A Loira na Concessionária

A loira gostosíssima entra numa concessionária, escolhe o modelo mais caro e sem pechinchar, dispara pro vendedor:
- Vou levar este, mas com uma condição!
- Pois não?
- Quero que vocês instalem um pára-raios nele.
E sem disfarçar o sorriso o vendedor responde:
- Pára-raios? A senhora me desculpe, mas eu nunca ouvi falar de um carro que usasse um negócio destes!
- Ah, é? Aposto que você também nunca ouviu falar de sequestro-relâmpago! Rélou-ô!


Polarizações regionais

Merval Pereira
Pesquisas do Datafolha em seis estados e no Distrito Federal ajudam a entender melhor as razões por que os três principais candidatos à Presidência da República se encontram na situação atual de empate técnico entre a presidente Dilma Rousseff e a candidata do PSB, Marina Silva, deslocando para o terceiro lugar o candidato tucano, Aécio Neves.
Marina está à frente em dois dos três principais colégios eleitorais do país (São Paulo e Rio), enquanto Dilma lidera em Minas Gerais. Em Pernambuco e no Ceará, dois dos principais estados nordestinos, Dilma tem uma votação expressiva no Ceará, atingindo 57% das intenções de votos, como nos melhores momentos de sua votação em 2010, e Marina tem quase metade dos votos de Pernambuco, terra de Eduardo Campos.
Como se vê, o candidato do PSDB perde terrenos nos redutos que deveriam ser suas principais fontes de votos. Em Minas, está em terceiro lugar com apenas 22%, acima de sua média nacional de 14% mas bem abaixo de seu potencial. Em São Paulo, outro território do PSDB, Aécio Neves está com apenas 18% das intenções de voto, enquanto no Rio, onde montou um esquema paralelo de apoio com os partidos da base do governo, o Aezão (apoio a Aécio e Pezão) não funcionou até o momento. Aécio tem apenas 11% de votos no estado.
A disputa entre Dilma e Marina está bem expressa nos números estaduais. Onde uma vence com votação forte, como é o caso de Marina em São Paulo com 42%, Dilma vem bem votada com 23%, mesmo que seja uma votação abaixo de sua média nacional de 35%. Em Minas, dá-se o contrário: Dilma, que é mineira e venceu lá a eleição de 2010, está com 35% dos votos e Marina tem 27%.
A estratégia básica de Aécio Neves, que determinava toda a sua campanha, era tirar em Minas e em São Paulo uma votação suficiente para neutralizar a grande votação de Dilma Rousseff na região, que lhe deu em 2010 cerca de 10 milhões de votos de dianteira contra o PSDB. Na verdade, porém, até o momento quem está conseguindo neutralizar a influência da presidente no Nordeste é a candidata do PSB Marina Silva, que tem uma votação média de 30% nos estados nordestinos, baixando a média da presidente para 45% dos votos, e coloca uma dianteira em dois dos três maiores colégios eleitorais do país.
No Rio Grande do Sul, onde a senadora Ana Amélia lidera a corrida pelo governo do estado contra o candidato petista Tarso Genro, quem lidera a disputa presidencial é a presidente Dilma, apesar de a candidata do PP apoiar o tucano Aécio Neves. Dilma tem 38% das preferências e Marina, 30%, enquanto Aécio Neves fica em 15%. De maneira geral, as melhores taxas de intenção de votos da presidente Dilma correspondem aos estados onde a aprovação de seu governo é maior.
No Ceará, por exemplo, Dilma obtém seu melhor desempenho, tanto na simulação de 1º turno quanto na de 2º turno. Chega no 2º turno, contra Marina, a ter 60% dos votos. A aprovação ao governo Dilma no Ceará e em Fortaleza chega a 57% e 45%, ante 36% nacional. O Datafolha destaca que Dilma apresenta intenção de voto semelhante a sua média nacional em Minas Gerias (estado onde nasceu) no Rio Grande do Sul (onde exerceu parte da sua carreira profissional) e em Pernambuco (terra do seu padrinho político Lula).
Por outro lado, obtém taxas de intenção de voto menores nos estados onde a aprovação ao seu governo é mais baixa: em São Paulo e no Distrito Federal, o governo Dilma é reprovado, respectivamente, por 36% e 40% dos eleitores. A candidata Marina Silva recolhe seus melhores índices nas capitais, especialmente no Rio (41%) e no Recife (52%). A presidente Dilma vence em Porto Alegre (37%) e em Fortaleza (42%).
Também no Distrito Federal, onde Aécio Neves chegou a liderar a corrida presidencial quando competia com Eduardo Campos pelo PSB, Marina retomou a dianteira que já tivera em 2010, quando venceu a eleição na capital do país. Aécio hoje está empatado tecnicamente com a presidente Dilma em Brasília.

O Globo, 5/9/2014


Existem, por Domingos Guimaraens


para Caroline Valansi

existem poemas que se escrevem com palavras
o seu quero escrever com o corpo
com esse gosto de quando nossa pele se encosta
corrente elétrica atravessando a medula
existem poemas que se escrevem com tinta
o seu eu quero com água
este e aquele mundo submersos
onde com você eu posso respirar
Existem poemas que se escrevem sozinhos
o seu eu quero acompanhado
com sorrisos ou com lágrimas
dessas dores e delícias que são da vida
mas que só a gente sabe torcer
pra curar as feridas e fazer durar
mais um pouquinho
o prazer explosivo
de antes do amanhecer
existem poemas em silêncio
o seu eu quero aos berros
com gritos e sussurros
gargalhadas e gemidos
existem poemas que explicam
o seu eu quero com mistérios
pra desvendar
caça ao tesouro secreto
escondido onde nem você sabia
existem poemas que são aqui
o seu eu quero em todo lugar

Domingos Guimaraens nasceu no Rio de Janeiro em 1979 - É poeta e artista plástico. Pertence ao coletivo poético Os Sete Novos, ao lado de Augusto de Guimaraens Cavalcanti e Mariano Marovatto e, juntos, publicaram o livro Amoramérica. Domingos ajudou na organização do CEP 20000 (Centro de Experimentação Poética) por alguns anos, recentemente publicou o poema Um Épico pela Cartonera Caraatapa. Como artista plástico, pertence ao grupo Opavivará. Fonte: Noblat

A N O S O G N O S I A

Que alívio ter conhecimento disto!
Desde há uns tempos que andava preocupado porque:

1.Não me recordava dos nomes próprios;
2.Não me recordava onde deixava algumas coisas;
3.Quando estou a conversar e tenho que interromper o pensamento
por ser interrompido, tenho dificuldades de continuar com a conversa
no ponto em que a tinha deixado.
Enfim, creio que começava a pensar que tinha um inimigo
dentro da minha cabeça, cujo nome começa por Alz...

Hoje li um artigo que me deixou bem mais tranquilo,
por isso passo a transcrever a parte mais interessante:
"Se tu tens consciência dos teu problemas de memória,
então é porque ainda não tens problemas".

Existe um termo médico que se chama ANOSOGNOSIA,
que é a situação em que tu não te recordas temporariamente
de alguma coisa.
Metade dos maiores de 50 anos,
apresentam algumas falhas deste tipo,
mas é mais um fato relacionado com a idade do que com a doença.

Queixar-se de falhas de memória, é uma situação muito comum
em pessoas com 50 ou mais anos de idade.
Se traduz por não recordar um nome próprio,
entrar numa divisão da casa e esquecer-se
do que se ia lá fazer ou buscar,
esquecer o título de um filme, ator, canção,
não se lembrar onde deixou os óculos, etc. etc..

Muitas pessoas preocupam-se, muitas vezes em excesso,
por este tipo de esquecimento.
Daí uma informação importante:
"Quem tem consciência de ter este tipo de esquecimento,
é todo aquele que não tem problemas sério de memória.
Todos aqueles que padecem de doença de memória,
com o inevitável fantasma de Alzheimer, são todos aqueles
que não tem registro do que efetivamente se passa.

B. Dubois, professor de neurologia de CHU Pitié-Salpêtrière,
encontrou uma engraçada, mas didática explicação,
válida para a maioria dos casos de pessoas
que estão preocupadas com os seus esquecimentos:
  "Quanto mais se queixam dos seus problemas de memória,
menos possibilidades têm de sofrer de uma doença de memória".

Este documento é dedicado a todos os esquecidos que me recordo.
Se esquecer de compartilhar,
não se preocupe porque não será Alzheimer...
são os muitos anos que vos pesa dentro da vossa cabeça.

Cortesia de Eme Carmo
Investigar as raízes fortalece a árvore.







***A abelha atarefada não tem tempo para a tristeza."/William Blake

O palácio do Planalto!
Antonio Nunes de Souza*

Com o crescimento fantástico que as igrejas Batistas, Evangélicas e outras ramificações dentro das mesmas vertentes e ideologias, somos bombardeados diariamente com cultos, discursos, pronunciamentos, depoimentos, milagres, condenações e perdões, além de mais outras coisas, sendo que tudo é, conforme podemos compreender, com finalidades de nos levar ao caminho do céu, para ficarmos ao bendito lado Divino. Logicamente, uma verdadeira maravilha que, tranquilamente, amplia, cotidianamente, milhares de adeptos e seguidores!
Diante disse, casualmente, durante a noite começou a passar um desses programas, onde o Pastor pregador elogiava sem economizar adjetivos, a candidata Maria Silva. Fiquei ouvindo e vendo e terminei dormindo com aquela falação na cabeça e, como um passe de mágica, comecei a sonhar que já tinha passado as eleições, Marina tinha ganhado e, a partir do dia primeiro de janeiro já estava sendo publicadas no Diário Oficial da União, uma série de determinações, atos, decretos, etc., com obrigatoriedades a rígida e categórica força da nova presidenta. Como todos nós sabemos da sua condição de seguidora fanatizada da sua religião, não seria de estranhar que ela procurasse usar dessa linha bendita para resolver os problemas graves existentes no nosso país. E, no meu sonho super estranho, assim mesmo consegui gravar alguns trechos das medidas, que vou enumerar abaixo:
O1 – A partir da data do decreto o Palácio do Planalto passara a ser chamado de PALÁCIO DOS MILAGRES!
02 – A Câmara Federal o REDUTO DOS PECADORES
03 - O Senado será o CORVIL DE LUCIFER!!
04 - Os Ministérios serão as TOCAS DOS VELHOS CAPETAS!
Assim sendo, haverá cultos religiosos diariamente, que serão denominados de: A Noite dos Peculatos – A Benção das Lavagens de Dinheiro – O Perdão para as Licitações absurdas – Dois dias para os aumentos de lucros dos pobres Bancos – Um dia inteiro para a venda de frasquinhos de óleo do pré-sal para educar e acalmar o pobre povo – Corais apresentando cânticos na Granja do Torto, que passará a ser; A Granja do Certo – Exorcismos de hora em hora para retirar Satanás do corpo de bandidos políticos que são presos, continuam roubando, são soltos e reeleitos – A semana da Paz celestial que será realizada no Maracanã, ocasião em que todos marginais, vão pedir perdão a sociedade, jurarem arrependimento e acabarem com os assaltos, roubos, venda de drogas, seqüestros, etc.!
Então mediante esse comportamento singular e novíssimo, logicamente passaremos a ter um país maravilhoso, tudo isso em nome de Jesus! Nessa hora, com o barulho da TV ainda ligada em um filme de guerra, acordei assustado, vi que tudo tinha sido um sonho, desliguei a Tv e rezei dez Padres Nossos e vinte Ave Marias, pedindo a Deus que Dilma ganhe e que esse terrível sonho nunca se realize! Pois, o que estamos precisando é de uma reação igual a de Jesus Cristo que com um chicote e coragem, expulsou os aproveitadores que estavam usando um lugar que pertencia ao povo para arrecadarem dinheiro. Vamos continuar com o difícil saneamento!!!
Será que Marina está pensando que vai administrar uma paróquia de religiosos cordeiros obedientes, ou sabe tranquilamente, que o buraco é mais embaixo? Felizmente, como disse Peninha, tudo foi um SONHO!


*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras de Itabuna – antoniodaagral26@hotmail.com

A fé que salva  
Lc 7,36-50
 
Jesus entrou na casa do fariseu e sentou-se à mesa. Havia na cidade uma mulher que era pecadora. Quando soube que Jesus estava à mesa na casa do fariseu, trouxe um frasco de alabastro, cheio de perfume, postou-se atrás, aos pés de Jesus e, chorando, lavou-os com suas lágrimas.Então ela os enxugou com os seus próprios cabelos. Ela beijava os pés de Jesus e derramava o perfume neles. Quando o fariseu viu isso, pensou assim: "se este homem fosse, de fato, um profeta saberia quem é esta mulher que está tocando nele e a vida de pecado que ela leva". Jesus então, disse ao fariseu: - Simão, tenho uma coisa a lhe dizer: - Fale, Mestre!- respondeu Simão. Jesus disse: " Dois homens tinham uma dívida com um homem que costumava emprestar dinheiro. Um deles devia quinhentas de prata, e o outro, cinquenta, mas nenhum dos dois podiam pagar ao homem que havia emprestado. Então ele perdoou a dívida de cada um. Qual dele vai estimá-lo mais?" - Eu acho que é aquele que foi mais perdoado! - respondeu Simão. - Você está certo! - disse Jesus. E voltando-se para a mulher, disse a Simão: “Estás vendo esta mulher? Quando entrei na tua casa, não me ofereceste água para lavar os pés; ela, porém, lavou meus pés com lágrimas e os enxugou com seus cabelos. Você não me beijou quando cheguei; ela, porém, não pára de beijar os meus pés desde que entrei. Você não pôs azeite perfumado na minha cabeça, porém ela derramou perfume nos meus pés. Por isso te digo: os muitos pecados que ela cometeu estão perdoados, pois ela mostrou muito amor. Aquele, porém, a quem menos se perdoa, ama menos." Então Jesus disse à mulher: - Os seus pecados estão perdoados. Os que estavam sentados à mesa começaram perguntar: - Que homem é esse que até perdoa pecados? Mas Jesus disse à mulher: - A sua fé salvou você. Vá em paz.  
 
Comentário do Evangelho
Uma profissão de fé
sem palavras.
 
Jesus não se recusa ir à casa de quem quer que seja. Vai à casa até mesmo daqueles que lhe fazem oposição. É a terceira vez que é convidado e aceita ir à casa de um fariseu (5,29-32; 19,1-10). Estando à mesa na casa de Simão, o fariseu, uma pecadora da cidade entra na casa e faz como que os gestos típicos da lei de hospitalidade. A objeção de Simão informa o leitor que não se pode se deixar tocar por uma pecadora. Para responder à objeção do fariseu, Jesus conta uma parábola seguida imediatamente de uma pergunta a Simão. A parábola ressalta a gratuidade do credor: é ele quem perdoa, não importa qual o tamanho da dívida. Deus perdoou a mulher por sua fé em Jesus. Os gestos da mulher não exprimem simplesmente arrependimento, mas profunda fé naquele que a pode salvar. É uma profissão de fé sem palavras. Aqui, os gestos são muito mais eloquentes. Em Jesus ela encontra acolhida, pode experimentar a misericórdia de Deus e ver descortinar a possibilidade de uma vida nova. Não é em razão de sua fé que ela foi perdoada, mas a fé em Jesus é necessária para acolher o dom do perdão.
 
Oração
 
Pai, faze-me nutrir um amor tão entranhado a Jesus a ponto de não ter vergonha de manifestá-lo em nenhuma circunstância, mesmo correndo o risco de ser mal-compreendido

Fonte:www.paulinas.org.br 

video

Papo no Hospício

Dois loucos se encontram.
— Quem é você?
— Eu sou Jesus Cristo.
— Quem te falou isso?
— Deus!
— Eu te falei isso?

Elis, o fino da bossa

Arnaldo Niskier
O médico examinou o menino João Marcelo Bôscoli e o desenganou. Tem uma doença rara, ligada à lactose, e não há recursos da medicina para salvá-lo. A mãe, Elis Regina, não se conformou com o veredito. Pegou o filho no colo e passou a noite cantando para ele. No dia seguinte, quando o médico voltou, não entendeu nada. Quando soube do que se passara – e ele estava melhor – diagnosticou que a voz salvara a vida do filho. Foi um milagre.
Pode estar aqui a síntese perfeita do que Elis representou para a música brasileira, da qual é considerada a maior intérprete de todos os tempos. Começou a sua fulgurante carreira aos 14 anos de idade, em Porto Alegre, no Clube do Guri. Veio para o Rio na década de 60, trazida por Carlos Imperial, que era um conhecido caçador de talentos. Foi então que tive o prazer de entrevistá-la para a revista “Manchete”, em 1964, quando ela contou parte dos seu sonhos. Queria ser cantora, mas não desprezava o curso de formação de professores que havia feito em sua terra. “Quem sabe, posso fazer as duas coisas?” 
O seu destino estava traçado. Cantou no “Beco das Garrafas”, no Rio, e logo depois foi para São Paulo, onde brilhou no programa “O fino da bossa”, já então dirigida pelo produtor e meu amigo Ronaldo Bôscoli, ao lado de Luís Carlos Miele. Abandonou o cabelo estilo “bolo de noiva” e foi convencida a adotar o modelo “Joãozinho”, bem curto, com o qual se consagrou. A influência de Bôscoli foi tão forte que acabaou se apaixonando por ele. Casaram, tiveram o filho João Marcelo, hoje produtor musical, mas foi uma vida de muitas brigas. Dois temperamentos difíceis e houve a separação. Elis ficou com muita raiva de Ronaldo e impediu que ele visse o filho.
Foi aí que entrei mais uma vez na vida deles. Um dia, o Ronaldo me liga e pergunta se conheço um determinado Juiz de Família. Era meu amigo de infância. “Preciso que ele autorize as visitas ao meu filho, estou morrendo de saudade.” Falei com o amigo, que foi sensível ao meu apelo. Consegui aplacar a ira da grande cantora que, enquanto isso, acumulava prêmios em programas de rádio e televisão, com sucessos como “Madalena”, “O Bêbado e a Equilibrista” e “Águas de Março”.
Jobim, Tim Maia, Ivan Lins, Edu Lobo, Jair Rodrigues e outros astros. Todos elogiavam a sua incrível afinação, como demonstrou cantando “Arrastão”, em 1965, no Festival da TV Excelsior. Variou da bossa nova ao samba, ao rock e ao jazz, com estilo nitidamente influenciado pela grande Angela Maria.
Elis não foi longe. Morreu aos 36 anos de idade, em São Paulo, diante da comoção nacional. Deixou três filhos e uma legião de aficionados, que agora curtem no Rio de Janeiro ( Teatro Oi Casa Grande ), pela poderosa voz de Laila Garin, toda a felicidade e amor, a melancolia e o mistério da nossa maior intérprete.

Jornal do Commercio - RJ, 24/01/2014


Marina afirma que 'sabe o que é passar fome'




A campanha da candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, veiculará nesta terça-feira, 16, um programa no qual ela diz que quem já passou fome como ela jamais acabaria com o Bolsa Família. A declaração, feita por ela durante um comício realizado em Fortaleza (CE) na sexta-feira passada, foi gravada e será será usada na peça publicitária que vai ao ar no horário eleitoral da noite desta terça.
O programa será divulgado pela campanha como resposta aos boatos vindos de adversários que acusariam Marina de cogitar o fim do Bolsa Família.

Com a voz embargada, Marina endereça o discurso à presidente Dilma Rousseff e afirma que não combaterá as críticas da petista com "as mesmas armas". "Dilma, fique ciente: não vou lhe combater com suas armas. Vou lhe combater com a nossa verdade", diz Marina no programa. "Nós vamos manter o Bolsa Família. Sabe por quê? Eu sei o que é passar fome".

Em seguida, a candidata do PSB relembra de sua infância, quando diz que teve que dividir com mais sete irmãos "um ovo, um pouco de farinha, sal, com palhinhas de cebola picada". Ao falar sobre a mãe, que deixava toda a comida para os filhos, Marina interrompe por alguns instantes o discurso para não chorar. E retoma: "Lembro de ter perguntado para a minha mãe e para o meu pai: ‘vocês não vão comer?’. E minha mãe respondeu: ‘nós não estamos com fome’. E uma criança acreditou naquilo".

No discurso, Marina afirma que depois ela compreendeu que os pais já estavam há um dia sem comer. "Quem viveu essa experiência jamais acabará com o Bolsa Família. Não é um discurso. É uma vida".

Ter e manter um filho Rosely Sayão


“Há tipos de sacrifício que os pais faziam pelos filhos e que foram substituídos pelo sacrifício financeiro. O verdadeiro custo, este não pode ser colocado em números porque é pessoal. Mas é certo que esse custo sempre é alto, mesmo quando não reconhecemos isso.” Ter e manter um filho custa caro, segundo reportagens em revistas, jornais, etc. Nelas, há contas, inclusive, que apontam valores que a presença de um filho acrescenta ao orçamento da família. E isso se estende por uns 20 anos, mais ou menos. Ou mais, muitas vezes bem mais. No mundo do consumo, o valor financeiro das coisas é que está em questão. Por isso, quando alguém planeja ter um filho, considera primeira e antecipadamente o custo financeiro dele para, então, se preparar, se planejar. Ou postergar ou até mesmo desistir. Quem não conhece mulheres e homens que fazem ou já fizeram um tremendo sacrifício financeiro em nome do filho? Festas de aniversário com direito a recreacionistas, bufês, lembrancinhas etc.; viagens ao exterior; calçados ou roupas caras porque da moda; brinquedos e traquitanas tecnológicas de última geração; e mais: carro, escola, cursos extracurriculares, altas mesadas, aprendizado de língua estrangeira no exterior etc. Quase nada disso podemos considerar como absolutamente necessário, mas tudo é, certamente, altamente desejado pelo filho ou pelos anseios dos pais em relação ao filho. A lista é enorme e não para por aí. Os filhos querem, querem, querem, querem sempre mais. Nunca estão satisfeitos. E os pais trabalham, trabalham, trabalham cada vez mais para ganhar mais e, assim, tentar satisfazer as necessidades e os caprichos do filho, que quase sempre custam bem caro. Conheço mães e pais que fizeram financiamentos, parcelaram uma grande quantia de dinheiro em inúmeras prestações, abdicaram de gastos pessoais, tudo para dar ao filho um “book” ou um belo “look”. Há também os que fazem esses gastos para garantir seu próprio sossego. Afinal, a criançada e a moçada aprenderam muito bem como lutar para conseguir o que querem, não é verdade? Mas, há outros tipos de sacrifício que os pais faziam pelos filhos e eles foram, quase todos, substituídos pelo sacrifício financeiro. Uma cena do filme “Billy Elliot” mostra um desses tipos de sacrifício. O filme se passa em uma pequena cidade da Inglaterra nos anos 80. O protagonista é um garoto de 11 anos que se apaixona pelo balé, mas seu pai, um trabalhador comprometido com o movimento grevista dos mineiros, não aceita a escolha do filho até o momento em que se dá conta da possibilidade de o garoto ter uma vida melhor que a sua, dedicando-se ao balé. É nesse momento que ele sacrifica suas convicções -ideológicas e trabalhistas-, deixa de honrar a greve da qual participava ativamente para possibilitar ao filho a busca de seu sonho. Sim, ter e manter um filho custa caro, mas não vamos considerar agora o custo financeiro da questão. Vamos considerar o custo pessoal. Ter um filho custa horas de sono e muitas preocupações; custa mudanças de vida temporárias e renúncias; custa a necessidade de disponibilidade pessoal constante; custa abdicar de sonhos e projetos; custa paciência quando ela já se foi, custa perseverança mesmo quando cansados, e muito mais. É: realmente, ter filho custa bem caro, mas para se ter uma ideia aproximada desse custo, precisamos deixar de priorizar o custo financeiro que o filho acarreta. O verdadeiro custo, este não pode ser colocado em números porque é pessoal. Mas é certo que esse custo sempre é alto, mesmo quando não reconhecemos isso.

 - See more at: http://www.antroposofy.com.br/wordpress/ter-e-manter-um-filho/#sthash.VfkzFatU.dpuf

“Sabes o que é amar-me de verdade?”


Certa vez enquanto fazia oração, senti-me invadida por uma felicidade muito íntima.
Santa Teresa D'Ávila
Todavia considerando-me indigna de tal favor, comecei a pensar que merecia, com maior razão, estar naquele lugar que me estava destinado no inferno.
O modo pelo qual nele me vi nunca me sai da memória. Com esta consideração, minha alma começou a inflamar-se mais. Sobreveio-me um arrebatamento de espírito que não sei descrever.
Parecia-me estar imersa e repleta daquela majestade que já de outras vezes tenho entendido.
Nessa majestade compreendi uma verdade que é a plenitude de todas as verdades. Não sei dizer como, porque nada vi. Disseram-me – não sei quem, mas bem entendi ser a mesma Verdade:
“Não é pouco isto que faço por ti: é uma das maiores graças de que me és devedora. Todo dano que vem ao mundo é porque os homens não conhecem com clareza as verdades da Escritura, da qual nem um til se deixará de cumprir.”
Veio-me ao pensamento que sempre o havia crido e que todos os fiéis o creem. O Senhor voltou a dizer-me:
“Filha, quão poucos me amam verdadeiramente. Se me amassem, não lhes encobriria meus segredos.
Sabes o que é amar-me de verdade? É compreender que tudo quanto não me agrada é mentira. Claramente verás isto, pelo fruto que sentirás em tua alma e que agora não entendes?”
Assim tem acontecido, Deus seja louvado! Desde então tudo que vejo não ir endereçado ao serviço de Deus, de tal modo me parece vaidade e mentira, que não saberia exprimir até que ponto o entendo.
Que lástima sinto pelos que vivem em trevas acerca desta verdade!

Santa Teresa D’Avila, Livro da vida, Cap. 40, n.1-2.

Fonte: osegredodorosario.blogspot

Amor América, por Domingos Guimaraens


A maior cena de amor Americana não é nenhum beijo de Humphrey Bogart e Ingrid Bergman. Não tem Deborah Kerr nem Gregory Peck, não é aquele beijo do soldado na enfermeira no final da Segunda Guerra Mundial. A maior cena de amor Americana é Jacqueline Kennedy Onassis subindo em desespero a capota daquele Ford modelo Lincoln para catar os pedaços explodidos da cabeça de John Fitzgerald Kennedy. São algumas dezenas de fotogramas da primeira dama em transe, ensangüentando as mãos nos miolos daquele 22 de novembro de 1963. Lee Harvey Oswald matou Kennedy. Dois tiros cirúrgicos, um no pescoço e outro fatal na cabeça. Foi você mesmo Oswald?! Não! Oswald o teria devorado! Lee Harvey ex-marine. Até tu Brutus?! É presidente, quem deu o tiro foi um dos teus... Naquele dia D of the Big D, Dallas city. Don´t you mess with Texas, Mr. President. Sempre que vejo um beijo em preto e branco ou escuto ao longe o Sam tocando de novo em Casa Blanca, lembro de Dona Jacqueline ajoelhada no carro, já funerário, atrás do cérebro espatifado do marido. Amar é ter nas mãos essa massa cinzenta que pensava a América! Cinzenta como a Lua que ele queria conquistar. Flicts. É presidente, naquele 20 de julho de 1969 lembrei de suas palavras. Um homem na lua. E você, o que teria pensado Kennedy ao ver na distância aquele foguete Saturno V cortando os céus como a bala que cortou o ar até a sua cabeça?! A small trigger for a man’s finger but a giant blow for a human head! Dona Jacqueline catando miolos para alimentar mortos vivos! Miolos! Miolos! Nada é por acaso nessa vida. Lincoln morreu na sala Ford do teatro Kennedy. Kennedy morreu num Ford modelo Lincoln. É, nada é por acaso nessa vida. Sempre que penso no amor na América penso em Dona Jacqueline ajoelhada, apavorada, apaixonada, com as mãos empapadas de sangue, catando a cabeça explodida do marido.
E Pelé disse: Love, Love and Love!


Domingos Guimaraens nasceu no Rio de Janeiro em 1979 - É poeta e artista plástico. Pertence ao coletivo poético Os Sete Novos, ao lado de Augusto de Guimaraens Cavalcanti e Mariano Marovatto e, juntos, publicaram o livro Amoramérica. Domingos ajudou na organização do CEP 20000 (Centro de Experimentação Poética) por alguns anos, recentemente publicou o poema Um Épico pela Cartonera Caraatapa. Como artista plástico, pertence ao grupo Opavivará.

“Eu nunca imaginei, por mais criativa que eu fosse, que depois de 30 anos lutando no PT, depois de ter enfrentado jagunço, depois de lutar tanto pelo Lula, que seriam eles que iriam fazer de tudo para me destruir, usando os mesmos argumentos, os mesmos preconceitos" – Marina Silva, candidata à Presidência da República pelo PSB, alvo de artilharia pesada do PT


Bons Modos

Durante a aula, a professora lança um desafio aos alunos:
— Zezinho, se você estivesse namorando uma moça fina e educada e, durante um jantar com ela, você precisasse ir ao banheiro, o que você diria?
— Ahhh, professora... Eu diria pra ela: "Segura aí que eu vou dar uma mijadinha!"
— Que feio, Zezinho! Uma completa falta de educação com uma dama... E você, Juquinha?
— Eu diria: "Me desculpe, mas preciso ir ao banheiro... Espera aí que eu já volto!"
— Melhorou, mas ainda tá ruim... Joãozinho, o que você diria?
— Ahhh... Eu diria: "Minha prezada senhorita, peço licença para ausentar-me por um momento, pois vou estender a mão a um grande amigo que pretendo lhe apresentar depois do jantar!"

Pathos, Sérgio Cohn


o sopro de veneno no ouvido, o jorro
impossível assaltando os olhos, luzes
intermitentes, tantas luzes
no azul manto escuro, um passo,
então silêncio, uma árvore
se sobressai no mercúrio, o verde
de tantos matizes, a cadência
dos tons. rico universo de uma só cor
e tantas dimensões pressentidas.
uma árvore, poderia chamar-lhe
pau-ferro, caesalpinía férrea,
mas é uma apenas uma árvore
à beira do caminho.
catedral ao avesso, sacraliza o ao redor.
as formas tatuadas no seu tronco,
rostos tão estranhos, uma folha cai.
é possível perceber nosso semblante
em suas nervuras, a reciprocidade
do espanto, ou sentar-se
a observar os cristais de orvalho,
mônadas no ventre do tempo.
uma árvore, convite.
nela ver o mundo,
missiva do imponderável.

Sérgio Cohn (São Paulo, 16 de abril de 1974) - Além de poeta é editor da Azougue Editorial. Publicou: Lábio dos Afogados (São Paulo: Nankin Editorial, 1999); Horizonte de Eventos (Rio de Janeiro, Azougue Editorial, 2002); O Sonhador Insone (Rio de Janeiro, Azougue Editorial, 2006). Como editor, organizou livros de Celso Luiz Paulini, Jorge Mautner, Vinicius de Moraes, entre outros. Além de ter realizado livros como 'Nuvem Cigana - Poesia e Delírio no Rio na Década de 1970' e Poesia.Br - Poesia Brasileira das Origens ao Século XXI.

Nefelibata ou Águas de março reloaded, por Domingos Guimaraens


“- Trate de tomar sua sopa, seu maluco, mercador de nuvens.”
Charles Baudelaire
chove há tanto tempo
chove há tantos dias
chove há tantas eras
que parece que o certo
é mesmo o mundo assim
chovendo
mesmo que chovendo no molhado
olhando as nuvens
na contraluz elétrica da cidade
vai dando um medo
medo de que o mundo esteja mesmo é nas nuvens
que os prédios se condensem
e que caiam gotas de apartamentos
para o céu

Domingos Guimaraens nasceu no Rio de Janeiro em 1979 - É poeta e artista plástico. Pertence ao coletivo poético Os Sete Novos, ao lado de Augusto de Guimaraens Cavalcanti e Mariano Marovatto e, juntos, publicaram o livro Amoramérica. Domingos ajudou na organização do CEP 20000 (Centro de Experimentação Poética) por alguns anos. Como artista plástico, pertence ao grupo Opavivará

Pare de ser manipulado!
Antonio Nunes de Souza*

Depois que começou o famigerado e útil “horário eleitoral”, principalmente nas televisões, mesmo sendo chato e desagradável, descobri que, vale a pena assisti-lo com atenção, ouvir e analisar as expressões faciais, palavras, conteúdos e, cuidadosamente, verificar até quanto existem verdades nos falatórios expostos sem nenhum critério de veracidade, que seja realizável durante suas desejadas gestões administrativas, legislativas, etc.
Se você tiver o cuidado de ouvir as tradicionais promessas feitas pelos novos, antigos e presentes que querem reeleições, sem que tenham ditos porque que foram eleitos, passando apenas como sugadores públicos, vamos chegar a conclusões tão idiotas quanto deslumbrantes. Pois, na conclusão paradoxal, teremos uma confissão de inoperância e, ao mesmo tempo, uma torrente de acusações idiotas querendo dizer que, com sua volta ou sua entrada, tudo vai ser diferente. Uma incoerência tanto mentirosa como também recheada de falsidades!
Os que outrora ocuparam cargos expressivos, inclusive governamentais, falam com uma simplicidade absurda que falta educação, segurança, saúde, estradas, empregos, moradias, creches e, praticamente, tudo que o povo precisa no seu cotidiano. Pergunto eu: Por que eles não fizeram nada disso quando estavam nos poderes? Por que razões querem cobrar que tudo está errado, quando o povo, mesmo distraidamente, sente na pele e no corpo grandes melhoras? Será que o povo vai se deixar levar por esses sagazes políticos que apenas almejam o poder político, não realizando nada e, quando muito, algumas pequenas obras de enganações nos seus municípios de origem?
Se formos acreditar nas promessas feitas e nas suas realizações futuras, que são ditas com bastantes veemências, não precisaria escolher quem quer que seja, pois, todos eles estão dispostos e se dizem competentes para colocar o nosso país como o melhor do mundo, dando inveja até a S. Pedro que é o guardião do paraíso divino! Bastava fazer um sorteio e votar em qualquer um que os resultados do futuro já estão mais que conhecidos.
Espero que o povo despreze essa manipulação velha e desgastada e vote naqueles que estão apresentando bons resultados para todos os brasileiros, tornando nosso país uma potencia mundial reconhecida, uma Bahia com perspectivas de grandes obras já realizadas, em andamentos e outras projetadas para um futuro bem próximo, continuando uma governabilidade promissora. O que não deve é jamais votar no retrocesso, entregar nosso Estado para aqueles que nada provaram de competentes, mostrando que é de fácil manipulação e deixando de proteger a nossa Bahia e o nosso Brasil.
Mostre nas urnas que você faz parte da política brasileira, sua opinião tem validade e que reconhece quem tem capacidade de representá-lo dignamente, trabalhando pelo povo, com o povo e para o povo!!!
Tenha cuidado com essas inovações apresentadas de última hora, como se a solução fosse, pois, se tudo der errado como se espera em função da inexperiência e fragilidade, teremos que lamentar, profundamente, quatro anos de sofrimentos e arrependimentos. Não faça aventuras que você não é “Tarzan”!


*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras de Itabuna – antoniodaagral26@hotmail.com  

Virgem e Mártir: conheça a belíssima história desta Santa

Regina (Reine, seu nome no idioma natal), viveu no século III, em Alise, antiga Gália, França. Seu nascimento foi marcado por uma tragédia familiar, especialmente para ela, porque sua mãe morreu durante o parto.
Por essa razão a criança precisou de uma ama de leite. Foi ela que a inspirou nos caminhos da verdadeira fé e da virtude.
Na adolescência, a própria Regina pediu para ser batizada no cristianismo, embora o ambiente em sua casa fosse pagão.
A cada dia, tornava-se mais piedosa e tinha a convicção de que queria ser esposa de Cristo. Nunca aceitava o cortejo dos rapazes que queriam desposá-la, tanto por sua beleza física como por suas virtudes e atitudes, que sempre eram exemplares.
Ela simplesmente se afastava de todos, preferindo passar a maior parte do seu tempo reclusa em seu quarto, em oração e penitência.

Entretanto o martírio de Regina começou muito cedo, e em sua própria casa. O seu pai, um servidor do Império Romano chamado Olíbrio, passou a insistir para que ela aprendesse a reverenciar os deuses.
Até que um dia recebeu a denuncia de que Regina era uma cristã. No início não acreditou, mas decidiu que iria averiguar bem o assunto.
Quando Olíbrio percebeu que era verdade, denunciou a própria filha ao imperador Décio, que procurou pervertê-la por meio de promessas vantajosas caso renegasse Nosso Senhor Jesus Cristo.
Ao perceber que nada conseguiria com a bela jovem, muito menos demovê-la de sua fé, ele friamente a mandou para o suplício. Regina sofreu todos os tipos de torturas e foi decapitada.


O culto à Santa Regina difundiu-se por todo o mundo cristão, sendo que suas relíquias foram várias vezes transladadas para várias igrejas.

Ville de Sainte-Reine (Bretagne-France).
Local onde foi sepultada Santa Regina
Até que, no local onde foi encontrada a sua sepultura, foi construída uma capela, que atraiu grande número de fiéis que pediam por sua intercessão na cura e proteção.
Logo em seguida surgiu a construção de um mosteiro e, ao longo do tempo, grande número de casas.
Foi assim que nasceu a charmosa vila Sainte-Reine, isto é, Santa Rainha, na França.
Esta festa secular ocorre, tradicionalmente, em todo o mundo cristão, no dia 7 de setembro.


Fonte: paulinas.org


O pódio das frutas

As mais energéticas:
Açaí (495 kcal em 1 tigela pequena)
Abacate (235 kcal em 1/2 unidades)
Caqui (90 kcal por unidade)
Figo (90 kcal por 3 unidades)
As menos energéticas:
Melão (20 kcal em 1 fatia)
Pêssego (25 kcal em 1 unidade)
As mais ricas em fibras:
Açaí (35 g em uma tigela pequena)
Goiaba (10 g em 1 unidade)
As mais ricas em carotenóides:
Manga (3600 mcg em 1 unidade)
Caqui (1800 mcg em 1 unidade)
As mais ricas em vitamina E:
Abacate (230 mg em 1/2 unidade)
Açaí (90 mg em 1 tigela pequena)
As mais ricas em potássio:
Banana (350 mg em 1 unidade)
Uva (296 mg em 1 xícara)
As mais ricas em vitamina C:
Goiaba (370 mg em 1 unidade)
Morango (110 mg em 1 xícara)
As mais ricas em cálcio:
Açaí (236 mg em 1 tigela pequena)
Tangerina (40 mg em 1 unidade)
As mais ricas em magnésio:
Abacate (100 mg em 1/2 unidade)
Banana (30 mg em 1 unidade)
As mais ricas em ferro:
Açaí (25 mg em 1 tigela pequena)
Amora (5 mg em 1 copo médio)

Frutas para esportistas
Os esportistas estão sujeitos a algumas condições que podem ser prevenidas e aliviadas com as frutas.
Anemia:
Açaí, Amora, Carambola
Artrite:
Abacaxi, Ameixa e Maçã
Cãibras musculares:
Banana, Laranja e Melão
Diarréia:
Maçã sem casca e banana-maçã
Digestão pesada:
Combinar as refeições pesadas com o abacaxi
Prisão de ventre:
Maçã com Casca, Ameixa e Figo
Fadiga:
Banana, Uva e Figo
Retenção de líquidos:
A maioria das frutas, por possuir potássio, pode provocar maior perda de líquido.
Baixar o colesterol:
Maçã, Pêra, Abacaxi e Pêssego

Ameixa, tônico antiestresse
Contém alta quantidade de fibra sorbitol que estimulam o movimento intestinal e favorecem a evacuação. Dependendo da coloração da fruta, a quantidade de vitaminas que possuem pode variar: as claras são as mais doces e ricas em carotenos, e as com coloração escura contêm mais ferro. Sua riqueza em vitaminas B e C torna essa fruta uma aliada contra o estresse e o suco de ameixa alivia a gota, o reumatismo, a artrite e problemas articulares.

Damasco, a fruta da pele
Tem alto teor de caroteno (provitamina A), vitamina que previne o câncer, regenera os tecidos, e favorece o bronzeado. É rica em ferro, magnésio, potássio, zinco e vitaminas B1, B2 e C. Um verdadeiro coquetel contra a fadiga. E só tem 47 kcal.

Figo, para os ossos
Tem cálcio, por isso, é recomendado para esportistas e ajuda a prevenir a osteoporose. Contém benzaldeido, um agente anticancerígeno, flavonóides e uma enzima chamada ficina que ajuda a digestão das proteínas. Além disso, possui ferro, potássio e fibra. As avós utilizavam o látex branco (líquido que sai da planta ao ser cortada) para eliminar as verrugas. Na ásia, o figo é considerado um afrodisíaco natural.

Maçã, o presente de Eva a saúde
Ela é rica em fibra solúvel, regula o colesterol, protege o coração e equilibra a função intestinal, tanto no caso de diarréia como de prisão de ventre. Contém vitamina C, potássio e é hidratante.

Banana, a barrinha energética
É o alimento dos campeões. Uma comida rápida, ideal para recarregar as energias. Quanto menos maduras, mais ricas em amido. A banana previne as cãibras musculares por sua riqueza em potássio. Também tem magnésio e vitamina B6, vital para levantar seu ânimo e ajudar no metabolismo do corpo.

Melão, o diurético mais natural
É típico das frutas de verão. É rica em potássio (diurético), betacaroteno, vitaminas e com poucas calorias. Quanto mais amarelo o melão, maior é a quantidade de carotenos - responsáveis pelo cuidado de sua pele, melhorando também o seu bronzeado. É considerada uma fruta anticoagulante e um aliado na prevenção de trombose e infartes.

Pêssego, a fruta saborosa
Rica em vitamina C e potássio. Regula o intestino, pois é rico em fibras. Tem baixo teor calórico.

Açaí, o pentacampeão
Esta frutinha amazônica, muito badalada entre os esportivas, sem dúvida nenhuma é pura energia! Rico em vitamina E, o açaí pode ser considerado um poderoso antioxidante. Além de ser rico em cálcio e ferro, que auxiliam na efetiva contração muscular. O alto teor de fibras pode ser ainda maior quando na tigela de açaí vai granola misturada.

Nectarina, o pêssego de pele suave
É uma fruta muito parecida com o pêssego. Contêm provitamina A, vitamina B3, ácido fólico, potássio e fibra. Ajuda a regular o colesterol.

Pêra, para refrescar
A pêra é uma fruta que deve ser ingerida madura. É rica em pectina, fibra que regula o intestino melhorando a flora intestinal; contém minerais como o selénio (antioxidante), zinco (aumenta a imunidade) e potássio (diurético e hipotensor). Para os esportistas é uma fruta muito completa.

Abacaxi, para digestão
A cozinha oriental combina pratos com carnes e abacaxi porque favorece a digestão das proteínas. Essa fruta tem uma enzima chamada bromelina. É rica em vitamina C.

Melancia, menos calorias
Se seus problemas são os quilinhos a mais, encha sua geladeira de melancia. Você vai poder comer quantos pedaços quiser, pois é a fruta que tem menos calorias (18 kcal/100 g). É rica em água, fibra, potássio (diurético),                        vitaminas A, B6 e C e magnésio.

Uva, limpa seu corpo das toxinas
Uma das frutas que trazem mais benefícios para a saúde. É remineralizante, diurética, depurativa, energética. Contêm taninos adstringentes, polifenois, resverastrol (principalmente nas uvas escuras) e substâncias com capacidade antitumoral. Uma alimentação rica em uvas garante boa saúde e limpa seu organismo de toxinas.








 Fonte: Recebi sem indicação.
















Recomende este blog!!!

Postagens populares

BLOGS PREFERIDOS

Jornal Eletrônico

Loading...

Reportagem

Loading...
Loading...

SPORT NEWS

Loading...

jogos on-line

jogos on-line
Google

Sites de Serviço

INSS

PENSAMENTO DO DIA

Loading...

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Informações Literárias

Loading...

Contos, Crônicas e Romances Postados

Romances

Romances
Autor: Rilvan Batista de Santana

Antologias (participação)

Antologias (participação)
Rilvan Batista de Santana Editoras: Scortecci (SP), Guemanisse Teresópolis (RJ) e ALL PRINT (SP).

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Perfil

Perfil
Administrador

rilvan.santana@yahoo.com.br

rilvan.santana@yahoo.com.br
Carregando...

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

Visita nº.

AmazingCounters.com

Estatística

Olhe a hora!!!

PARCERIAS







Casa do Editor

Bookess

Oncosul

GAPO

GAPO

Seguidores

Atenção, Senhores membros!

Atenção, Senhores membros!

Eglê

Eglê
Co-administradora

Expedita

Expedita
Colaboradora

J. Paula

J. Paula
Colaborador

A. Cabral

A. Cabral
Co-adminintrador

CULTURA

ALITA

Bíblia

Livros - Recanto das Letras

Livros - Recanto das Letras
Tecnologia do Blogger.