás nossas escolas Pergunta de Antônio Basile. A minha resposta é francamente favorável. Com o latim aprenderíamos a etimologia das palavras da língua portuguesa.


Folha Dirigida(RJ, 25/9/2014

Leia abaixo a íntegra da carta assinada por Fernando Henrique Cardoso:


A propósito do esclarecedor artigo de Elio Gaspari "Todos soltos, todos soltos até hoje", que começa a desfazer o slogan de escândalos do PSDB, desejo esclarecer:


a) Quanto ao caso Sivan, não só que a contratação da Raytheon se deu no governo Itamar, como que ao governo nunca foi atribuído haver participado de malfeitos. A "prensa" para que o processo andasse se referia à aprovação do mesmo pelo Senado, posto que o relator do caso demorava em se pronunciar. Houve inquérito, o servidor mostrou inocência (havia sido afastado das funções por mim) e, posteriormente, foi muito justamente nomeado embaixador na Colômbia pelo presidente Lula.



b) A "pasta rosa", como dito no artigo, se refere a supostos recursos de campanha destinados, antes de meu governo, a candidatos parlamentares de vários partidos; o inquérito, no caso, competia à Justiça Eleitoral e a legislação nas eleições até 1994 era diferente da atual, não sendo fácil, de serem verdadeiras as suposições, tipificar os atos como crimes eleitorais.



c) Quanto à alegada compra de votos para a reeleição, além dos acusados não serem do PSDB e terem sido objeto de inquérito no Congresso que os levou à renúncia, quanto à insinuação vaga de que teria havido envolvimento de um ministro no processo de suborno, o ministro aludido foi espontaneamente à Comissão de Justiça da Câmara e rechaçou as aleivosias. Nunca houve acusação formal ao ministro, que eu saiba.



d) No que se refere ao chamado "mensalão mineiro", ainda "sub judice", minha opinião, independendemente de endossar as acusações, foi, desde o início, de que deveria haver apuração e julgamento. Diga-se que, quando surgiu o caso, eu não era mais presidente.



e) Por fim, não existe um "cartel do PSDB" de São Paulo na compra de trens ou do metrô. Segundo o relatório técnico do Cade, há acusação a empresas que formaram cartel para operar tanto em obras federais como estaduais. Provavelmente houve suborno de funcionários desses dois níveis de governo, mas não há acusação a partidos.



Ficarei grato se esta carta for publicada para assim complementar as informações do jornalista Elio Gaspari.

Cordialmente,

Fernando Henrique Cardoso



Fonte: Yahoo e Folha de São Paulo


cabeçalho
Livro Vermelho ganha Prêmio Jabuti 2014
O Prêmio Jabuti 2014, na categoria Ciências Naturais, foi para o “Livro Vermelho da Flora do Brasil”, que reúne avaliações científicas sobre o risco de extinção de espécies da flora brasileira. O resultado foi anunciado na quinta-feira, 17 de outubro. 

livroCoordenado pelos pesquisadores Gustavo Martinelli e Miguel Avila Moraes, o livro é uma realização do Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora, uma coordenação da Diretoria de Pesquisas do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. A publicação contou com a participação de especialistas botânicos de instituições científicas brasileiras e estrangeiras e foi lançado em dezembro de 2013.
O Livro Vermelho da Flora do Brasil pode ser acessado online no site do CNCFlora 

Jardim Botânico do Rio de Janeiro participa do Congresso de Botânica

O XI Congreso Latinoamericano de Botánica e 65º Congresso Nacional de Botânica acontece de 19 a 24 de outubro em Salvador, Bahia. O tema do evento é "Botânica na América Latina: conhecimento, interação e difusão". Pesquisadores do JBRJ participam das reuniões, simpósios e mesas apresentando pesquisas e projetos científicos desenvolvidos na instituição. 

Mais informações no site do JBRJ 
xi  
 Ingressos do JBRJ ganham selo de estacionamento no Jockey
Com o fim das obras de reforma, o estacionamento do Jockey Club na Rua Jardim Botânico nº 1003 está aberto aos visitantes do Jardim Botânico desde 27 de setembro. Juntamente com o estacionamento das tribunas do Jockey, com entrada em frente à Praça Santos Dumont, os visitantes contam agora com 400 vagas próximas ao Jardim, graças a um convênio entre as duas instituições.
Para melhor controle do uso dessas vagas, foi criado um selo identificador. Ao chegar aos estacionamentos do Jockey, o visitante pega o ticket padrão, fornecido automaticamente na cancela. Na bilheteria do Jardim Botânico, o visitante deve informar que estacionou seu carro no Jockey, a fim de que os bilheteiros colem no ingresso o selo identificador. O ticket padrão do estacionamento e o ingresso do Jardim Botânico com o selo devem ser apresentados na hora do pagamento do estacionamento, para que o usuário tenha direito aos 30% de desconto especial para os visitantes do JBRJ.
Atualmente, o valor do estacionamento do Jockey com desconto para os visitantes do Jardim é de R$ 10,50, inclusive em datas especiais.

Orquestra Sinfônica da UFF homenageia Dorival Caymi

A Orquestra Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminense sobe ao palco do Teatro Tom Jobim para homenagear Dorival Caymi. O concerto "Acontece que eu sou baiano" será em 22 de outubro, quarta-feira, às 20h. Os ingressos são gratuitos e serão distribuídos no dia, a partir das 19 horas, na bilheteria do Espaço Tom Jobim. Cada pessoa só poderá retirar um ingresso.

fdA OSN foi criada em 1961 pelo então presidente da República Juscelino Kubitschek, com a missão de divulgar a produção da música brasileira de concerto, função que continua cumprindo após sua incorporação à UFF em 1984. 
O endereço do Espaço Tom Jobim é Rua Jardim Botânico, 1008.

Quarteto Paulo Moura encerra segunda temporada da série “Sete Brasil Apresenta”
Leo Gandelman, Carlos Malta, Dirceu Leite e Humberto Araujo fazem apresentação única na quinta-feira, 23 de outubro, no Teatro Tom Jobim, às 21 horas. O quarteto se dedica ao repertório do músico que lhe dá nome, o lendário saxofonista, clarinetista, compositor e maestro Paulo Moura (1933-2010). A fonte inspiradora do projeto que batiza o show é o disco “Mistura e Manda”, de 1984 (Kuarup), no qual Moura misturou gêneros, ritmos e formações instrumentais, entre o erudito e o popular, que redefinem o horizonte da música instrumental brasileira até os dias de hoje.
re
O Quarteto Paulo Moura terá como convidado especial o cavaquinista Henrique Cazes. A banda que acompanha o quarteto é composta por Ajurinã Zwarg (bateria), Augusto Mattoso (contrabaixo acústico) e Charlles da Costa (violão sete cordas). Realização: Instituto Paulo Moura.
Ingressos a R$50,00 (inteira) e R$25,00 (meia entrada). Classificação: 12 anos. Informações: (21)2274-7012. O endereço do Teatro Tom Jobim é Rua Jardim Botânico, 1008. Acesso para pessoas portadoras de necessidades especiais em cadeira de roda.

Papa-cartão funciona no Jardim Botânico
fA máquina Papa-Cartão está funcionando esta semana em frente à sede da Associação de Amigos – AAJB, e deve ficar na frente do Teatro Tom Jobim na semana que vem. Os visitantes podem trazer seus cartões de crédito, débito, de assistência médica e similares, que já perderam a validade, para serem triturados pela máquina. Eles serão reciclados e transformados em novos produtos.


 Vem aí! "Duo Brasil em dois pianos - Turnê Nacional", com Fábio Caramuru e Marco Bernardo - dia 9/11/2014, às 17h, no Espaço Tom Jobim. Concerto gratuito!

SEMPRE É BOM RELEMBRAR

Depois do que aconteceu de repente com José Wilker e Jair Rodrigues, vale bem este alerta.

Não tenha preguiça de ler, vai valer a pena. Muito do que o médico recomenda, não se tem como hábito. Repasso, porque achei interessante e importante!


Alerta do Dr. Ênio Buffolo (cardiologista)

Quando publiquei estes conselhos em meu site, recebi uma enxurrada de e-mais dizendo que isto lhes serviu de alerta.
São eles:
1. Não cuide de seu trabalho antes de tudo.

As necessidades pessoais e familiares são prioritárias.



2. Não trabalhe aos sábados o dia inteiro e, de maneira nenhuma, trabalhe aos domingos.



3. Não permaneça no escritório à noite e não leve trabalho para casa e/ou trabalhe até tarde.

4. Ao invés de dizer "sim" a tudo que lhe solicitarem, aprenda a dizer "Não".



5. Não procure fazer parte de todas as comissões, comitês, diretorias, conselhos e nem aceite todos os convites para conferências, seminários, encontros, reuniões, simpósios etc.

6. Se dê ao luxo de um café da manhã ou de uma refeição tranquila.
Não aproveite o horário das refeições para fechar negócios ou fazer reuniões importantes.

7. Pratique esportes. Faça ginástica, natação, caminhe, pesque, jogue bola ou tênis.

Não seja sedentário.


8. Tire férias sempre que puder, você precisa disso. Lembre-se que você Não é de ferro.



9. Não centralize todo o trabalho em você. Não é preciso controlar e examinar tudo para ver se está dando certo... Aprenda a delegar.

10. Se sentir que está perdendo o ritmo, o fôlego e pintar aquela dor de estômago, Não tome logo remédios, estimulantes, energéticos e anti-ácidos. Procure um médico.

11. Não tome calmantes e sedativos de todos os tipos para dormir.
Apesar deles agirem rápido e serem baratos, o uso contínuo fazem mal à saúde.

12. E por último, o mais importante: permita-se a ter momentos de oração, meditação, audição de uma boa música e reflexão sobre sua vida.



Isto não é só para crédulos e tolos sensíveis; faz bem à vida e à saúde.




IMPORTANTE:

OS ATAQUES DE CORAÇÃO


Uma nota importante sobre os ataques cardíacos. 
Há outros sintomas de ataques cardíacos, além da dor no braço esquerdo.

Há também, como sintomas vulgares, uma dor intensa no queixo, assim como náuseas e suores abundantes.

Pode-se não sentir nunca uma primeira dor no peito, durante um ataque cardíaco.

60% das pessoas que tiveram um ataque cardíaco enquanto dormiam não se levantaram.

Mas a dor no peito pode acordá-lo de um sono profundo.
Se assim for, dissolva imediatamente duas Aspirinas na boca e engula-as com um bocadinho de água.

Ligue para Emergência (192, 193 ou 190) e diga ''ataque cardíaco'' e que tomou 2 Aspirinas.

Sente-se numa cadeira ou sofá e force uma tosse; sim forçar a tosse, pois ela fará o coração pegar no tranco.

Tussa de dois em dois segundos, até chegar o socorro.

NÃO SE DEITE !!!!





SOBRE A HISTÓRIA

A história é um elaborado compêndio cujo objetivo é demonstrar a fragilidade, a inocência e a inexperiência humana. Ela também é uma tediosa narrativa demonstradora de que erros passados não necessariamente geram êxitos presentes. Isto é, a história ratifica o fato de que a experiência é burra, idiota e ignorante. De que além dos meros instintos de sobrevivência e senso comum, a experiência pouco agrega à evolução humana. No entanto, baseado na hipótese de que a história descreve cíclicos e perpetuantes erros, ela brinda ao ser humano a fantástica possibilidade de inferir sobre futuros acontecimentos com uma grande margem de certeza e previsibilidade, mesmo que todos eles sejam um inocente vaticínio de pretéritos desacertos humanos, historicamente peregrinados e compilados, atualmente repisados. 
(Tadany – 04 02 12) 


PS: Para citar este texto: 
Cargnin dos Santos, Tadany. Pensamento 1207. www.tadany.org ® 


Os empregados alertas
Lc 12, 35-38
E Jesus disse ainda: 

- Fiquem preparados para tudo: estejam com a roupa bem presa com o cinto e conservem as lamparinas acesas. Sejam como os empregados que esperam pelo patrão, que vai voltar da festa de casamento. Logo que ele bate na porta, os empregados vão abrir. Felizes aqueles empregados que o patrão encontra acordados e preparados! Eu afirmo a vocês que isto é verdade: o próprio patrão se preparará para servi-los, mandará que se sentem à mesa e ele mesmo os servirá. Eles serão felizes se o patrão os encontrar alertas, mesmo que chegue à meia-noite ou até mais tarde.
Comentário do Evangelho
Permanecer vigilante
Esta parábola de Jesus situa-se em um contexto de ensinamento aos discípulos, durante o caminho para Jerusalém. Como Jesus pressentia o desfecho de seu ministério, pois sabia da disposição dos chefes do Templo e das sinagogas em matá-lo, este ensinamento tem um caráter escatológico, como preparação para um fim. E a melhor maneira para se preparar para o fim é viver a plenitude do momento presente, no dom do amor total, no desapego e na vigilância. 

Estar acordado, de prontidão, em trajes de serviço e com as lâmpadas acesas significa estar atento e praticando a vontade de Deus, unido e servindo à comunidade no anúncio da Palavra. Por duas vezes é proclamada a bem-aventurança dos que assim estiverem. O próprio Senhor vai trajar-se para o serviço e os servirá à mesa. A afirmação lembra a cena do "lava-pés" de evangelho de João. Curiosamente, por outro lado, esta mesma afirmação contradiz a parábola do senhor abusivo que de maneira alguma serviria seus servos (cf. 13 nov.), na qual predomina a antiga visão do Primeiro Testamento. 
As comunidades, conscientes da presença de Jesus no seu meio, movidas pelo amor, permanecem vigilantes, empenhando-se na implantação da justiça e da paz no mundo. 

 Oração


Pai, somente em ti quero centrar as minhas opções mais profundas, para não permitir que o egoísmo tome conta do meu coração e me afaste de ti.

Fonte:www.paulinas.org.br 

Você já ouviu falar de “vida interior”? Descubra conhecendo a vida de São José


Como tivemos ensejo de observar, São José é um santo oculto. Sua vida exterior passa-se na sombra e no silêncio.
A sua vida interior — aquela em que ele é particularmente admirável — também é sombra e obscuridade. Nele, a sombra atrai a sombra.
A vida do nosso santo não oferece aos olhares nada de extraordinário, nada que provoque atenção. Dos seus primeiros anos nada sabemos. Ele só nos aparece no momento do advento do Salvador.

Descende da família de Davi, decaída do seu antigo esplendor. Os seus dias, na maioria, transcorrem na pequena povoação de Nazaré, que motivou a pergunta: — “De Nazaré pode sair alguma coisa boa?” (Jo 1,46) e ele não parece haver exercido ali qualquer função oficial.

Conhecem-no simplesmente como um carpinteiro — profissão que não tem nada de glorioso. Quanto à sua missão especial e pessoal de pai legal de Jesus, por mais bela e mais sublime que seja em si mesma, ela precisamente requeria a sombra e o silêncio.
Os profetas, os apóstolos e os mártires proclamaram a divindade de Jesus e, por isso mesmo, adquiriram a glória. Ao contrário, a missão de São José, durante a sua vida inteira, foi encobrir essa divindade.
Já o vimos: ele foi a sombra do Pai Celeste não só representando o Pai junto de Jesus, mas ainda subtraindo aos olhos do mundo a divindade do Salvador, visto como aos olhos de todos ele era o pai do Menino.
Ora, a sombra não é só o silêncio. Ela cobre com mistério tudo o que lhe entra na esfera. Velando a divindade de Jesus, São José velava também o milagre realizado em Maria: a virgindade e a maternidade divina.
Essa missão especial, José aceita e cumpre-a de todo o coração, sem desmenti-la uma só vez durante a vida inteira. Ele quer ser oculto, quer permanecer oculto. Mas isso não bastava.
Que maravilhas poderia ter ele revelado falando da Virgem admirável, objeto de profecias tão numerosas e luminosas, esperança do povo de Deus! Ele abriga sob o seu teto o Messias esperado com tanta impaciência e não trai com uma só palavra o seu segredo! Leva-o consigo para o túmulo.
Quando vêm os dias em que o Salvador realiza seus milagres, quando a glória da Ressurreição transforma em triunfo os sofrimentos e as humilhações da Paixão, José já não é deste mundo.
Mesmo quando o cristianismo alarga as suas conquistas, o nosso santo ainda permanece na sombra até que venha a hora de se lhe prestar um culto bem merecido.
Tal foi a prodigiosa vocação de José: ser a sombra, projetar a sombra sobre si mesmo e sobre tudo o que entra na sua esfera, sobre o próprio Deus.
Sua vida interior
A sua vida exterior foi, pois, uma vida oculta. Mas isso não bastava. Era mister que essa vida oculta fosse igualmente uma vida interior. Assim o pedia a missão do santo patriarca.
Ser o guarda e o protetor da vida oculta de Jesus era a vocação de São José. Ora, essa vida oculta do Salvador era essencialmente uma vida interior. Para velar por essa vida, mister se fazia uma alma, um santo que amasse e praticasse a vida interior.
Que vem a ser essa vida interior?
É o lado espiritual, o lado melhor da vida humana. É a vida que confere ao homem uma grandeza e um valor muito acima das aparências da vida exterior. Ela consiste na parte que a alma, o espírito do homem, pelo seu lado superior e sobrenatural, toma nos atos exteriores. É o homem vivendo para Deus, de Deus e em Deus.
Assim sendo, para frisá-la em alguns traços, a vida interior consiste sobretudo na pureza do coração, na fuga de tudo o que pode desagradar a Deus e tornar-nos menos agradável a seus olhos, por conseguinte na fuga de toda falta voluntária e ainda na vigência sobre o nosso interior.
Consiste, além disso, em nos esforçarmos por transformar todos os nossos atos exteriores em outros tantos atos de virtude — de uma virtude sobrenatural; transformá-los em outros tantos méritos perante Deus, dando-lhes uma intenção reta e sobrenatural.
Consiste enfim, em conversarmos diretamente com Deus pela oração e em correspondermos fielmente às suas inspirações.
Eis aí, praticamente, a vida interior. Tal deve ter sido a de São José.
A Verdadeira Riqueza de São José
Mas quem nos fará compreender-lhe a perfeição? Pensemos na missão gloriosa de José, pensemos nas graças que Deus lhe concedeu dessa missão!
Se desde o primeiro instante de sua existência Maria recebeu uma plenitude transbordante de dons celestes, porque devia ser a mãe do Salvador, José, cuja missão tem mais de uma analogia com a de Maria, deve ter por sua vez recebido as graças correspondentes à sua alta vocação.
Esse capital de graças não pôde senão multiplicar-se pela prática da vida interior, e frutificar tanto mais quanto a vida exterior do nosso santo era mais humilde e, de alguma sorte, mais vulgar. Além disso, uma contínua intimidade com o Salvador e com Maria favorecia singularmente o progresso da vida interior.
Que pureza nos pensamentos de José, suas intenções, porquanto, fruindo da sociedade de Jesus, ele estava incessantemente, como os anjos, em presença do Deus três vezes santo!
Que recolhimento em suas ações, desde que a sua vida toda se achava, por isso mesmo, diretamente consagrada ao serviço de Deus, à execução dos conselhos divinos!
Que fervor na caridade, pois tudo em torno dele, tudo o que ele via, tudo o que ouvia, eram outras tantas revelações do amor de Deus, outras tantas inexauríveis fontes de graças, outras tantas manifestações da sabedoria e da beleza divinas! José estava imerso em Deus.
A luz de Deus banhava-lhe a vida interior, como a luz do astro das noites transparece através da nuvem que a vela por um instante.
São José é pois, o melhor modelo da vida interior. Sem dúvida, ele não era a luz que impõe a atenção e fere todos os olhares. Compará-lo-íamos antes a um perfume cujo aroma respiramos sem reconhecer sempre donde se exala.
O nosso santo é, pois, ainda agora, na Igreja, o padroeiro da vida interior. Essa vida interior faz a sua grandeza. Ela lhe é necessária. Sem ela, ele não teria passado de uma sombra vã diante dos homens e diante de Deus.
Ter-se-ia assemelhado a esses ricos e a esses grandes do mundo de quem a Escritura diz, que “no seu despertar, nada acharam nas suas mãos” (Sl 76,6). Com ela e por ela, José foi rico diante de Deus. Foi grande da grandeza do próprio Deus. Por ser Deus, e por ser infinitamente feliz em Si mesmo, Deus nos é oculto, silencioso, invisível.
E é a vida interior que nos associa a essa grandeza de Deus, porque ela consiste essencialmente em viver para Deus e em Deus.
A vida interior é pureza, porque é uma frequente conversa com Deus, espelho de toda pureza. É riqueza, porque tudo o que fazemos, fazemo-lo para Deus e o transformamos numa recompensa eterna. É força porque, pela união com Deus, ela nos atrai a graça de vencermos os perigos e as dificuldades da vida exterior.
Coloquemo-nos, pois, sob a proteção de São José e, confiantes no seu socorro, trilhemos os caminhos da vida interior, pela vigilância sobre nós mesmos, pela pureza de intenção em todas as coisas, pela prática da oração, pela docilidade às inspirações da graça. 
Sem estes exercícios da vida interior, a própria vida mais oculta ficaria sem mérito diante de Deus, sem valor para a eternidade. E, para entrar nessa Terra prometida da vida interior, não há guia melhor nem mais seguro do que São José: é uma das recompensas concedidas aos serviços que ele prestou à santa infância do Salvador.

Fonte: São José na Vida de Cristo e da Igreja

Importante: Os 7 Sinais de Alerta do Câncer de Mama.


Todos Nós sabemos Que Voce Nunca DEVE Ignorar o Seu mamografia periódico, e se voce encontrar hum nódulo Suspeito los Seu seio UO na axila, VOCE DEVE ir ver hum Médico imediatamente.  Mas HÁ To Us Link Sinais, mas Estes that PODEM apontar par o Cancro de Mama , ê ê extremamente Importante Ser estudioso SOBRE enguias e Estar CIENTE delas, becuase QUALQUÉR UMA das seguintes Sete Casos PODE Ser hum Risco real, e se voce Encontra-los VOCE DEVE Consultar com hum Médico Pós Pressa. LEMBRE-SE, a detecção precoce PODE Fazer Toda a Diferença.

Síntomas OS do Câncer de Mama

1 Uma Mudança no tamanho, forma UO Estrutura da mama.


Síntomas OS do Câncer de Mama
2 A covinha na mama OU UMA Convergência da Pele.


Síntomas OS do Câncer de Mama
3. Descarga Súbita de Líquido fazer mamilo.


Síntomas OS do Câncer de Mama
4. coceira, irritação OU erupção Súbita não mamilo.


Síntomas OS do Câncer de Mama
5. dor Súbita los hum Ponto Específico Que Localidade: Não se Longe Vai.


Síntomas OS do Câncer de Mama
6 O mamilo de Repente se tornar hum 'inny'.


Síntomas OS do Câncer de Mama
7 inchaço, vermelhidão, alteração de textura UO a cor da pel




Importante: Os 7 Sinais de alerta do câncer de mama

Todos nós sabemos que você nunca deve ignorar o seu mamogram periódico, e se você encontrar um nódulo suspeito em seu seio ou na axila, você deve ir ver um médico imediatamente. Mas há outros sinais, mas estes que podem apontar para o câncer de mama, e É extremamente importante estar qualificado sobre eles e estar ciente delas, becuase qualquer uma das seguintes sete casos pode ser um risco real, e se você encontrá-los, você deve consultar com um médico pós pressa. Lembre-se, a detecção precoce pode fazer toda a diferença.

os sintomas do câncer de mama

1 Uma mudança no tamanho, forma ou estrutura da mama.


os sintomas do câncer de mama
2 A covinha na mama ou uma convergência da pele.


os sintomas do câncer de mama
3. descarga súbita de líquido do mamilo.


os sintomas do câncer de mama
4. coceira, irritação ou erupção súbita no mamilo.


os sintomas do câncer de mama
5. dor súbita em um ponto específico que não se vai longe.


os sintomas do câncer de mama
6 O mamilo de repente se tornar um 'inny'.


os sintomas do câncer de mama
7. inchaço, vermelhidão, alteração de textura ou a cor da pele da mama.
Recebi de José Carlos Tanque.


"O mestre Que Localidade: Não SABE se deixar ultrapassar POR UM Aluno E hum mestre Ruim." / (Elsner)


PAI QUE ADOTOU CRIANÇA RECEBE LICENÇA PATERNIDADE







POR Márcia Delgado


Uma decisão inédita de um magistrado de Pernambuco é mais uma prova do quanto o Judiciário está atento às demandas que atendem a um novo perfil da família brasileira. O juiz Bernardo Monteiro Ferraz, substituto da 9ª Vara Federal, concedeu licença remunerada de 180 dias a um servidor federal que adotou uma criança de 4 anos em julho deste ano. Desde então, ele pleiteava mais tempo de convívio com o menino, que vivia no Abrigo Estadual de Crianças e Adolescentes de Garanhuns (Ceac).
A decisão é em caráter liminar e ainda cabe recurso no Tribunal Regional Federal da 5ª Região. O pai adotivo, Mauro Bezerra, 49 anos, é servidor da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). O órgão negou a licença ao servidor e, diante disso, Mauro entrou com um mandado de segurança na Justiça Federal de Pernambuco pleiteando o benefício.
Ao solicitar a licença, Mauro explicou que precisava ter um tempo maior com o filho, a fim de estreitar os laços com o garotinho. De acordo com atestados psicológicos do Centro de Terapias Hidro e da Escola, no qual o menino estuda, “a presença e acompanhamento do genitor nesse período de adaptação é imprescindível”.
Em 30 de setembro, o juiz federal Bernardo Ferraz, que na época atuava como substituto da 3ª Vara Federal, concedeu a licença aplicando o princípio constitucional da isonomia. “Mauro é adotante solteiro, único responsável pela tutela e bem-estar do menor. Em casos tais, há de se garantir o tempo livre necessário à adaptação do menor adotado à sua nova rotina, em tempo idêntico ao que seria concedido à adotante do sexo feminino. O acompanhamento e aprofundamento do vínculo afetivo nos momentos iniciais da colocação no novo núcleo familiar minimizam questões inerentes ao processo de adaptação à nova realidade”, destacou o juiz, em sua decisão.
Em entrevista à assessoria de imprensa do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, a advogada de Mauro, Leilane Araújo Mara, disse que a Justiça precisa suprir as omissões dos legisladores do Congresso Nacional. “Hoje, não há nenhuma lei específica para licença direcionada a adotante pai solteiro servidor público federal e, principalmente, quando se trata de adoção tardia, isto é, quando a criança tem mais de um ano de idade”, ressaltou.
Outra decisão
Recentemente, em outra decisão inédita, o diretor do Fórum de Santa Maria (RS), titular da 4ª Vara Cível e juiz substituto da 1ª Vara de Família da cidade, Rafael Pagnon Cunha, decidiu em favor da multimaternidade. Ele autorizou duas mães e um pai a registrarem o bebê em nome dos três. “Os fatos da vida são muito mais ágeis do que a legislação. O registro da criança vai ser um espelho da vida dela. Temos tantas situações em que as famílias se estruturam de outros modos. A documentação simplesmente vai acompanhar essa estruturação”, disse o magistrado.
O caso envolve duas mães que vivem juntas há mais de quatro anos. Com o desejo de ter um filho, elas propuseram a um amigo que participasse do projeto, sendo o pai do bebê. A gestação foi acertada e acompanhada pelos três, que, antes mesmo do nascimento da criança, procuraram a Justiça para garantir que a menina tivesse na certidão de nascimento o nome das duas mães e do pai. 

FONTE (1):
Com informações do Tribunal Regional Federal da 5ª Região e de reportagem de Luciana Salimen publicada site da AMB

Fonte (2): Blog de Marcos Bandeira

Recomende este blog!!!

Postagens populares

BLOGS PREFERIDOS

Jornal Eletrônico

Loading...

Reportagem

Loading...
Loading...

SPORT NEWS

Loading...

jogos on-line

jogos on-line
Google

Sites de Serviço

INSS

PENSAMENTO DO DIA

Loading...

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Informações Literárias

Loading...

Contos, Crônicas e Romances Postados

Romances

Romances
Autor: Rilvan Batista de Santana

Antologias (participação)

Antologias (participação)
Rilvan Batista de Santana Editoras: Scortecci (SP), Guemanisse Teresópolis (RJ) e ALL PRINT (SP).

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Perfil

Perfil
Administrador

rilvan.santana@yahoo.com.br

rilvan.santana@yahoo.com.br
Carregando...

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

QI

QI

Visita nº.

AmazingCounters.com

Estatística

Olhe a hora!!!

PARCERIAS







Casa do Editor

Bookess

Oncosul

GAPO

GAPO

Seguidores

Atenção, Senhores membros!

Atenção, Senhores membros!

Eglê

Eglê
Co-administradora

Expedita

Expedita
Colaboradora

J. Paula

J. Paula
Colaborador

A. Cabral

A. Cabral
Co-adminintrador

CULTURA

ALITA

Bíblia

Livros - Recanto das Letras

Livros - Recanto das Letras
Tecnologia do Blogger.