O islã, judeus e cristãos

José Sarney
SE HÁ UM POVO sofrido é o curdo. A história não tem sido generosa com eles. Seu sofrimento é milenar. Agora, uma vez mais, eles estão no meio de um massacre. Pelo que eles lutam há séculos? Por uma nação independente, que se chamaria Curdistão.
Eles têm língua e costumes próprios, e são muçulmanos. Acontece que estão espalhados: 34% moram na Turquia, 26% no Iraque, 6% na Síria e 6% no Irã. Esses números eu recolhi de um livro excelente e muito bem escrito, que é "Sobre o Islã", de Ali Kamel.
Já escrevi várias vezes sobre os curdos, desde o massacre a gás feito por Saddam, em 1991, em Kirkuk, passando por episódios da guerra até este ano sobre o genocídio de Sinjar. Acontece que, como acentua Ali Kamel, o Iraque não é um caldeirão de etnias. Há apenas duas: árabes e curdos. A grande divisão é entre xiitas e sunitas. Os curdos são em maioria muçulmanos sunitas.
O livro de Kamel ajuda a compreender o mundo de controvérsias e coincidências entre as três religiões monoteístas vindas de Abraão -judeus, cristãos e muçulmanos- e a convergência de seus princípios básicos.
Só quem visita aquela região, como eu fiz há oito anos, à Síria e ao Egito, e há dois anos, à Jordânia, vendo como seus povos se subdividem em seitas, ritos e grupos, pode compreender como é complexo o que ali acontece e como é difícil encontrar soluções. Houve mesmo uma reunião do InterAction (organização de ex-chefes de Estado e de governo de que faço parte) com teólogos católicos, protestantes, muçulmanos, judeus, budistas, hinduístas e confucionistas na tentativa de descobrir um caminho de entendimento para a humanidade.
É essa busca de desfazer equívocos e encontrar esse terreno comum que descreve o livro de Ali Kamel.
Nesses debates foi encontrado um ponto em comum entre todas elas: "Não façam a ninguém aquilo que não querem que lhe façam".
Fiquei impressionado quando li sobre a lei islâmica, conhecida como Charia, que se baseia em normas fixas, quase regimentais, e chega a detalhes incríveis, curiosidades para nós, até mesmo regras sobre depilação, remoção de sobrancelhas, coito interrompido, não abandonar a mulher nos dias de menstruação, abate de animais cortando a cabeça e tantas e tantas normas, que as sucessivas gerações não flexibilizaram.
O livro do Ali Kamel é um repositório fantástico de informações e dados nunca antes revelados em língua portuguesa e envolve sobre o assunto um saber enciclopédico, que merece ser conhecido e lido.

Folha de S. Paulo (SP) 26/10/2007

SONETO DE NATAL

Um homem, — era aquela noite amiga,
Noite cristã, berço no Nazareno, —
Ao relembrar os dias de pequeno,
E a viva dança, e a lépida cantiga,
Quis transportar ao verso doce e ameno
As sensações da sua idade antiga,
Naquela mesma velha noite amiga,
Noite cristã, berço do Nazareno.
Escolheu o soneto... A folha branca
Pede-lhe a inspiração; mas, frouxa e manca,
A pena não acode ao gesto seu.
E, em vão lutando contra o metro adverso,
Só lhe saiu este pequeno verso:
"Mudaria o Natal ou mudei eu?"

Machado de Assis

Texto extraído do livro "
Poesias Completas - Ocidentais", 1901, pág. s/nº.


--
Faze de tua vida NATAL a todo instante."-Irmão José/Carlos A. Baccelli

video



Enviado por Edilson José de Santana - Salvador (BA)

Brasil ganha três novos instrumentos para conservação de sua flora
 
 
 
Um ano após o lançamento do Livro Vermelho da Flora do Brasil, vencedor do Prêmio Jabuti 2014, o Jardim Botânico do Rio de Janeiro, por meio do Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora, lançou três novas publicações de importância fundamental para a conservação da biodiversidade em nosso país. 
 
O livro Áreas Prioritárias para Conservação e Uso Sustentável da Flora Brasileira Ameaçada de Extinção mapeia as localidades no território nacional onde ações para reduzir o risco de extinção de espécies da flora brasileira podem ser mais efetivas, visando alcançar a Meta 11 do Plano Estratégico para a Conservação da Biodiversidade de Aichi (CDB) até 2020. O trabalho é resultado de uma parceria com o Laboratório de Biogeografia da Conservação da Universidade Federal de Goiás (CB-Lab/UFG).
 
O Plano de Ação Nacional para Conservação do Faveiro-de-Wilson é uma parceria com a Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte. O faveiro-de-wilson é uma espécie encontrada somente em Minas Gerais, e da qual restam apenas 246 indivíduos.
 
Já o Livro Vermelho da Flora do Brasil - Plantas Raras do Cerrado é uma continuação do trabalho de avaliação do risco de extinção de espécies da flora brasileira, desta vez tratando exclusivamente do universo das plantas raras de  um dos biomas brasileiros mais ameaçados.
 
A cerimônia de lançamento, em 15 de dezembro, aconteceu na Escola Nacional de Botânica Tropical, com a presença da Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. As três publicações têm caráter oficial e visam subsidiar os tomadores de decisão com informação científica qualificada para orientar as iniciativas de conservação.
 
Ministério do Meio Ambiente oficializa lista das espécies da flora ameaçada de extinção
A lista de espécies ameaçadas da flora brasileira preparada pelo Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora, do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, foi publicada pelo Ministério do Meio Ambiente - MMA, na última quarta-feira, 17/12. Essa publicação representa um grande avanço do país, não só no aumento do esforço amostral de avaliação de espécies de flora empreendido pelo CNCFlora, que avaliou mais de 4.600 espécies, mas também na capacidade do MMA de oficializar as espécies propostas. No documento publicado pelo MMA houve a oficialização das espécies indicadas como ameaçadas no Livro Vermelho da Flora do Brasil, publicado no final de 2013. A nova lista oficial reconhece e protege 2.113 espécies de plantas ameaçadas de extinção. Para conhecer o Livro Vermelho da Flora do Brasil lançado pelo Jardim Botânico, em 2013, 

Descobertas duas novas espécies no Rio de Janeiro 
Os pesquisadores Lívia Temponi, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, e Marcus Nadruz Coelho, do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, publicaram artigo na revista Phytotaxa nº 188 (3), com a descrição de duas novas espécies de plantas endêmicas do Rio de Janeiro. Elas foram batizadas como Anthurium cronembergerae e Anthurium. sakuraguianum, e ocorrem em áreas úmidas na Floresta Atlântica.



Pesquisador do JBRJ é contemplado no edital Cientista do Nosso Estado
O pesquisador Gilberto Amado Filho teve o projeto "Reconstrução paleoecológica da plataforma continental carbonática brasileira" aprovado no disputado edital Cientista do Nosso Estado (CNE) da Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro - Faperj.
O resultado do edital foi divulgado em 13 de novembro. A bolsa do CNE é dirigida a pesquisadores de reconhecida liderança em sua área.

Rodriguésia 65, nº 4, já está disponível online

Para quem se interessa pelos estudos sobre a flora brasileira, a nova edição da Rodriguésia, revista científica do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, está disponível no site da revista. 
Esta edição traz  15 artigos, entre os quais o "Inventário Florístico Florestal de Santa Catarina: espécies da floresta pluvial subtropical", de autoria de André Luís de Gasper, Alexandre Uhlmann, Lucia Sevegnani, Leila Meyer, Débora Vanessa Lingner, Marcio Verdi, Anita Stival-Santos, Marcos Sobral & Alexander Christian Vibrans.

Cursos com inscrições abertas na ENBT
A Escola Nacional de Botânica Tropical está com inscrições abertas para cursos de especialização e de extensão que terão início em 2015.

O curso de Ilustração de Paisagem, com o professor Gustavo Banhara Marigo, recebe inscrições até 8 de janeiro. O curso faz parte do programa de Ilustração Botânica da ENBT. Carga Horária: 18h. As aulas serão nos dias 12, 14, 16, 21, 23 e 26 de janeiro de 2015, das 9h às 12h.
Também com inscrições até 8 de janeiro, o curso de Introdução à Fitoterapia na Prática Clinica tem como público-alvo os profissionais da área de saúde e alunos do último período de graduação da área. As aulas serão aos sábados, de 10 de janeiro a 7 de março de 2015. A carga horária total é de 42 horas. Os professores são os médicos Alexandros Botsaris, Antonio Carlos Seixlack, Glaucia Saad e Patricia Vieira Machado, os farmacêuticos Deborah Marques, Else Birchal Lage e Paulo Henrique de O. Léda e a nutricionista Maria Angélica Fiut.
O curso de extensão Macrofotografia e close-up de flores e insetos na natureza abre inscrições de 22 de dezembro de 2014 a 21 de janeiro de 2015. As aulas serão ministradas por Tacio Philip Sansonovski nos dias 26 e 27 de janeiro de 2015. A carga horária é de 16 horas. 
O curso de Especialização em Gestão da Biodiversidade já recebe inscrições para sua 7ª turma, com início previsto para março de 2015. Essa especialização tem carga horária total de 400 horas.
Mais informações e inscrições na página de Extensão da ENBT.
 Fim de ano no Jardim
Nas próximas quintas-feiras, 25 de dezembro e 1o de janeiro, o Jardim Botânico estará fechado para visitação.

JOÃO DE PAULA RECEBE HOMENAGEM NA FTC

O escritor e jornalista, blogueiro e humorista João Batista de Paula, popular João de Paula, foi homenageado no auditoria da Faculdade de Ciência e Tecnologia FTC, em Itabuna (Ba), durante as comemorações alusivas dos 21 anos da Revista Vitoria, da empresaria e Jornalista Vitoria Santana, nesta quinta-feira, dia 18. .
O Jornalista recebeu o Troféu 21 anos Personalidade de Vitoria 2014, Revista Vitoria, juntamente, com outras personalidades dos mais diversos segmentos da sociedade local e estadual, prefeito, deputado, empresaria, professor, artista e agencia de publicidade.
João de Paula foi o primeiro Jornalista editor da Revista Vitoria, edição numero um, de Julho de 1994, com 5 mil exemplares, na época, que tem a seguinte Manchete “ Itabuna ontem, Itabuna hoje”; e “ Boulevar o melhor Point da Região”. O jornalista exibiu a primeira Revista e o Certificado do primeiro ano de Vitoria, em Outubro de 1995, pela participação e colaboração no Primeiro ano da Revista Vitoria, como justificou na época, a empresaria e jornalista Vitoria Santana.
“Quem planta, colhe. João de Paula me ensinou a trabalhar com competência, dignidade e respeito, fugindo do time dos chamados picaretas. Foram momentos de luta e persistência, para estarmos hoje comemorando estes 21 anos de existência”, disse a empresaria Vitoria de Santana ao entregar o 

Trofeu para João Batista.

O Jornalista e escritor agradeceu a rica lembrança, dizendo-se muito honrado com a homenagem em vida, vez que, a maioria das pessoas e homenageada, quando morre, e exaltam os altos elogios, onde o homenageado já não ver e nem ouvir.
“ Enquanto nos vitoriosos comemoramos, os perdedores se justificam ao invés de lutarem para ficar no time dos vtorios. Por isso, digo sempre: Faz bem ser do Bem. Faz Bem praticar a humildade, a tolerância e o amor. Meu muito Obrigado a todos”, concluiu o Jornalista João Batista de Paula, presente no evento com sua esposa, a poetisa Expedita Maciel Viana.

Anotamos neste evento as presenças das seguintes personalidades, dentre outras:

Dinailton Oliveira, Aldenes Meira, Andirlei Nascimento, Marilene Duarte, Miralva Moitinho, Paulo Lima, Riedson Trindade, Diogo Caldas, Elissandra Curvelo, Carlos Santal, Val Cabral, Adeildo Marques, Joselito Reis, Zelia Lessa, Ascendino Santos, Thadeu Henrique, Fabinho na Zoeira e representantes do Radar Noticias.

A Vitoria é de todos nós.

Fonte: Facebook


MEC reprova cursos de medicina em faculdades de Ilhéus e Salvador

Os cursos de medicina em duas faculdades baianas foram reprovados pelo Ministério da Educação (MEC) no Conceito Preliminar de Curso (CPC) de 2013. Ao todo, 154 cursos foram avaliados em todo o Brasil através do Enade. Destes, 17,5% foram reprovados por tiraram uma nota inferior a 3 na escala de números da avaliação, que vai de 1a 5.

Curso de medicina da FTC, em Salvador, está entre os reprovados(Foto: Arquivo Correio)
Nenhum curso obteve a nota máxima. Na Bahia, dois cursos foram reprovados  - o da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), no Sul do Estado, e o da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), em Salvador. Todas as instituições que tiveram o conceito considerado "insatisfatório"tiraram nota 2.
Os cursos que forem reprovados duas vezes consecutivas, com notas 1 ou 2, têm os vestibulares suspensos. Os dados foram publicados no Diário Oficial da União desta quinta-feira (18).
O Enade de 2013 avaliou os cursos de Medicina, Biomedicina, Educação Física, Agronomia, Odontologia, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia e Medicina Veterinária. Também foram avaliados os cursos Fonoaudiologia, Nutrição, Serviço Social, Zootecnia, Tecnologia em Agronegócio, Tecnologia em Gestão Ambiental, Tecnologia em Gestão Hospitalar e Tecnologia em Radiologia. 
Confira abaixo a lista dos cursos reprovados em Medicina:
1) UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - BA
2) UNIVERSIDADE JOSÉ DO ROSÁRIO VELLANO - MG
3) UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE ALAGOAS (UNCISAL) - AL
4) UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA - SC
5) UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ - SC
6) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI - MG
7) UNIVERSIDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - MG
8) UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO - SP
9) FACULDADE EVANGÉLICA DO PARANÁ - PR
10) UNIVERSIDADE DO GRANDE RIO PROFESSOR JOSÉ DE SOUZA HERDY - RJ
11) CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS – RJ
12) PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS – GO
13) UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ – PA
14) UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL – RS
15) UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS – RS
16) UNIVERSIDADE NILTON LINS – AM
17) CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG – TO
18) UNIVERSIDADE DE CUIABÁ – MT
19) CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ – PA
20) UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS – SP
21) FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS – BA
22) FACULDADE DE MEDICINA ESTÁCIO DE JUAZEIRO DO NORTE – CE
23) CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESPÍRITO SANTO – ES
24) FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL – RO
25) UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE (Cajazeiras) – PB
26) CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA – MG
27) FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - TO
Confira as instituições com nota máxima no Índice Geral de Cursos:
1) UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS
2) FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DA SANTA CASA SÃO PAULO 
3) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS 
4) FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA 
5) UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS 
6) UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL 
7) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA 
8) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO 
9) UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS 
10) FACULDADE JESUÍTA DE FILOSOFIA E TEOLOGIA 
11) ESCOLA DE GOVERNO PROFESSOR PAULO NEVES DE CARVALHO 
12) INSPER INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA 
13) ESCOLA SUPERIOR DE ENSINO ANÍSIO TEIXEIRA
14) FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS 
15) ESCOLA BRASILEIRA DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS 
16) FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS 
17) ESCOLA DE ECONOMIA DE SÃO PAULO 
18) FACULDADE DE ODONTOLOGIA SÃO LEOPOLDO MANDIC 
19) FACULDADE FUCAPE
20) ESCOLA BRASILEIRA DE ECONOMIA E FINANÇAS 
21) ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS SOCIAIS 
22) FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC 
23) ESCOLA SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DA BAIXADA SANTISTA 
24) INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA
25) INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA

FONTE: http://www.correio24horas.com.br/detalhe/noticia/mec-reprova-cursos-de-medicina-em-faculdades-de-santa-cruz-e-salvador/?cHash=4903e44383e8741dfa3d3bf1c0f788c4

Natal da AGRAL

 A Academia Grapiúna
De Letras, com otimismo,
Celebra nesta tribuna!
Exercita o dinamismo,
E, em abraço amigo e terno,
Demonstra seu amor fraterno!

Somos fiéis à cidade,
E podemos ser bem mais
Bons arautos da Verdade,
Da benção de Deus sinais,
Ter em desvelo fecundo
Nosso pedaço do mundo!

Professores e artistas,
Advogados, doutores,
Políticos, jornalistas,
De opinião formadores,
Cada um seja fiel
E transforme o mal em mel!

Há em nosso meio, um Pastor,
Com coração de menino
Da nossa honra penhor
Doce presente divino,
Cujo apoio nos conduz,
Por áurea senda de luz!

Que a nossa Academia
Viva o ardor ideal
De cumprir com maestria
Seu mister essencial:
Aplauso à liberdade,
Fomento à criatividade!

E, do Senhor, a bondade,
Nos ensine o que é veraz:
Ser espelhos da Unidade
E ‘fazedores’ da PAZ,
Que ao coração da AGRAL
Venha o céu neste NATAL!


Eglê S Machado
Academia Grapiúna de Letras-AGRAL
Natal 2014


Anúncio do nascimento de João Batista
Lc 1,5-25
 
No tempo de Herodes, rei da Judeia, havia um sacerdote, chamado Zacaria... Sua esposa ... chamava-se Isabel. Ambos eram justos diante de Deus e cumpriam fielmente todos os mandamentos e preceitos do Senhor. Não tinham filhos, pois Isabel era estéril, e os dois eram de idade avançada. Ao exercer as funções sacerdotais diante de Deus, (...) apareceu-lhe o anjo do Senhor e lhe disse: “Não tenhas medo, Zacarias, porque o Senhor ouviu o teu pedido. Isabel, tua esposa, vai te dar um filho, e tu lhe porás o nome de João. [...] Zacarias disse ao anjo: “Como posso ter certeza disso? Estou velho e minha esposa já tem uma idade avançada”. O anjo respondeu-lhe: “Eu sou Gabriel [...] Eu fui enviado para falar contigo e anunciar-te esta boa nova. E agora, ficarás mudo, sem poder falar até o dia em que estas coisas acontecerem, já que não acreditaste nas minhas palavras, que se cumprirão no tempo certo”. O povo estava esperando Zacarias e se admirava com sua demora no Santuário. Quando saiu, não podia falar, e perceberam que ele tivera uma visão no Santuário. Zacarias se comunicava com eles por meio de gestos e permanecia mudo. Passados os dias do seu ofício, ele voltou para casa. Algum tempo depois, sua esposa Isabel ficou grávida e permaneceu escondida durante cinco meses; ela dizia: “Assim o Senhor fez comigo nestes dias: ele dignou-se tirar a vergonha que pesava sobre mim.”
 
Comentário do Evangelho
Fidelidade de Deus
 
Na apresentação dos pais de João Batista, Lucas nos diz que ambos eram justos e seguiam em tudo os mandamentos e os preceitos, mas não tinham filho. Tal estado de coisas contradiz a promessa de bênção de Dt 28,1-14, para aqueles que cumprem fielmente todos os mandamentos. Entre as bênçãos figura o fruto do ventre (cf. Dt 28,4) que será abundante (cf. Dt 28,11). O anúncio do anjo a Zacarias e a realização deste anúncio (cf. Lc 1,24-25) são a revelação da fidelidade de Deus: o que Deus diz, Deus faz.
Oração


Pai, atendendo à oração de Zacarias, manifestaste tua misericórdia para com o justo sofredor. Sê também benévolo diante das nossas angústias.

Fonte:www.paulinas.org.br 

SELECIONE SEUS PENSAMENTOS
 
Procure examinar a qualidade dos seus pensamentos.
Você deve controlá-los, pois deles resultam
substâncias cerebrais que favorecem
ou prejudicam o seu corpo e toda a sua vida.
 
Portanto elimine de sua mente pensamentos de
violência, desânimo, fracasso ou egoísmo. 
 
 Antes, pelo contrário, volte-se para o que agrada,
progride, beneficia a você e aos outros.
 
Nem todos os pensamentos merecem
ser mantidos em sua mente
 
Quando você seleciona o que pensa, a vida também
seleciona para você o que há de melhor.
 
Lourival Lopes

Merry Christmas
R. Santana


           
Caro leitor, talvez, tu me aches abusado, afetado, onde já se viu um sujeito bacurau, nascido lá longe no interior de Sergipe com esse negócio de inglês para dizer: “Merry Christmas!” ao invés de “Feliz Natal!” e tu tens toda razão meu amigo, minha amiga, porém, não é pedantismo, é que quero contar a história do meu Natal de maneira grandiosa, por isto, escolhi “Merry Christmas”, mais sofisticado e mais bonito.
O Papai Noel daquela época tinha significado verdadeiro, diferente dos meninos de hoje, os garotos e as garotas criam na existência do velhinho barrigudo, barba e sobrancelhas brancas, roupa vermelha, gorro e polainas, carregando um grande saco de presentes, depositando o presente embaixo da cama dentro ou fora do sapato. Não eram presentes sofisticados: brinquedos de plásticos, bonecas de pano, carrinhos de madeira, estojo de gude, espada de plástico e máscara do Zorro, às vezes, o Papai Noel exagerava e deixava de presente velocípede e bicicleta.
Mãe Judite gostava de passar o Natal junto com os seus pais e irmãos em Lagarto, uma das principais cidades sergipanas. Ela arrumava a mala com suas coisas e as minhas, pegávamos o pau-de-arara (carro que transportava gente), e, íamos pra Lagarto, lá ficávamos todo mês de dezembro e início de Ano Novo, só retornávamos pra Itabuna quando o seu marido não mais se aguentava de saudade.
A nossa estada era a casa dos meus avós, afora os dias de festa de lá não saíamos pra lugar nenhum, não havia necessidade, havia de tudo que um menino gosta: uma malhada de fumo no fundo, duas ou três cabeças de gado e um pomar rico em árvores frutíferas, nelas, nós fazíamos as nossas estripulias: balançar na gangorra, subir no galho mais alto de uma mangueira e chupar a manga no pé ou montar na galha de cajueiro, imitando o tropel de um cavalo.
A casa era simples, mas aconchegante. Os móveis eram naquele tempo: mesa grande, tamanho família, cadeiras com estofos de vime, uma espreguiçadeira para o meu avô João Zabelinha tirar suas sestas, camas com cabeceiras desenhadas e torneadas, colchões de lã, cristaleira e baús. Não havia radiovitrola, nem água encanada, nem chuveiro, nem energia elétrica, nem rede de esgoto, o banho era no tacho de cobre, a casa alumiada por candeeiro, aladim, e, o serviço sanitário despejado numa fossa. O luxo da casa era um rádio enorme, de muitas faixas, alimentado por bateria de automóvel ou pilhas descartáveis, em torno dele, se reunia a família pra ouvir música ou a “Voz do Brasil” pelo um pool de emissoras do Rio de Janeiro e São Paulo, liderados pela Rádio Nacional, Mayrink Veiga e a Globo, era o luxo do luxo...
A casa não era rica, mas não podíamos nos queixar da ceia de Natal: peru, frango a molho pardo, carne de carneiro ou de bode, patê de fígado, purê de batata, feijão, fava, farofa de andu, arroz grelhado ou cozido, saladas, nozes, azeitonas, tudo regado com bom vinho para os adultos e a molecada se empanturrava em doces de caju, manga, jabuticaba, quem não gostava de doce, se empanturrava no caldeirão de ponche natural – não havia geladeira.
Cedo saíamos do Coqueiro, a pé, a cavalo, em carro de boi, mulheres e meninos montados na garupa dos animais, os homens a cavalo, não demorávamos chegar ao centro da cidade de Lagarto, a tempo de passear na Praça da Matriz, ouvir as músicas de Natal, tocadas pela filarmônica da cidade no coreto oitavado no meio da praça e aprontar algumas piculas e assistir a missa.
A missa do Galo é diferente das outras pelo luxo e pela quantidade de fieis. As senhoras e os senhores usam sua melhor roupa, os meninos sua roupa nova, geralmente, é celebrada meia noite do dia 24 de Dezembro para o dia 25 de Dezembro, segundo a tradição cristã, porém, o padre alemão da Igreja Matriz, daquela época, celebrava muito mais cedo, pois sabia que muita gente vinha de longe. O Coqueiro, em particular, dista do centro de Lagarto mais de 3 km, hoje, é um bairro bem povoado, urbanizado, naquele tempo era um arremedo de bairro, mais roça do que bairro, sítio de um lado e do outro da estrada arenosa que se encontrava com o calçamento na entrada da cidade.
Os meninos pouco se lixavam pra homilia do padre alemão de latim embolado, nós queríamos de verdade era passear na cidade grande... Na Matriz, nos interessávamos pelo presépio: o menino Jesus deitado na manjedoura, os três Reis Magos adorando o Menino – Deus, José e Maria...
Quando o padre ultimava os ritos finais: “Benedicat vos omnipotens Deus” e “Pater et Filius et Spiritus Sanctus, Amen!”, era hora de fazermos o trajeto de volta, a ceia de Natal clamava nossa presença!...

Autor: Rilvan Batista de Santana

Licença: Creative Commons 

Exclusivo: Miriam Leitão entrevista novo ministro da Fazenda

Na primeira entrevista após nomeação, Joaquim Levy falou do ajuste nas contas públicas e não descartou aumento do imposto sobre combustíveis.Em meio a esse momento de turbulência que sacode a economia, Miriam Leitão entrevistou o novo ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Na entrevista exclusiva ao Bom Dia Brasil, ele falou sobre o ajuste nas contas públicas, inflação, crescimento e não descartou um aumento do imposto sobre combustíveis.

Miriam Leitão: O ministro Joaquim Levy ainda não assumiu o Ministério da Fazenda, mas já está trabalhando e concede ao Bom Dia Brasil a primeira entrevista exclusiva para televisão. Ministro, o senhor está preparando um pacote, ele terá corte de gastos e terá aumento de impostos. O senhor pode adiantar alguma coisa sobre este pacote de ajuste das contas públicas?

Joaquim Levy: Tem que ser um pacote balanceado, e acho que a prioridade é: a gente tem que olhar os gastos, os diversos gastos que já foram feitos, estancar alguns, reduzir outros. E, na medida do necessário, a gente pode considerar algum ajuste de impostos, sempre olhando a compatibilidade com aquele objetivo que a gente falou: de aumentar nossa taxa de poupança. É muito importante o Brasil poupar um pouco mais para poder investir mais e também estar preparado para este mundo, que nos últimos dias, inclusive, está claro, está mais turbulento.

Miriam Leitão: O imposto sobre combustíveis, a Cide, que já existe, é só elevar a alíquota, o senhor pensa em aumentar a alíquota?

Joaquim Levy: É uma possibilidade. Há outras. Mais importante é a gente explicar o que a gente está vendo, o diagnóstico, e porque que a gente vai tomar as medidas. A sociedade sabe disso, tanto que desde meados do ano passado, todas as pesquisas diziam que as pessoas queriam mudanças, e parte da mudança é exatamente essa reorientação da economia, para muita realidade, muita aderência a tudo que está acontecendo e, na parte fiscal, um fortalecimento fiscal.

Miriam Leitão: O imposto sobre combustíveis, a Cide, que já existe, é só elevar a alíquota, o senhor pensa em aumentar a alíquota?

Joaquim Levy: É uma possibilidade. Há outras. Mais importante é a gente explicar o que a gente está vendo, o diagnóstico, e porque que a gente vai tomar as medidas. A sociedade sabe disso, tanto que desde meados do ano passado, todas as pesquisas diziam que as pessoas queriam mudanças, e parte da mudança é exatamente essa reorientação da economia, para muita realidade, muita aderência a tudo que está acontecendo e, na parte fiscal, um fortalecimento fiscal.

Miriam Leitão: Ministro, sobre inflação, que preocupa todo mundo também. A inflação de janeiro, os analistas todos acham que será alta, porque tem aumento de energia e outros aumentos também, tem o aumento do dólar. Então ela começará alta. O seu período de governo já vai começar com uma inflação muito forte. Quando o senhor acha que é possível contar uma boa notícia para os brasileiros?

Joaquim Levy: Primeiro, janeiro tradicionalmente é um mês de inflação mais alta, porque tem muitas correções. Além disso, como você mencionou, está acontecendo uma coisa importante, uma mudança importante está programada. Acredito que vá acontecer, que é exatamente, dada a situação hídrica, a situação da energia, as térmicas estarem ligadas. Este ano aquele mecanismo lá das bandeirinhas, ou seja, você garantir que aquele esforço adicional, o custo adicional das térmicas estejam refletidas nas contas de luzes, para duas razões: primeiro para não acumular um passivo, que depois fica difícil de resolver; segundo porque é óbvio que na hora que você ajusta o preço, as pessoas elas sentem e ajustam o consumo. Esse poder dos preços orientarem as decisões é muito importante. Agora a inflação, eu acho que, até pelo trabalho fiscal, ela vai entrar em devido momento em um processo de queda. Mas eu acho que o Banco Central está vigilante e vai tomar as medidas adequadas para isso.

Miriam Leitão: Agora a disparada do dólar. O que o senhor acha que tem que acontecer, qual deve ser a reação da equipe econômica a um dólar tão alto?

Joaquim Levy: A gente também tem que ver como o dólar vai evoluir. Hoje, com a queda do petróleo, lógico que há uma enorme versão ao risco, ninguém sabe muito bem o que vai acontecer e todo mundo foge para o dólar. Há uma tendência de valorização do dólar no mundo inteiro porque os Estados Unidos estão andando mais rápido.

Miriam Leitão: Ministro, se a Petrobras precisar, o Tesouro poderá socorrer a Petrobras?

Joaquim Levy: Eu acho que a capacidade de reação da Petrobras é forte e ela vai saber, como qualquer companhia que enfrenta dificuldade, se ajustar. Se o acionista majoritário vai ser alguma vez solicitado, eu acho que ainda é cedo para a gente fazer um julgamento sobre isso.

Miriam Leitão: Ministro, o senhor faz planejamento de longo prazo, isso pelo menos na área fiscal. Agora, em crescimento, o senhor acha que quando o Brasil vai poder retomar o crescimento?

Joaquim Levy: Olha eu diria assim: a experiência mostra que quando você faz ajustes de uma maneira firme e equilibrada, a reação é muito rápida. A gente fazer as medidas necessárias no tempo, e não esticar demais, na verdade, ajuda a no fim preservar empregos, ajuda a gente a rearrumar as coisas e recomeçar.

Miriam Leitão: Última pergunta ministro. O senhor é um estranho no ninho, muita gente pensa completamente diferente do senhor na Esplanada dos Ministérios. O senhor acha que terá condições de trabalhar?

Joaquim Levy: A gente tem um núcleo comum de ideias, necessidade de ter uma solidez fiscal, que às vezes pode ser um pouquinho esticada, um pouquinho experimentada. Mas acho que hoje isso já é uma coisa consolidada, e diante de um quadro que exige disciplina, as pessoas sabem o que precisa ser.

Miriam Leitão: O senhor está otimista?

Joaquim Levy: Eu vejo as coisas com uma certa confiança sim.

Miriam Leitão: Está certo. Obrigada, ministro, pela entrevista.

Joaquim Levy: Muito obrigado.



Fonte: http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2014/12/exclusivo-miriam-leitao-entrevista-novo-ministro-da-fazenda.html

ANTIGA PROPAGANDA do extinto BANCO NACIONAL

Quero ver
você não chorar
não olhar pra trás
nem se arrepender do que faz...

Quero ver
o amor vencer
mas se a dor nascer
você resistir e sorrir...
Se você
pode ser assim
tão enorme assim
eu vou crer...

Que o Natal existe
que ninguém é triste
que o mundo há sempre amor...
Bom Natal um Feliz Natal
muito Amor e Paz pra Você...
pra você!"



--
Faze de tua vida NATAL a todo instante."-Irmão José/Carlos A. Baccelli

SEM VERGONHA, EU? expedita maciel.

SEM VERGONHA, EU? Expedita Maciel.
AUTORA DO LIVRO VIM, VI E VENCI

SEM VERGONHA, EU?
NÃO!
SEM VERGONHA,É UMA LINDA FLOR QUE COMO EU,
GOSTA DE TERRA FRESCA, GOSTA DE CHUVA,
É ALEGRE COM SEU COLORIDO ,
SE BALANÇA QUANDO O VENTO BATE,
CHAMANDO ATENÇÃO PARA SUA BELEZA, ASSIM COM EU!

EU! SOU CHEIA DO FRESCOR DA JUVENTUDE,
E DE ATITUDES,

SOU CHEIA DE CHARME E DE GRAÇA E FACEIRA E,
AS VEZES ATÉ COMETO ASNEIRAS,
MAS É BESTEIRA COISAS DE MENINA MOÇA BREJEIRA

TRANSPIRO SENSUALIDADE,
NA MINHA FACEIRICE COM AS ANCAS BALANÇANDO,
OS SEIOS EMPINADOS,
OS CABELOS A ESVOAÇAR,
A CABEÇA ERGUIDA, VOU A DESFILAR CHEIA DE CHARME,
UM CONVITE A SEDUÇÃO E, COMO UMA CANÇÃO!
VOU OUVINDO CANTADAS E GALANTEIOS
DE HOMENS INEBRIADOS COM O MEU PERFUME DE ROSAS,
EM UMA FRESCA MANHÃ,

CHEIA DE CHARME E COMO UM BALÃO!
VÃO INSUFLANDO O MEU EGO DE  MENINA MOÇA.

SOU UMA ROSA EM BOTÃO,
COM UM CORAÇÃO ARDENTE!
PARA DESPERTAR UMA GRANDE PAIXÃO
QUE COM SUAVE PALPITAR
VAI SE TRANSFORMAR EM UMA LINDA CANÇÃO DE AMOR,

ENTÃO OS SINOS DOBRARÃO,
PARA COM MUITA ILUSÃO,
CHEGAR A REALIZAÇÃO DO SONHO DE TODA MENINA MOÇA
DE ABRIR COM UMA CHAVE DE OURO O CORAÇÃO,
E ENTREGAR NO CASAMENTO EM JURAMENTO,
NO MOMENTO MAIS ETERNO E TERNO
SEU TESOURO MAIOR: A HONRA!

E FORMAR SEU SONHADO LAR COM SEU PAR,
E SUA FAMÍLIA FORMAR,
SER UMA SONHADORA SENHORA DE PORTE E DE SORTE, E
UMA FELIZ MÃE E ESPOSA DOCE AMADA.

VIVA OS SONHOS DE SEDUÇÃO,
COM AMOR RESPEITO E REALIZAÇÃO DO AMOR,
NO CASAMENTO DE AMOR COM JEITO,
PERFUME, FRESCOR
E A DELICADEZA DE SEREM ESPOSO E FAMÍLIA.
POE DEUS ABENÇOADA,
E VIVA O CASAMENTO DE ALMAS E PENSAMENTOS!

Recomende este blog!!!

Postagens populares

BLOGS PREFERIDOS

Jornal Eletrônico

Loading...

Reportagem

Loading...
Loading...

SPORT NEWS

Loading...

jogos on-line

jogos on-line
Google

Sites de Serviço

INSS

PENSAMENTO DO DIA

Loading...

Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas)

"Divulgando Trabalhos Literários (Livros,Contos, Crônicas e Poesias)"

Informações Literárias

Loading...

Contos, Crônicas e Romances Postados

Romances

Romances
Autor: Rilvan Batista de Santana

Antologias (participação)

Antologias (participação)
Rilvan Batista de Santana Editoras: Scortecci (SP), Guemanisse Teresópolis (RJ) e ALL PRINT (SP).

THE END

bookmark
bookmark
bookmark
bookmark
bookmark

Perfil

Perfil
Administrador

rilvan.santana@yahoo.com.br

rilvan.santana@yahoo.com.br
Carregando...

Google Tradutor

Patrono

Patrono
Machado de Assis

Biografia de Machado de Assis

QI

QI

Visita nº.

AmazingCounters.com

Estatística

Olhe a hora!!!

PARCERIAS







Casa do Editor

Bookess

Oncosul

Seguidores

Atenção, Senhores membros!

Atenção, Senhores membros!

Eglê

Eglê
Co-administradora

A. Cabral

A. Cabral
Co-adminintrador

CULTURA

ALITA

Bíblia

Livros - Recanto das Letras

Livros - Recanto das Letras
Tecnologia do Blogger.